Publicidade

PF investiga hackers que usaram aplicativo e-Título para gerar falsos dados do TSE

Operação Eleitor Protegido fez buscas em SP, MG, RN e CE contra grupo que criou falsos títulos em nome de personalidades

PF investiga hackers que usaram aplicativo e-Título para gerar falsos dados do TSE
celular com o aplicativo e-título
Publicidade

Um grupo de hackers investigado pela Polícia Federal (PF) usou o aplicativo e-Título, do governo federal, para inserir dados falsos nos registros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A Operação Eleitor Protegido, deflagrada nesta terça-feira (25), realizou buscas e apreensões em quatro cidades: Belo Horizonte, São Paulo, São Miguel do Gostoso (RN) e Maracanaú (CE).

STF decide descriminalizar porte de maconha para consumo próprio

O grupo teria gerado pelo menos 158 registros falsos no sistema do TSE, usando como porta de entrada o e-Título. O grupo criou títulos de eleitor falsos em nome de pessoas públicas e registrou alguns como voluntários para trabalharem de mesários, nas eleições. 

"Os investigados devem responder pelo crime de invasão de dispositivo informático", informou a PF, em nota.

A investigação começou em julho de 2023 com a informação do TSE de que houve tentativa de invasão do sistema. A PF descobriu a origem dos ataques, via e-Título. Investigadores tentam agora descobrir "os motivos e o objetivo dos investigados com a invasão dos sistemas do TSE".

TSE aprova "checklist" para determinar quando há fraude na cota de gênero em eleições

TSE já cassou candidaturas em 17 estados por fraude à cota de gênero nas eleições

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

TSE
Polícia Federal
hacker
Eleições
Título de eleitor

Últimas notícias

Pagamentos do Bolsa Família começam nesta semana; veja datas

Pagamentos do Bolsa Família começam nesta semana; veja datas

Benefício é destinado a famílias com renda per capita de até R$ 218
SBT News na TV: Nego Di é preso por golpe de R$ 5 milhões em rifa virtual

SBT News na TV: Nego Di é preso por golpe de R$ 5 milhões em rifa virtual

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta segunda-feira (15); assista!
Vídeo: Nego Di chega algemado ao Palácio da Polícia em Porto Alegre após ser preso por estelionato

Vídeo: Nego Di chega algemado ao Palácio da Polícia em Porto Alegre após ser preso por estelionato

Ele é suspeito de aplicar um golpe de rifa virtual que causou prejuízo de R$ 5 milhões a clientes
Após identificar atirador, FBI busca informações sobre a motivação do atentado contra Trump

Após identificar atirador, FBI busca informações sobre a motivação do atentado contra Trump

O diretor da polícia dos Estados Unidos declarou que as autoridades “não deixarão pedra sobre pedra” na investigação sobre a tentativa de assassinato
Jornalismo ambiental e de dados e pautas sociais foram destaques no Congresso da Abraji

Jornalismo ambiental e de dados e pautas sociais foram destaques no Congresso da Abraji

19º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo terminou neste domingo (14), em São Paulo
Vítima de atentado contra Trump morreu tentando proteger sua família

Vítima de atentado contra Trump morreu tentando proteger sua família

Corey Comperatore, de 50 anos, era bombeiro e tinha duas filhas. Ele morreu pelos disparos de Thomas Crooks. Outros dois homens foram feridos gravemente
Lula lamenta morte do pai do ex-governador do Rio Sergio Cabral

Lula lamenta morte do pai do ex-governador do Rio Sergio Cabral

Em nota de pesar, o presidente da República ressaltou, entre outros atributos, a “irreverência” na carreira do jornalista, que faleceu aos 87 anos
Atentado a Trump eleva valor do bitcoin, que supera o patamar de US$ 60 mil

Atentado a Trump eleva valor do bitcoin, que supera o patamar de US$ 60 mil

Segundo analistas, chance de retorno do ex-presidente ao poder aumentou, e ele é a favor da desregulamentação do mercado financeiro
Responsável por atentado contra Trump agiu sozinho, afirma FBI

Responsável por atentado contra Trump agiu sozinho, afirma FBI

Thomas Matthew Crooks, de 20 anos, foi o atirador que tentou assassinar Donald Trump
Presidente da Itália, Sergio Mattarella, chega ao Brasil neste domingo

Presidente da Itália, Sergio Mattarella, chega ao Brasil neste domingo

Esta é a primeira visita de um chefe de Estado italiano ao país em 24 anos
Publicidade
Publicidade