Publicidade

Após morte do presidente, Irã marca eleições para 28 de junho

Primeiro vice-presidente permanecerá no cargo até realização do pleito

Após morte do presidente, Irã marca eleições para 28 de junho
Ebrahim Raisi | Wikimedia Commons
Publicidade

O Irã marcou as eleições presidenciais para o dia 28 de junho. A decisão ocorreu após a morte do presidente Ebrahim Raisi, vítima de um acidente de helicóptero no último domingo (19). Segundo a mídia estatal, os candidatos poderão se inscrever de 30 de maio a 3 de junho, e a campanha eleitoral acontecerá entre 12 e 27 de junho.

Até o resultado do pleito, o primeiro vice-presidente, Mohammad Mokhber, ficará como presidente interino. Ele foi nomeado pelo líder supremo do Irã, Ali Khamenei, figura responsável por ditar a decisão final dos assuntos internos e externos do país.

Ebrahim Raisi era o segundo homem mais importante na hierarquia do Irã e favorito para suceder Khamenei. Ele havia sido eleito presidente em 2021 e deveria permanecer no cargo até 2025. Com a morte prematura do político, aos 63 anos, especialistas apontam que as próximas semanas serão de "confusão", em uma disputa interna de poder.

O acidente

Raisi viajava de helicóptero na província do Azerbaijão Oriental na tarde de domingo (19). A queda ocorreu por volta das 13h (horário local), em uma região de difícil acesso, com montanhas, florestas e intensa neblina. As operações de busca levaram à localização da aeronave e do local do acidente, confirmando a morte do presidente iraniano.

Além de Raisi, o helicóptero transportava o ministro das Relações Exteriores, Hossein Amirabdollahian, o governador da província iraniana do Azerbaijão Oriental, Malek Rahmati, o líder religioso Hojjatoleslam Al Hashem e o major-general Seyed Mehdi Mousavi, chefe da equipe de segurança. Um piloto, um copiloto e um técnico também estavam a bordo.

Segundo o Ministério de Relações Exteriores iraniano, o acidente ocorreu devido a condições climáticas adversas. A imprensa local, por sua vez, atribuiu a queda a uma "falha técnica" do helicóptero, um Bell 212.

+ Irã decreta luto oficial de cinco dias por morte de Ebrahim Raisi

Líderes e autoridades mundiais lamentaram a morte de Raisi. Entre eles estão o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, o presidente dos Emirados Árabes, Mohammed bin Zayed Al Nahyan, e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Grupos extremistas financiados pelo Irã também se pronunciaram, como o Hamas e o Hezbollah.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Irã
Morte
Presidente
Eleições

Últimas notícias

Com 30% dos votos, Éder Mauro segue liderando disputa pela Prefeitura de Belém

Com 30% dos votos, Éder Mauro segue liderando disputa pela Prefeitura de Belém

Delegado conta com 17 pontos percentuais à frente do atual prefeito da capital paraense
Fiocruz alerta para aumenta de doenças infecciosas e acidentes com animais peçonhentos no RS

Fiocruz alerta para aumenta de doenças infecciosas e acidentes com animais peçonhentos no RS

Aglomeração em abrigos e contado com água contaminada estão entre os motivos
SP: Memorial da América Latina recebe festa junina gratuita a partir deste sábado (15)

SP: Memorial da América Latina recebe festa junina gratuita a partir deste sábado (15)

Evento contará com mais de 500 opções de pratos, espaço kids e pet friendly; veja programação
Lula quebra silêncio e comenta sobre PL antiaborto: “insanidade"

Lula quebra silêncio e comenta sobre PL antiaborto: “insanidade"

Presidente disse que não é a favor do procedimento, mas que tema precisa ser tratado como questão de saúde publica
Pix representou 30% das transações no comércio eletrônico em 2023, diz pesquisa

Pix representou 30% das transações no comércio eletrônico em 2023, diz pesquisa

Meio de pagamento instantâneo ficou atrás apenas do cartão de crédito; popularidade deve crescer até 2027
Ginecologistas pedem que Lira retire PL que equipara aborto a homicídio da pauta da Câmara

Ginecologistas pedem que Lira retire PL que equipara aborto a homicídio da pauta da Câmara

Federação criticou proposta e disse que tema necessita de ampla discussão prévia
Juscelino terá reunião decisiva com Lula, mas fragilidade do governo na Câmara pode frear demissão

Juscelino terá reunião decisiva com Lula, mas fragilidade do governo na Câmara pode frear demissão

Ministro das Comunicações tem apoio do União Brasil com quem Lula deve negociar troca no comando da pasta
Prefeito tem celular roubado durante live no Rio Grande do Sul

Prefeito tem celular roubado durante live no Rio Grande do Sul

Aparelho foi recuperado depois do rastreamento do carro usado pelo criminoso
Morre adolescente de 14 anos, vítima do incêndio em oficina de motos em SC

Morre adolescente de 14 anos, vítima do incêndio em oficina de motos em SC

Bernardo Alves da Silva estava internado em estado grave desde o começo do mês
Ucrânia chama exigências de Putin de "absurdas" e rejeita plano de cessar-fogo

Ucrânia chama exigências de Putin de "absurdas" e rejeita plano de cessar-fogo

Governo defendeu que presidente russo está tentando “enganar” as potências mundiais para minar os esforços diplomáticos de paz
Publicidade
Publicidade