Publicidade

Habitantes de Gaza não têm opções para segurança, alerta ONU

Moradores continuam sofrendo com ataques aéreos e artilharia; falta de combustível impacta serviços hospitalares

Habitantes de Gaza não têm opções para segurança, alerta ONU
Unrwa/Ashraf Amra
Publicidade

A Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados Palestinos (UNRWA) afirmou que a intensificação dos combates entre Israel e o grupo Hamas continuam impactando a atuação das equipes na Faixa de Gaza. Cerca de 13 locais administrados pela entidade já foram alvos de ataques, o que deixa a situação dos abrigos "inviável". 

+ Acompanhe a cobertura da guerra em Israel
+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

"A realidade é que os habitantes de Gaza não têm para onde ir por segurança e estão todos expostos à ameaça de combates e, particularmente, ataques aéreos", disse o diretor de Assuntos da UNRWA, Thomas White. 

O representante disse ainda que as forças israelenses seguem limitando a entrada de combustível em Gaza, item primordial para o abastecimento de geradores em hospitais e abrigos. A falta de insumos médicos também está dificultando a atuação das equipes, fazendo com que casos mais graves sejam priorizados no grande número de feridos.

"As autoridades israelitas só autorizaram 50% da necessidade diária de combustível para a ajuda humanitária. As pessoas terão apenas dois terços de sua necessidade diária de água potável e o esgoto continuará nas ruas", disse White. "Algumas decisões difíceis tiveram que ser tomadas sobre qual ajuda para salvar vidas é priorizada", acrescentou.

A Faixa de Gaza é um território palestino de 41 km de comprimento e 10 km de largura, que faz fronteira com Israel e Egito. O local, que tem o território menor que a cidade do Rio de Janeiro, tinha 2,1 milhões de habitantes antes da guerra e está entre os alvos constantes do exército israelense por ser abrigo do Hamas. Até o momento, 13 mil pessoas foram mortas.

+ Israel bombardeia hospital no norte de Gaza e deixa 12 mortos

Mais cedo, o chefe do Hamas, Ismail Haniyeh, disse que está perto de chegar a um acordo de trégua humanitária na guerra com Israel. As negociações envolvem a liberação dos cerca de 240 reféns -- sequestrados pelo grupo extremista no dia 7 de outubro, quando houve o ataque no festival Universo Paralello.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
mundo
habitantes
faixa de gaza
nao tem opçao
segurança
ofensiva
israel
guerra-israel
hamas

Últimas notícias

Silvio Santos tem alta de hospital em SP

Silvio Santos tem alta de hospital em SP

Apresentador passa bem e já está em casa
Comoção e falta de respostas marcam enterro de filha de deputado morta no Mato Grosso

Comoção e falta de respostas marcam enterro de filha de deputado morta no Mato Grosso

Polícia mantém investigações para explicar morte da empresária Raquel Cattani, que estava com 26 anos
São Paulo recebe evento sobre cultura pop asiática

São Paulo recebe evento sobre cultura pop asiática

Anime Friends é o maior evento temático de cultura pop asiática na América Latina e ficará até amanhã (21) em São Paulo
Paisagens, cultura e vinho; conheça o passeio turístico Trem Pampa

Paisagens, cultura e vinho; conheça o passeio turístico Trem Pampa

Itinerário começa no Rio Grande do Sul e passa no Uruguai. O passeio custa R$ 135
Imóveis levados a leilão quase dobram em 2024 e viram opção de investimento

Imóveis levados a leilão quase dobram em 2024 e viram opção de investimento

Só de imóveis financiados pela Caixa Econômica Federal, houve um salto de 75% na oferta de leilões
Melody sofre acidente a caminho de show no Rio de Janeiro

Melody sofre acidente a caminho de show no Rio de Janeiro

Van em que cantora estava ficou destruída: veja imagens
Brasileiro da marcha atlética disputará sua quarta Olimpíada em Paris

Brasileiro da marcha atlética disputará sua quarta Olimpíada em Paris

Caio Bonfim luta pela medalha que escapou nos Jogos do Rio, em 2016, quando conquistou o 4º lugar
Exclusivo: número de denúncias de maus-tratos a animais bate recorde em 2024

Exclusivo: número de denúncias de maus-tratos a animais bate recorde em 2024

Foram 909 situações nos primeiros seis meses de 2024, quase o mesmo número de todo o ano passado, quando houveram 939 denúncias
Los Angeles abraça a automação: robôs entregam comida e carros sem motorista já são realidade

Los Angeles abraça a automação: robôs entregam comida e carros sem motorista já são realidade

Em alguns restaurantes da cidade, o pedido é na tela e a comida vem em um carrossel. Já as bebidas são trazidas por um robô, que interage com os clientes
Menina de 10 anos sobrevive a parada cardíaca que durou mais de uma hora

Menina de 10 anos sobrevive a parada cardíaca que durou mais de uma hora

Lara Sousa foi reanimada e agora recebeu um aparelho que ajuda o coração a bater no ritmo certo
Publicidade
Publicidade