Publicidade

Sindicância apura gastos em viagem de assessores com secretário-geral da Presidência

Márcio Macedo (PT) foi a pré-carnaval, em Aracajú, e levou três servidores; TCU também analisa

Sindicância apura gastos em viagem de assessores com secretário-geral da Presidência
Publicidade

A Secretaria-Geral da Presidência da República abriu uma sindicância, nesta quinta-feira (11.jan), para apurar a viagem de três servidores da pasta para Aracaju, com recursos públicos, para acompanhar o ministro Márcio Macêdo (PT) em uma agenda particular.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

A viagem no final do ano do ministro e dos servidores foi revelada pela imprensa. As passagens e diárias para alimentação foram pagas aos três servidores. Entre eles, um fotógrafo oficial da Presidência, que ficou responsável por registrar a visita do ministro.

Em nota, a Secretaria-Geral da Presidência informou que “o ministro Márcio Macêdo viajou com recursos próprios – em voo comercial - para uma agenda privada”. “Não houve pagamento de diárias ao ministro”.

A pasta informou ainda que foi aberto procedimento “de ressarcimento ao erário para devolução dos valores ao Tesouro pelos servidores”.

O Ministério Público do Tribunal de Contas da União (MPTCU) pediu na 4ª feira (11.jan) a abertura de uma apuração sobre o caso. Além dos gastos feitos pelos assessores, para uma agenda particular do ministro, o pedido cita informação publicada pelo jornal OGlobo de que a secretária-executiva Maria Fernanda Ramos Coelho teria sido exonerada do cargo, na 3ª feira (9.jan), que não teria aprovado o custeio da viagem.

Os servidores que acompanharam Macedo foram o fotógrafo Bruno Fernandes da Silva, que usa o nome Bruno Peres, o assessor Yuri Darlon Góis de Almeida e a gerente de projetos Tereza Raquel Gonçalves Ferreira.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Governo

Últimas notícias

Celular tem bateria gigante que dura uma semana e pesa meio quilo

Celular tem bateria gigante que dura uma semana e pesa meio quilo

Empresa garante que Energizer P28K dura 122 horas de conversação e até 94 dias em modo de espera
Disparo de atirador de elite impede criminoso armado que fazia filha como refém

Disparo de atirador de elite impede criminoso armado que fazia filha como refém

Ainda não há informações sobre a motivação do crime; homem disparou contra a cabeça da esposa antes do sequestro
Creche pública fica destelhada após chuva em São Paulo

Creche pública fica destelhada após chuva em São Paulo

Nenhum aluno foi ferido, mas as crianças serão transferidas para outras unidades enquanto a escola estiver em reforma
Na ONU, Silvio Almeida diz que ação de Israel em Gaza é "punição coletiva" a palestinos

Na ONU, Silvio Almeida diz que ação de Israel em Gaza é "punição coletiva" a palestinos

Ministro dos Direitos Humanos e da Cidadania também afirmou que ocupação israelense é "ilegal e viola normas internacionais"
Pai de jovem morto com fuzil diz que não foi dada ordem de parada

Pai de jovem morto com fuzil diz que não foi dada ordem de parada

Ainda segundo o parente, amigo que estava em moto não fugiu e foi procurar ajuda; testemunha relata que PMs foram agressivos
Morre integrante da Força Aérea americana que ateou fogo ao próprio corpo

Morre integrante da Força Aérea americana que ateou fogo ao próprio corpo

Ato foi realizado em crítica à ofensiva israelense na Faixa de Gaza, iniciada em outubro de 2023, dizem autoridades
Galaxy Ring deve ser lançado no fim do ano, diz Samsung

Galaxy Ring deve ser lançado no fim do ano, diz Samsung

Dispositivo vestível consegue analisar dados de saúde, como sono, frequência cardíaca e precisa funcionar integrado ao smartphone Galaxy S24
RJ: Acidente com ônibus deixa 25 feridos na Baixada Fluminense

RJ: Acidente com ônibus deixa 25 feridos na Baixada Fluminense

Bombeiros afirmam que cinco pessoas estão em estado grave; Vítimas foram levadas para unidades municipais em Itaguaí
Crise Americanas: Empresa tem prejuízo de R$ 4,6 bi em nove meses de 2023

Crise Americanas: Empresa tem prejuízo de R$ 4,6 bi em nove meses de 2023

Apesar dos resultados negativos, companhia disse que superou o momento mais difícil desde que entrou em recuperação judicial. Relembre o caso
Policiais são investigados por tráfico de armas em Salvador

Policiais são investigados por tráfico de armas em Salvador

Eles apreenderam quatro fuzis que estavam de posse de criminosos, mas não apresentaram os armamentos em unidade da Polícia Civil
Publicidade
Publicidade