Publicidade

STF mantém proibição de venda de bebidas alcoólicas no Carnaval de Atibaia (SP)

Associação Brasileira de Bebidas havia pedido suspensão do decreto que proíbe a venda

STF mantém proibição de venda de bebidas alcoólicas no Carnaval de Atibaia (SP)
Pessoa colocando cachaça em copo (Carlos Alberto Pereira/Imprensa MG)
Publicidade

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou liminar para suspender um decreto de Atibaia (SP), deste ano, que proíbe a venda de bebidas alcoólicas destiladas e o comércio e o consumo de qualquer bebida em recipiente de vidro nos locais destinados aos festejos de Carnaval no município.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

A liminar havia sido solicitada pela Associação Brasileira de Bebidas (Abrabe). A entidade argumentou, ao fazer o pedido, que a proibição é arbitrária e viola o princípio da igualdade, além de transgredir os princípios da ordem econômica e da livre iniciativa sem justificativa fática, técnica, jurídica, científica ou social.

Segundo Gilmar Mendes, entretanto, em outros julgamentos, o STF reconheceu a constitucionalidade de normas que restringem a venda de bebidas alcoólicas e concluiu que as regras não violam os princípios da razoabilidade e da proporcionalidade. O ministro ressaltou na decisão ainda que o decreto de Atibaia ainda não proíbe a "comercialização de bebidas em restaurantes, festejos particulares e outros ambientes privados do município".

Além de negar a liminar, ele determinou a oitiva dos órgãos ou autoridades responsáveis pelo decreto questionado, bem como do Advogado-Geral da União, Jorge Messias, e do Procurador-Geral da República, Augusto Aras, no prazo comum de dez dias.

Veja a decisão na íntegra:

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
justica
stf
gilmar mendes
decisão
negou
liminar
suspensão
decreto
proibição
venda
bebidas alcoólicas
atibaia
comércio
consumo
carnaval
associação
constituição
pedido
oitiva
pgr
agu
guilherme-resck

Últimas notícias

Vítima de atentado contra Trump morreu tentando proteger sua família

Vítima de atentado contra Trump morreu tentando proteger sua família

Corey Comperatore, de 50 anos, era bombeiro e tinha duas filhas. Ele morreu pelos disparos de Thomas Crooks. Outros dois homens foram feridos gravemente
Lula lamenta morte do pai do ex-governador do Rio Sergio Cabral

Lula lamenta morte do pai do ex-governador do Rio Sergio Cabral

Em nota de pesar, o presidente da República ressaltou, entre outros atributos, a “irreverência” na carreira do jornalista, que faleceu aos 87 anos
Atentado a Trump eleva valor do bitcoin, que supera o patamar de US$ 60 mil

Atentado a Trump eleva valor do bitcoin, que supera o patamar de US$ 60 mil

Segundo analistas, chance de retorno do ex-presidente ao poder aumentou, e ele é a favor da desregulamentação do mercado financeiro
Responsável por atentado contra Trump agiu sozinho, afirma FBI

Responsável por atentado contra Trump agiu sozinho, afirma FBI

Thomas Matthew Crooks, de 20 anos, foi o atirador que tentou assassinar Donald Trump
Presidente da Itália, Sergio Mattarella, chega ao Brasil neste domingo

Presidente da Itália, Sergio Mattarella, chega ao Brasil neste domingo

Esta é a primeira visita de um chefe de Estado italiano ao país em 24 anos
Romildo Magalhães, ex-governador do Acre, morre aos 78 anos

Romildo Magalhães, ex-governador do Acre, morre aos 78 anos

O político faleceu na tarde deste domingo (14) em decorrência de complicações da diabetes
Biden diz que investigadores terão todos recursos para apurar atentado contra Trump

Biden diz que investigadores terão todos recursos para apurar atentado contra Trump

"Deixem o FBI fazer o seu trabalho", diz presidente dos EUA. Segurança de convenção republicana será reforçada
Itamaraty condena ataque a Gaza com mais de 90 mortos e quase 300 feridos

Itamaraty condena ataque a Gaza com mais de 90 mortos e quase 300 feridos

Em nota, a pasta declarou que “o governo de Israel segue sabotando o processo de paz e o cessar-fogo no Oriente Médio”
Presidentes do Congresso e do STF condenam atentado contra Trump

Presidentes do Congresso e do STF condenam atentado contra Trump

Pacheco alertou para sucessão de "atos extremistas que vêm se repetindo mundo afora"
Atirador que tentou matar Trump carregava explosivos em seu carro

Atirador que tentou matar Trump carregava explosivos em seu carro

Thomas Matthew Crooks atingiu o ex-presidente de raspão, feriu gravemente duas pessoas presentes e causou a morte de outra
Publicidade
Publicidade