Publicidade

Após adiamento, Comissão do Senado vota hoje projeto dos agrotóxicos

Texto retira poder da Anvisa e Ibama sobre registro e aprovação dos produtos no país

Após adiamento, Comissão do Senado vota hoje projeto dos agrotóxicos
O chamado Pacote de Veneno tem sido alvo de polêmica e intenso debate durante os 23 anos de tramitação | Pexels
Publicidade

A Comissão de Agricultura do Senado (CRA) deve votar, nesta 3ª feira (29.nov), o Projeto de Lei (PL) que modifica as regras de aprovação e comercialização de agrotóxicos. Na última semana, o relator do PL e presidente do colegiado, senador Acir Gurgacz (PDT), apresentou um novo relatório e concedeu vista coletiva, adiando a votação.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Entre as medidas previstas no substitutivo, estão a concentração do poder decisório sobre os agrotóxicos no Ministério da Agricultura e a alteração da nomenclatura "agrotóxico" para "pesticida". O texto também "suaviza" a classificação explícita dos produtos, que são nocivos à saúde humana e ao meio ambiente.

"Hoje demora-se, em média, 8 ou até 10 anos para a autorização de um novo princípio ativo. É um tempo muito longo para produtos mais modernos, seguros e eficazes entrarem no mercado. A nova lei prevê um prazo máximo de dois anos para que um novo produto seja analisado", acrescentou Gurgacz.

O chamado "Pacote de Veneno" tem sido alvo de polêmica e intenso debate durante os 23 anos de tramitação. Enquanto os defensores dizem que o texto moderniza o setor e oferece mais transparência ao processo de autorização dos agrotóxicos, os críticos alegam que a matéria deve ser prejudicial à população.

Isso porque a proposta retira o poder da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) sobre o registro e a aprovação de agrotóxicos, flexibilizando o uso do produto no Brasil. O cenário faz com que, segundo alguns senadores, o texto vá contra o comprometimento ambiental firmado pelo presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PL).

"Estamos vindo da COP 27 [Conferência do Clima das Nações Unidas], onde o Brasil se tornou pária nos últimos anos no quesito meio ambiente. O Brasil sempre esteve na cabeceira. Agora, na última COP, tivemos um reposicionamento do Brasil. Esse projeto vai trazer prejuízos muito grandes", afirmou a senadora Eliziane Gama (Cidadania).

+ Depois de mais de 20 dias, texto final da PEC da Transição é protocolado

+ Transição faz acordo para que "pautas-bomba" não sejam votadas neste ano

Caso seja aprovado na CRA, o PL seguirá para análise no Plenário do Senado. No colegiado, o tema foi debatido em três audiências públicas, mas há ampla divergência entre os parlamentares. Alguns, por exemplo, apresentaram um requerimento para que a proposta também fosse analisada pelas Comissões de Meio Ambiente e Direitos Humanos.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
congresso
adiamento
comissao
senado
agricultura
vota
projeto
agrotoxicos
pl do veneno
anvisa
ibama
ministerio da agricultura
saude
meio ambiente
camila-stucaluc

Últimas notícias

Brasil Agora: Copom discute futuro da taxa Selic; presidente da Câmara cria comissão para debater PL do aborto

Brasil Agora: Copom discute futuro da taxa Selic; presidente da Câmara cria comissão para debater PL do aborto

Confira essas e outras notícias que serão destaque nesta quarta-feira (19)
Enem 2024: estudantes têm até hoje para pagar taxa de inscrição

Enem 2024: estudantes têm até hoje para pagar taxa de inscrição

Boleto estará disponível na Página do Participante; mais de 5 milhões de pessoas se cadastraram para realizar o exame este ano
+Milionária sorteia prêmio de R$ 226 milhões nesta quarta-feira (19)

+Milionária sorteia prêmio de R$ 226 milhões nesta quarta-feira (19)

Apostas podem ser feitas até as 19h em casas lotéricas ou pela internet
Justin Timberlake deixa prisão após audiência de custódia

Justin Timberlake deixa prisão após audiência de custódia

Cantor foi detido na noite de segunda-feira (17) por suspeita de embriaguez ao volante
Idosa sem folga há 20 anos é resgatada de trabalho análogo à escravidão

Idosa sem folga há 20 anos é resgatada de trabalho análogo à escravidão

Vítima trabalhava como cuidadora para uma família em Itapetininga (SP); Ministério do Trabalho irá propor acordo de verbas trabalhistas
Coreia do Norte promete "apoio total" à Rússia em guerra contra Ucrânia

Coreia do Norte promete "apoio total" à Rússia em guerra contra Ucrânia

Países pretendem assinar acordo para impulsionar a parceria e expandir a cooperação econômica e militar
SBT News na TV: Ex-assessor de Bolsonaro presta novo depoimento à PF sobre joias sauditas

SBT News na TV: Ex-assessor de Bolsonaro presta novo depoimento à PF sobre joias sauditas

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta quarta-feira (19); assista!
Moraes abre novo inquérito para investigar obstrução no caso Marielle

Moraes abre novo inquérito para investigar obstrução no caso Marielle

Decisão atende pedido da PGR e vai apurar ligação de irmãos Brazão e integrantes da Polícia Civil do RJ
Caixa libera Bolsa Família de junho para beneficiários com NIS final 3

Caixa libera Bolsa Família de junho para beneficiários com NIS final 3

Valor pode ser sacado em agências bancárias ou movimentado virtualmente
Mega-Sena acumula e chega a R$ 60 milhões; veja os números sorteados

Mega-Sena acumula e chega a R$ 60 milhões; veja os números sorteados

Quina teve 75 apostas ganhadoras, que vão receber mais de R$ 41 cada
Publicidade
Publicidade