Publicidade

Operação Verão na Baixada Santista chega a 31 mortos e MP vai investigar ação de policiais

PMs foram flagrados quebrando câmeras de segurança no Guarujá (SP); operação, que começou após morte de policial, está no 19º dia

Operação Verão na Baixada Santista chega a 31 mortos e MP vai investigar ação de policiais
Policiais quebram câmeras que filmavam Operação Verão no Guarujá (SP) | Reprodução
Publicidade

Subiu para 31 o número de mortos durante a Operação Verão, realizada na Baixada Santista, litoral de São Paulo, desde a morte do soldado da Rota Samuel Wesley Cosmo. A ação chega nesta quarta-feira (21) ao seu 19º dia.

O número ultrapassou o registrado pela Operação Escudo, realizada na mesma região em 2023, que deixou um saldo de 28 mortos em 40 dias. Ela foi iniciada após o assassinato de outro policial da Rota, o soldado Patrick Bastos Reis.

+ Operação para prender suspeito de matar soldado da Rota gera pânico no Guarujá

O Ministério Público de São Paulo anunciou, em publicação no Diário Oficial de terça-feira (20), que vai acompanhar as atividades policiais na Baixada Santista por causa da "quantidade expressiva de ocorrências (mais de 50 mortes), o que configura circunstância emergencial e pressupõe a necessidade de se fomentar uma atuação diferenciada".

Chamada de "Projeto Especial - Operação Verão", a investigação terá duração de seis meses e vai analisar a situação na Baixada Santista, assegurando "a efetividade do controle externo da atividade policial pelo Ministério Público".

Na última sexta-feira (16), a Defensoria Pública do estado apelou à Organização das Nações Unidas (ONU) e à Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) para que a operação policial no litoral seja encerrada imediatamente, além de solicitar que seja determinada a obrigatoriedade do uso de câmeras corporais por agentes de segurança.

Câmeras quebradas

Imagens que circulam nas redes sociais flagraram policiais militares quebrando câmeras de segurança na segunda-feira (19), no Guarujá, litoral de São Paulo. (Veja no vídeo abaixo).

Um dos vídeos mostra um policial pegando uma grade de metal, ao lado de uma caçamba de lixo. Outro agente, que segura um pedaço grande de madeira, sobe no gradil – como se fosse uma escada – e atinge a câmera. Ao menos seis PMs aparecem nas imagens.

Outra câmera de segurança, essa com áudio, também foi destruída por policiais. É possível ouvir um dos agentes comentando que o objeto é de metal. Ele arranca a câmera e, após apresentar falha, o equipamento para de funcionar.

Em nota, a Polícia Militar afirmou que os policiais quebraram as câmeras porque elas "eram utilizadas pelos criminosos para monitorar as atividades ilícitas e a chegada das forças policiais à comunidade".

O ouvidor da Polícia do Estado de São Paulo, Claudio Silva, informou em nota ter recebido denúncias sobre a destruição das câmeras por PMs.

Silva afirma que "a polícia tem legitimidade para recolher câmeras e objetos que obstruam o trabalho técnico de repressão ao crime e de proteção à comunidade", mas pondera que essas ações precisam estar amparadas em processos judiciais.

"A tecnologia não tem carga moral – se utilizada para favorecer o crime deve ser neutralizada, se para proteger o cidadão, incentivada. Tudo às claras, com ampla cobertura jurídica e o respeito ao devido processo legal", disse o ouvidor.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Polícia
Polícia Militar
Guarujá
São Paulo
litoral sul
Operação Escudo
Operação Verão
Ministério Público

Últimas notícias

Concurso da Codevasf reabre inscrições nesta quarta (19), com salários de R$ 9 mil e 61 vagas

Concurso da Codevasf reabre inscrições nesta quarta (19), com salários de R$ 9 mil e 61 vagas

Prazo vai até 9 de julho, às 18h; previsão é de que provas do certame sejam realizadas em 8 de setembro
Dino suspende mais duas leis municipais que proíbem uso da linguagem neutra

Dino suspende mais duas leis municipais que proíbem uso da linguagem neutra

Decisão atendeu ações de grupos em defesa dos direitos LGBTQIA+; liminar será levada ao Plenário
EXPLICA: O que você precisa saber sobre as eleições municipais de 2024 para não cair em desinformação

EXPLICA: O que você precisa saber sobre as eleições municipais de 2024 para não cair em desinformação

Confira a verificação realizada pelos jornalistas integrantes do Projeto Comprova
Mais de 500 muçulmanos morrem por forte calor durante peregrinação na Arábia Saudita

Mais de 500 muçulmanos morrem por forte calor durante peregrinação na Arábia Saudita

Movimento anual reuniu 1,8 milhão de fiéis; termômetros marcaram 43ºC nesta quarta-feira (19)
Brasil Agora: Copom discute futuro da taxa Selic; presidente da Câmara cria comissão para debater PL do aborto

Brasil Agora: Copom discute futuro da taxa Selic; presidente da Câmara cria comissão para debater PL do aborto

Confira essas e outras notícias que serão destaque nesta quarta-feira (19)
Enem 2024: estudantes têm até hoje para pagar taxa de inscrição

Enem 2024: estudantes têm até hoje para pagar taxa de inscrição

Boleto estará disponível na Página do Participante; mais de 5 milhões de pessoas se cadastraram para realizar o exame este ano
+Milionária sorteia prêmio de R$ 226 milhões nesta quarta-feira (19)

+Milionária sorteia prêmio de R$ 226 milhões nesta quarta-feira (19)

Apostas podem ser feitas até as 19h em casas lotéricas ou pela internet
Justin Timberlake deixa prisão após audiência de custódia

Justin Timberlake deixa prisão após audiência de custódia

Cantor foi detido na noite de segunda-feira (17) por suspeita de embriaguez ao volante
Idosa sem folga há 20 anos é resgatada de trabalho análogo à escravidão

Idosa sem folga há 20 anos é resgatada de trabalho análogo à escravidão

Vítima trabalhava como cuidadora para uma família em Itapetininga (SP); Ministério do Trabalho irá propor acordo de verbas trabalhistas
Coreia do Norte promete "apoio total" à Rússia em guerra contra Ucrânia

Coreia do Norte promete "apoio total" à Rússia em guerra contra Ucrânia

Países pretendem assinar acordo para impulsionar a parceria e expandir a cooperação econômica e militar
Publicidade
Publicidade