Publicidade

Policial do Senado, advogada e ex-candidato estão entre alvos da PF

4ª fase da Operação Lesa Pátria buscou armas na casa do agente no DF e celulares de golpistas com advogada

Policial do Senado, advogada e ex-candidato estão entre alvos da PF
Publicidade

Um policial legislativo do Senado, uma advogada que seria responsável por apagar provas de celulares de golpistas, um policial aposentado que foi candidato a deputado e um comerciante estão entre os alvos da Polícia Federal, na 4ª fase da Operação Lesa Pátria, deflagrada nesta 6ª feira (3.fev), contra golpistas que invadiram e destruíram os prédios dos Três Poderes, em Brasília, no dia 8 de janeiro.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

A PF cumpriu 3 mandados de prisão preventiva e 14 de buscas e apreensões contra alvos que executaram, financiaram ou incentivaram os crimes do 8/1, nas invasões ao Palácio do Planalto, Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal. Os policiais cumpriram as ordens do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), em cinco estados e no Distrito Federal (DF).  

As investigações buscam provas sobre os crimes de:

  • abolição violenta do Estado Democrático de Direito;
  • golpe de Estado;
  • dano qualificado;
  • associação criminosa;
  • incitação ao crime;
  • destruição e deterioração ou inutilização de bem especialmente protegido.

O policial legislativo Alexandre Bento Hilgenberg é um dos alvos. A PF esteve em sua residência, no DF, e no Senado em busca de provas contra o suspeito. Ele teria favorecido os atos de invasão e depredação do prédio.

"Alexandre Bento Hilgenberg ignorou a formação assumida por seus pares, ultrapassou a linha de combate e iniciou, de forma amistosa, comunicação verbal e gestou com invasores, permitindo que estes prosseguissem com seus atos criminosos", registra o pedido de buscas do Ministério Público Federal (MPF). 

A Procuradoria-Geral da República (PGR) informou que há indícios de que o agente público possua armas e outros materiais que possam comprovar a violação de dever funcional, por instigação e facilitação da ação dos criminosos que vandalizaram os prédios dos Três Poderes.

senado
Destruição no Senado, agente é investigaedo | Agência Senado

O pedido do MPF registra que "diante do conflito", o alvo "deveria fornecer armas não letais e equipamentos de proteção, instrumentos essenciais à contenção do distúrbio". "No entanto, o denunciado permaneceu omisso, deixando de disponibilizar aos demais agentes o material necessário. Apenas quando a linha de defesa do Senado Federal foi temporariamente vencida pela turba e desarticulada, Alexandre Bento Hilgenberg entregou o material."

O agente do Senado foi denunciado ao Supremo, está afastado das funções, teve bens bloqueados e os canais de redes sociais da internet e não pode viajar para fora do Brasil. A reportagem não conseguiu contato com a defesa de Hilgenberg.

pf
PF cumpre 4ª fase da Lesa Pátria, contra golpistas | PF/Divulgação

Destruição de provas

Uma advogada, que não teve o nome divulgado, foi alvo também da quarta fase da Lesa Pátria. Ela é suspeito de ter recolhido os aparelhos de telefone celular dos golpistas para dificultar o levantamento de provas pela PF.

Em sua residência, foram encontrados mais de 20 telefones.

Segundo a PGR,  a advogada teria "recolhido aparelhos celulares de participantes da invasão aos prédios públicos na Praça dos Três Poderes". "A atitude é investigada por representar a possibilidade de obstrução de justiça. O pedido que levou à decretação das medidas cautelares foi apresentado a partir de informações reunidas nas audiências de custódia dos detidos em flagrante no dia dos atos."

c
William Ferreira registrou invasão em rede social | Reprodução

Executores presos

Dois golpistas que são acusados de serem do núcleo de executores dos crimes de invasão aos Três Poderes e tentativa de golpe de estado, foram presos na manhã desta 6ª feira, em Rondônia e Goiás.

Em Porto Velho, capital de Rondônia, o policial militar aposentado William Ferreira foi um dos presos. O bolsonarista, conhecido como "O homem do tepo" foi candidato a deputado estadual em 2022, mas não se elegeu.

Ferreira foi um dos executores das invasões aos Três Poderes e produziu provas contra ele mesmo. O golpista filmou e transmitiu ao vivo seus crimes e dos demais, no Facebook. O material é uma das provas usadas pelo Ministério Público Federal (MPF) para buscar a condenação. A reportagem não conseguiu localizar a defesa do investigado. 

n
Lucimário Camargo registrou invasão aos Três Poderes | Reprodução

Outro golpista preso por executar os ataques foi Lucimário Benedito Camargo, conhecido como Mário Furacão. Ele foi detido pela PF em Rio Verde (GO). Foi outro que filmou os próprios crimes durante a invasão aos Três Poderes.

Camargo foi presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Rio Verde (GO). Em um dos vídeos, transmitido ao vivo no dia 8 de janeiro, ele registra a invasão. O material foi usado como prova. A reportagem não conseguiu encontrar a defesa do investigado.

"Brasileiro só subindo a rampa, entrando cada vez mais e os soldados tacando bomba no povo, covardes. O poder emana do povo, o povo não vai sair, o povo não vai deixar ladrão governar o país, narcotraficante e muito menos comunista", declarou Lucimário em um vídeo gravado durante os atos golpistas

pf

Novas buscas

A Operação Lesa Pátria prossegue com as prisões e buscas. Ela é uma investigação contínua para subsidiar os mais de 1,4 mil processos que estão sendo enviados ao STF para buscar a condenação dos golpistas. 

Desde o início das apurações, foram presas 23 pessoas e realziadas mais de 60 buscas e apreensões, nas quatro fases já deflagradas para levantamento de provas contra os acusados.

Até esta 6ª feira, o Grupo Estratégico de Combate aos Atos Antidemocráticos do Ministério Público Federal (MPF), coordenado pelo subprocurador-geral da República Carlos Frederico Santos, denunciou 479 golpistas. Outros devem ser acusados ainda. 

Leia também:

+ Moraes concede liberdade provisória a ex-comandante da PMDF

+ Moraes confirma encontro com Do Val e classifica plano como "operação tabajara"

+ Daniel Silveira passa por audiência de custódia e segue preso

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
pf
stf
pgr
mpf
golpistas
operação lesa pátria
ricardo-brandt
alexandre de moraes
carlos frederico santos
bolsonaro

Últimas notícias

"Eu tinha razão, fui mau profeta", diz Gilmar Mendes sobre críticas à Lava Jato

"Eu tinha razão, fui mau profeta", diz Gilmar Mendes sobre críticas à Lava Jato

Ministro do STF voltou a defender criação de uma comissão da verdade para avaliar excessos e irregularidades na condução da operação
Vai esquentar? Veja previsão do tempo para o final de semana

Vai esquentar? Veja previsão do tempo para o final de semana

Sol deve aparecer na maior parte das capitais brasileiras, acompanhado de chuva em alguns estados. Confira
Flagra: Macaco foge de zoológico e vai parar em presídio no RJ

Flagra: Macaco foge de zoológico e vai parar em presídio no RJ

Caso foi registrado na zona norte da capital; bichinho circulou pela penitenciária até ser resgatado
Rendimento mensal do 1% mais rico é quase 40 vezes maior que dos 40% mais pobres no Brasil, diz IBGE

Rendimento mensal do 1% mais rico é quase 40 vezes maior que dos 40% mais pobres no Brasil, diz IBGE

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) aponta aumento no valor médio recebido em 2023, mas desigualdade segue alta
EXCLUSIVO: Gilmar Mendes rebate relatório dos EUA e defende Moraes: "Nenhum excesso"

EXCLUSIVO: Gilmar Mendes rebate relatório dos EUA e defende Moraes: "Nenhum excesso"

"O que mostram como irregular são processos de caráter sigiloso, como a quebra de sigilo. Absolutamente normal", disse o decano ao SBT
Com doença cônica, menino corre risco de perder movimentos do corpo

Com doença cônica, menino corre risco de perder movimentos do corpo

Garotinho precisa de remédio injetável semanal e caro, mas medicamento está em falta na rede pública de saúde de São José dos Campos (SP)
Mapa Mundi ao vivo: Israel ataca Irã e homem-bomba em consulado iraniano em Paris

Mapa Mundi ao vivo: Israel ataca Irã e homem-bomba em consulado iraniano em Paris

SBT News também traz entrevista com presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, e atualiza informações sobre a invasão russa
Temos prendido muito e prendido mal, diz Gilmar Mendes

Temos prendido muito e prendido mal, diz Gilmar Mendes

Ao SBT, decano do STF afirma buscar conter assimetria social com julgamento sobre drogas: "Não se trata de permitir o uso para recreação"
Homem em fuga invade casa e faz mulher refém em Salvador

Homem em fuga invade casa e faz mulher refém em Salvador

Região do Subúrbio Ferroviário vive semana de tensão, com mortes e tiroteios; criminoso morreu em confronto
3ª Guerra Mundial? Estamos longe, mas mais perto do que há 20 anos, diz especialista

3ª Guerra Mundial? Estamos longe, mas mais perto do que há 20 anos, diz especialista

Analista político Uriã Fancelli vê uma espécie de Guerra Fria 2.0 entre EUA, China e Rússia e comenta temor de conflito ampliado no Oriente Médio
Publicidade
Publicidade