Publicidade

Lula propõe envio de moção à ONU pelo “fim do genocídio” na Faixa de Gaza

Presidente brasileiro fez sugestão em São Vicente e Granadinas, onde participa de reunião da cúpula de países latino-americanos e do Caribe

Lula propõe envio de moção à ONU pelo “fim do genocídio” na Faixa de Gaza
Publicidade

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva propôs à Cúpula da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac) o envio de uma moção pelo “fim do genocídio” de Israel contra a Palestina na Faixa de Gaza. O presidente discursou, nesta sexta-feira (1º), no evento, que ocorre em Kingstown, capital de São Vicente e Granadinas.

+ Lula diz que Brasil está à disposição para mediar relação entre Guiana e Venezuela

“A tragédia humanitária em Gaza requer de todos nós a capacidade de dizer um basta para a punição coletiva que o governo de Israel impõe ao povo palestino. As pessoas estão morrendo na fila para conseguir comida. A indiferença da comunidade internacional é chocante. Eu quero aproveitar a presença do nosso querido companheiro secretário-geral das Nações Unidas (ONU), Antonio Guterres, para propor uma moção da Celac pelo fim imediato deste genocídio.

O secretário-geral da ONU pode invocar o artigo 99 da carta da ONU para levar a atenção do conselho sobre tema que ameace a paz e a segurança internacional”, disse o presidente da República. O artigo 99 prevê que o secretário tem poder de pautar temas para análise do Conselho de Segurança da entidade.

+Itamaraty critica disparos durante entrega de ajuda e diz que humanidade "está falhando" com civis de Gaza

Lula ainda fez uma apelo ao governo do Japão, que preside o Conselho de Segurança, para pautar soluções para o conflito no Oriente Médio. Ele também pediu aos cinco membros permanentes (China, Estados Unidos, França, Reino Unido e Rússia) para dar deixarem as diferenças de lado para pôr um fim aos conflitos.

+ Lula segue roteiro de viagens internacionais com visitas à Guiana e a São Vicente e Granadinas

“Já são mais de 30 mil mortes. 80% mulheres e oito mil crianças, além da quantidade de crianças e mulheres desaparecidas. A vida dos reféns do Hamas está em jogo e é preciso libertá-los. A nossa dignidade e humanidade estão em jogo, por isso é preciso parar a carnificina em nome da sobrevivência da humanidade”, afirmou.

O presidente brasileiro também citou diversas questões humanitárias e outros conflitos políticos e militares, como a guerra da Ucrânia, a crise humanitária e social no Haiti, os bloqueios econômicos a Cuba e a falta de autonomia total da Argentina nas Ilhas Malvinas.

Na Celac, Lula também defendeu maior cooperação de países sul-americanos e caribenhos, bem como o combate à pobreza e à fome.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Lula
Política
Internacional
Mundo
Israel
Faixa de Gaza
Guerra

Últimas notícias

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 6 milhões

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 6 milhões

Próximo sorteio será na quinta-feira (25)
Madonna em Copacabana: Metrô do Rio confirma operação especial até 4h

Madonna em Copacabana: Metrô do Rio confirma operação especial até 4h

Cantora norte-americana se apresenta no dia 4 de maio; expectativa é de público de 1 milhão de pessoas
Governo libera R$ 2,7 bilhões ao Congresso e posterga negociações às vésperas de análise de vetos

Governo libera R$ 2,7 bilhões ao Congresso e posterga negociações às vésperas de análise de vetos

Deputados e senadores vão avaliar decisões de Lula nesta quarta-feira (24); saiba o que está em jogo
Brasil Agora: Lula minimiza queda de popularidade; Câmara aprova reestruturação do Perse

Brasil Agora: Lula minimiza queda de popularidade; Câmara aprova reestruturação do Perse

Confira essas e outras notícias que serão destaque nesta quarta-feira (24)
INSS começa a pagar 13º salário nesta quarta-feira (24); veja quem recebe

INSS começa a pagar 13º salário nesta quarta-feira (24); veja quem recebe

Primeira parcela do benefício deve contemplar mais de 33 milhões de segurados
Moraes autoriza nova investigação da PF sobre cartão de vacina de Bolsonaro

Moraes autoriza nova investigação da PF sobre cartão de vacina de Bolsonaro

Decisão atende pedido da PGR, que apura ligação com tentativa de golpe de Estado
Polícia vai investigar morte de cachorro embarcado em voo errado da Gol

Polícia vai investigar morte de cachorro embarcado em voo errado da Gol

Cão da raça golden retriever deveria ser levado para Mato Grosso, mas foi enviado por engano para o Ceará; viagem levou 8 horas
Nova Délhi é tomada por fumaça tóxica após incêndio em lixão

Nova Délhi é tomada por fumaça tóxica após incêndio em lixão

Chamas queimam desde o último domingo (21) em um dos maiores aterros da Índia; moradores relataram dificuldade para respirar
+Milionária sorteia prêmio de R$ 176 milhões nesta quarta-feira (24)

+Milionária sorteia prêmio de R$ 176 milhões nesta quarta-feira (24)

Apostas podem ser feitas até as 19h em casas lotéricas ou pela internet
Após meses de impasse, Congresso dos EUA aprova ajuda de R$ 60 bilhões à Ucrânia

Após meses de impasse, Congresso dos EUA aprova ajuda de R$ 60 bilhões à Ucrânia

Decisão foi comemorada por Biden e Zelensky; pacote também inclui envios para Israel e parceiros no Indo-Pacífico
Publicidade
Publicidade