Publicidade

Israel aprova abertura de nova passagem para aumento de ajuda humanitária em Gaza

Decisão foi tomada em meio a pressão dos Estados Unidos após o ataque que matou voluntários na região

Israel aprova abertura de nova passagem para aumento de ajuda humanitária em Gaza
Publicidade

O gabinete de segurança de Israel aprovou, na noite de quinta-feira (4), a abertura da passagem Erez, que conecta o país ao norte da Faixa de Gaza, para ampliar a rota de ajuda humanitária na região. Além da passagem, que havia sido destruída no ataque do Hamas em 7 de outubro de 2023, o gabinete aprovou o uso do porto israelense de Ashdod, que será responsável por aumentar a entrada e envio dos itens aos palestinos.

+ "Morte em massa é iminente", diz ONU sobre escassez de alimentos na Faixa de Gaza

"Israel permitirá a entrega temporária de ajuda humanitária através de Ashdod e do posto de controle de Erez. Este aumento da ajuda evitará uma crise humanitária e é necessário para garantir a continuação dos combates e alcançar os objetivos da guerra", disse o gabinete, informando que também foi permitida a entrada de ajuda jordaniana por meio da passagem fronteiriça Kerem Shalom, localizada no sul de Israel.

O anúncio foi feito poucas horas após o presidente dos Estados Unidos e principal aliado de Israel, Joe Biden, ameaçar deixar de apoiar o país na guerra. Em telefonema com o premiê Benjamin Netanyahu, o líder disse que a política de Washington em relação à Gaza “seria determinada pelas ações de Israel para garantir a proteção de civis”, enfatizando que a atual situação no enclave, que sofre com uma grave crise humanitária, é inaceitável.

Em comunicado, o governo norte-americano comemorou a decisão. “Saudamos as medidas anunciadas pelo governo israelita, a pedido do presidente. Elas devem agora ser implementadas completa e rapidamente. Estamos preparados para trabalhar em plena coordenação com os governos de Israel, da Jordânia e do Egipto, a ONU e organizações humanitárias para garantir que estes importantes passos sejam implementados e resultem num aumento significativo da assistência humanitária”, diz o texto.

A mudança de tom dos Estados Unidos em relação à guerra acontece desde março, devido à ameaça de Israel em invadir Rafah – último refúgio de 1,5 milhão de palestinos. Nesta semana, Washington voltou a pressionar Netanyahu pela proteção de civis, sobretudo depois que sete funcionários humanitários da World Central Kitchen foram mortos por um ataque israelense enquanto levavam alimento para o norte de Gaza.

+ "Acontece", diz Netanyahu sobre ataque que matou 7 voluntários de ONG em Gaza

O incidente provocou uma grande repercussão internacional, fazendo com que outras organizações humanitárias deixassem de atuar em Gaza – aumentando a crise na região. Líderes mundiais, assim como a própria World Central Kitchen, publicaram comunicados exigindo uma investigação independente sobre o ataque, uma vez que os bombardeios tiveram como alvos três veículos da organização, que estavam identificados.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Israel
ajuda humanitária
Faixa de Gaza
World Central Kitchen
Guerra

Últimas notícias

Dólar fecha em alta de 1,02% com impacto de falas de Lula e juros nos EUA

Dólar fecha em alta de 1,02% com impacto de falas de Lula e juros nos EUA

Moeda americana encerrou o pregão desta quarta-feira (17) cotada a R$ 5,48
30 anos do tetra: filho de Bebeto fala sobre comemoração que marcou a conquista

30 anos do tetra: filho de Bebeto fala sobre comemoração que marcou a conquista

Bebeto simulou embalar seu futuro filho no colo e entrou para história do futebol. Seleção venceu a Holanda por 3x2 naquele jogo e e consagrou campeã da Copa
Saiba quanto ganha um motorista de aplicativo em 10 capitais brasileiras

Saiba quanto ganha um motorista de aplicativo em 10 capitais brasileiras

Belo Horizonte, Porto Alegre e São Paulo têm os melhores resultados, segundo plataforma StopClub
SBT exibe a terceira parte da entrevista de Romário sobre o tetra da Copa do Mundo

SBT exibe a terceira parte da entrevista de Romário sobre o tetra da Copa do Mundo

Conversa completa do atacante com o apresentador Cesar Filho também está disponível
Lucro do FGTS bate recorde e supera R$ 23 bilhões em 2023

Lucro do FGTS bate recorde e supera R$ 23 bilhões em 2023

Segundo dados da Caixa Econômica, a alta anual foi de 55%
Lula diz que governo precisa de ‘mais mulheres’ para que gestão ‘fique melhor’

Lula diz que governo precisa de ‘mais mulheres’ para que gestão ‘fique melhor’

Atualmente, dos 38 ministérios do Executivo, 9 têm comando feminino
Geladeira e fogão mais baratos no RS: Senado aprova projeto de apoio ao estado

Geladeira e fogão mais baratos no RS: Senado aprova projeto de apoio ao estado

Famílias afetadas por tragédia ambiental poderão ter desconto de imposto federal sobre eletrodomésticos da linha branca; texto segue para sanção de Lula
Joe Biden é diagnosticado com covid-19 e cancela evento em Las Vegas

Joe Biden é diagnosticado com covid-19 e cancela evento em Las Vegas

A informação foi confirmada pela Casa Branca nesta quarta-feira (17)
Lula diz que nunca teve uma relação tão boa com o Congresso; derrotas mostram contradição

Lula diz que nunca teve uma relação tão boa com o Congresso; derrotas mostram contradição

Presidente diz que conseguiu aprovar todos os projetos prioritários para o país, mas no Congresso governo encontra dificuldades em 5 temas, ao menos
Famoso em Paris, museu Pompidou vai abrir primeira filial no Brasil

Famoso em Paris, museu Pompidou vai abrir primeira filial no Brasil

Nova unidade, a primeira da instituição na América Latina, será instalada em Foz do Iguaçu, no Paraná
Publicidade
Publicidade