Publicidade

Quase meio milhão deixam o último refúgio palestino com avanço das tropas israelenses

Rafah era o último abrigo do povo palestino e já chegou a acolher 1,5 milhão de pessoa; Israel afirma que o local é o reduto do Hamas

Quase meio milhão deixam o último refúgio palestino com avanço das tropas israelenses
Cidadãos palestinos se deslocando da cidade de Rafah | Reprodução/X @DrTedros
Publicidade

Com os avanços ofensivos de Israel em Rafah, cidade ao sul da Faixa de Gaza, quase meio milhão de palestinos fugiram da área desde o dia 6 de maio. A informação é da Agência das Nações Unidas da Assistência aos Refugiados da Palestina (UNRWA), divulgada nesta terça-feira (14).

+ Israel avança em Rafah e intensifica busca por instalações do Hamas

A cidade era o último abrigo do povo palestino e já chegou a acolher 1,5 milhão de cidadãos.

Os moradores foram pressionados pelas tropas israelenses a regressarem rumo à região norte da Faixa de Gaza, já devastadas por ações anteriores das tropas de Israel.

+ Israel fecha passagem humanitária em Gaza e escritórios de rede árabe de televisão

O governo israelense justifica os ataques dizendo que a região é o último reduto do Hamas, grupo responsável pelo ataque terrorista de 7 de outubro que deu início à ofensiva. Mas, a ação é criticada por líderes e organizações internacionais, que temem uma “carnificina” na cidade.

+ Biden afirma que não vai fornecer armas para que Israel ataque Rafah

“As ruas estão vazias em Rafah e as famílias fogem em busca de segurança. As pessoas enfrentam constante exaustão, fome e medo. Nenhum lugar é seguro. Um cessar-fogo imediato é a única esperança”, escreveu a agência da ONU.

Na última semana, o Egito, que faz fronteira com Rafah, emitiu um comunicado condenando a ofensiva, dizendo que pretende se unir formalmente à África do Sul na Corte Internacional de Justiça. O país africano entrou com ação contra Israel por genocídio.

Rafah sofre bombardeios aéreos e de artilharia. A cidade também é a principal porta de entrada para ajuda humanitária destinada às vítimas da guerra.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Rafah
Palestina
Guerra
Refugiados
Israel

Últimas notícias

JBS deverá indenizar família de funcionário morto após sair do trabalho, decide TST

JBS deverá indenizar família de funcionário morto após sair do trabalho, decide TST

Para a corte, a empresa negligenciou condições adequadas de transporte a trabalhador assassinado enquanto pedalava para casa de madrugada
VÍDEO: clientes têm celulares roubados durante arrastão em restaurante de Pinheiros (SP)

VÍDEO: clientes têm celulares roubados durante arrastão em restaurante de Pinheiros (SP)

Imagens da câmera de segurança registraram o momento em que um criminoso, armado, abordou um funcionário na rua e entrou com ele no estabelecimento
VÍDEO: Tornados deixam 25 mortos em dois dias nos EUA

VÍDEO: Tornados deixam 25 mortos em dois dias nos EUA

Americanos registraram chegada dos ventos e estragos deixados nas cidades. Novas tempestades devem ocorrer na noite desta terça (28)
Frente Nacional de Prefeitos se mobiliza para a compra de medicamentos no RS

Frente Nacional de Prefeitos se mobiliza para a compra de medicamentos no RS

Secretário da Frente Nacional dos Prefeitos fala ao programa Perspectivas do SBT News
Novo ataque de Israel a acampamento de refugiados em Rafah deixa ao menos 21 mortos

Novo ataque de Israel a acampamento de refugiados em Rafah deixa ao menos 21 mortos

Ataque aconteceu enquanto manifestantes, em várias partes do mundo, ainda protestavam contra as 45 mortes provocadas por bombardeio no domingo
Covid-19 já matou mais que a dengue no Brasil em 2024

Covid-19 já matou mais que a dengue no Brasil em 2024

Principais vítimas da covid-19, segundo o Ministério da Saúde, são pessoas que não se vacinaram ou que não completaram o ciclo de imunização
Voluntários alertam para diminuição de ajuda humanitária no RS: "Precisamos de mais braços, estamos exaustos"

Voluntários alertam para diminuição de ajuda humanitária no RS: "Precisamos de mais braços, estamos exaustos"

Quase 50 mil gaúchos permanecem em abrigos no estado; em Porto Alegre, a maior parte dos abrigos são mantidos com doações e o trabalho de voluntários
Congresso derruba veto de Lula a trecho do projeto das "saidinhas" de presos

Congresso derruba veto de Lula a trecho do projeto das "saidinhas" de presos

Condenados que cumprem pena em regime semiaberto não podem mais obter autorização para saída temporária do estabelecimento nos casos de visita à família
Especialista celebra dados positivos de alfabetização, mas diz que “Brasil está muito atrás” de países desenvolvidos

Especialista celebra dados positivos de alfabetização, mas diz que “Brasil está muito atrás” de países desenvolvidos

Professor da UnB lembra que o país segue abaixo da meta de 80% estabelecida pelo Ministério da Educação
Operadoras se comprometem a retomar planos de saúde cancelados, após reunião com Lira

Operadoras se comprometem a retomar planos de saúde cancelados, após reunião com Lira

Presidente da Câmara disse que decisão foi confirmada pelas empresas Amil e Unimed
Publicidade
Publicidade