Publicidade

Habitantes de Gaza não têm opções para segurança, alerta ONU

Moradores continuam sofrendo com ataques aéreos e artilharia; falta de combustível impacta serviços hospitalares

Habitantes de Gaza não têm opções para segurança, alerta ONU
Unrwa/Ashraf Amra
Publicidade

A Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados Palestinos (UNRWA) afirmou que a intensificação dos combates entre Israel e o grupo Hamas continuam impactando a atuação das equipes na Faixa de Gaza. Cerca de 13 locais administrados pela entidade já foram alvos de ataques, o que deixa a situação dos abrigos "inviável". 

+ Acompanhe a cobertura da guerra em Israel
+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

"A realidade é que os habitantes de Gaza não têm para onde ir por segurança e estão todos expostos à ameaça de combates e, particularmente, ataques aéreos", disse o diretor de Assuntos da UNRWA, Thomas White. 

O representante disse ainda que as forças israelenses seguem limitando a entrada de combustível em Gaza, item primordial para o abastecimento de geradores em hospitais e abrigos. A falta de insumos médicos também está dificultando a atuação das equipes, fazendo com que casos mais graves sejam priorizados no grande número de feridos.

"As autoridades israelitas só autorizaram 50% da necessidade diária de combustível para a ajuda humanitária. As pessoas terão apenas dois terços de sua necessidade diária de água potável e o esgoto continuará nas ruas", disse White. "Algumas decisões difíceis tiveram que ser tomadas sobre qual ajuda para salvar vidas é priorizada", acrescentou.

A Faixa de Gaza é um território palestino de 41 km de comprimento e 10 km de largura, que faz fronteira com Israel e Egito. O local, que tem o território menor que a cidade do Rio de Janeiro, tinha 2,1 milhões de habitantes antes da guerra e está entre os alvos constantes do exército israelense por ser abrigo do Hamas. Até o momento, 13 mil pessoas foram mortas.

+ Israel bombardeia hospital no norte de Gaza e deixa 12 mortos

Mais cedo, o chefe do Hamas, Ismail Haniyeh, disse que está perto de chegar a um acordo de trégua humanitária na guerra com Israel. As negociações envolvem a liberação dos cerca de 240 reféns -- sequestrados pelo grupo extremista no dia 7 de outubro, quando houve o ataque no festival Universo Paralello.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
mundo
habitantes
faixa de gaza
nao tem opçao
segurança
ofensiva
israel
guerra-israel
hamas

Últimas notícias

Homicídios de pessoas LGBTQIA+ cresceram quase 42% em 2023

Homicídios de pessoas LGBTQIA+ cresceram quase 42% em 2023

Casos de estupros também aumentaram mais de 40%; somente em 2023 foram 354 vítimas
Boulos pretende criar "Mais Médicos das especialidades" e defende dobrar efetivo da Guarda Municipal

Boulos pretende criar "Mais Médicos das especialidades" e defende dobrar efetivo da Guarda Municipal

Pré-candidato à prefeitura de São Paulo trouxe planos de campanha pela primeira vez após criação da coligação "Amor Por São Paulo"
Bolsonaro diz que Ramagem "paga preço alto pela ousadia" de querer governar o Rio

Bolsonaro diz que Ramagem "paga preço alto pela ousadia" de querer governar o Rio

Ex-presidente e pré-candidato à prefeitura participaram de ato pré-campanha nesta quinta (18)
Poder Expresso: Anuário Brasileiro de Segurança Pública divulga dados alarmantes sobre a violência

Poder Expresso: Anuário Brasileiro de Segurança Pública divulga dados alarmantes sobre a violência

Relatório divulgado nesta quinta mostra que, em 2023, foram registrados 83.988 de estupro, um aumento de 6,5% em relação ao ano anterior
Polícia Federal prende dois suspeitos de matar filho de Mãe Bernadete na Bahia

Polícia Federal prende dois suspeitos de matar filho de Mãe Bernadete na Bahia

Operação investiga morte de mãe e filho no quilombo Pitanga dos Palmares
Empresário que atirou cinco vezes contra carro será indiciado por dupla tentativa de homicídio

Empresário que atirou cinco vezes contra carro será indiciado por dupla tentativa de homicídio

Adriano Domingues Costa foi indiciado por dupla tentativa de homicídio, porte de arma de fogo e receptação de pistola usada em crime
Vítima provoca atirador antes de ser baleada e morrer: "Atira, então"

Vítima provoca atirador antes de ser baleada e morrer: "Atira, então"

Câmeras de segurança flagraram toda a ação do suspeito
Polícia do Rio investiga morte de bebê de 2 anos; família é suspeita de maus-tratos

Polícia do Rio investiga morte de bebê de 2 anos; família é suspeita de maus-tratos

Em entrevista ao SBT Rio, a mãe do menino, Aline Julia, negou que o menino tenha morrido após agressão em casa
Justiça Federal determina prisão do ex-diretor da Petrobras Renato Duque

Justiça Federal determina prisão do ex-diretor da Petrobras Renato Duque

Engenheiro deverá ficar 39 anos, dois meses e 20 dias em regime fechado
Vídeo: jovens são flagrados em bar antes de batida que matou motorista de aplicativo em Guarulhos

Vídeo: jovens são flagrados em bar antes de batida que matou motorista de aplicativo em Guarulhos

De acordo com a comanda dos envolvidos, eles compraram três garrafas de bebidas que passaram de R$ 1 mil
Publicidade
Publicidade