Publicidade

Presidente de Belarus diz que guerra na Ucrânia está "se arrastando demais"

Aliado de Vladimir Putin, Alexander Lukashenko, forneceu tropas e apoio aos russos durante a invasão

Presidente de Belarus diz que guerra na Ucrânia está "se arrastando demais"
Alexander Lukashenko e Vladimir Putin
Publicidade

O presidente de Belarus, Alexander Lukashenko, admitiu, nesta 5ª feira (05.mai), em entrevista à Associated Press, que apesar de ser favorável à invasão da Rússia à Ucrânia, a guerra "está se arrastando demais". Aliado de primeira hora do presidente russo, Vladimir Putin, Lukashenko, argumentou que o ataque era inevitável, já que "Kiev estava provocando" Moscou.

"Não estou imerso neste problema o suficiente para dizer se vai de acordo com o plano, como dizem os russos, ou como eu sinto", ressaltou Lukashenko. "Mas, quero enfatizar mais uma vez: sinto que esta operação se arrastou".

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Apesar do incômodo com a duração da incursão militar russa, o presidente de Belarus ressaltou que nenhum dos dois lados deve recorrer a armamentos nucleares, e enfatizou que usar esse tipo de recurso não está nos planos de Putin.

"O uso de armas nucleares não é apenas inaceitável, porque está bem ao nosso lado, não estamos do outro lado do oceano, como os Estados Unidos. Também é inaceitável porque pode fazer nossa bola terrestre voar para fora da órbita para quem sabe onde", defendeu Lukashenko, lembrando que tanto a Belarus como todo o Leste Europeu seriam devastados em um possível conflito nuclear.

O presidente bielorrusso sinalizou estar preocupado com a escalada das hostilidades em torno da guerra na Ucrânia e disse acreditar que Vladimir Putin não pretende provocar uma guerra generalizada contra todos os membros da Organização do Tratado do Atlântico Norte, Otan. "Ele provavelmente não quer um confronto global com a Otan. Usem isso. Usem isso e façam de tudo para que nada aconteça. Caso contrário, mesmo que Putin não queira, os militares reagirão", concluiu.

Conhecido como o "último ditador da Europa", o líder bielorrusso tem apoiado Putin não somente no campo retórico. Além de ceder seu território para posicionamento estratégico do exército russo, de onde milhares de mísseis têm sido lançados em direção à Ucrânia, Lukashenko também reforçou as tropas de Putin com contingente e recursos.

Leia também:
+ Polícia prende ladrão de relógios de luxo que atuava na Grande São Paulo

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
guerra-na-ucrania
guerra na ucrânia
ucrânia
rússia
presidente de belarus
alexander lukashenko
vladimir putin
moscou
kiev
otan

Últimas notícias

INSS libera benefícios para segurados que recebem até um salário mínimo; veja como consultar

INSS libera benefícios para segurados que recebem até um salário mínimo; veja como consultar

Pagamentos serão feitos conforme o número final do cartão de pagamento; moradores do RS terão depósitos antecipados
No dia de São João, governo reconhece quadrilhas como manifestação da cultura nacional

No dia de São João, governo reconhece quadrilhas como manifestação da cultura nacional

Dança típica foi considerada relevante para a identificação regional nas apresentações juninas
"Pausas táticas não aliviam situação humanitária em Gaza", diz OMS

"Pausas táticas não aliviam situação humanitária em Gaza", diz OMS

Combates paralelos e contínuo deslocamento forçado de civis dificultam a entrega de ajuda na região
Intenção de consumo das famílias cresce 0,5% em junho e mantém índice positivo

Intenção de consumo das famílias cresce 0,5% em junho e mantém índice positivo

Resultado foi influenciado pelo acesso ao crédito e pelo aquecimento do mercado de trabalho
Brasil ultrapassa marca de 6 milhões de casos de dengue em 2024

Brasil ultrapassa marca de 6 milhões de casos de dengue em 2024

SP e MG seguem liderando ranking de infecções; número de mortes confirmadas chega a 4 mil
Ataques contra igrejas e sinagogas deixam mais de 15 mortos na Rússia

Ataques contra igrejas e sinagogas deixam mais de 15 mortos na Rússia

Homens armados invadiram os locais na tarde de domingo (23); autoridades investigam o caso
Caixa libera Bolsa Família de junho para beneficiários com NIS final 6

Caixa libera Bolsa Família de junho para beneficiários com NIS final 6

Valor pode ser sacado em agências bancárias ou movimentado virtualmente; calendário também conta com Auxílio Gás
SBT News na TV: Professores das universidades federais decidem encerrar greve

SBT News na TV: Professores das universidades federais decidem encerrar greve

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta segunda-feira (24); assista!
Netanyahu diz que combate intenso contra o Hamas está perto do fim, mas que guerra continuará

Netanyahu diz que combate intenso contra o Hamas está perto do fim, mas que guerra continuará

Primeiro-ministro israelense concedeu entrevista a uma emissora do país pela primeira vez desde o início da guerra
Universidades federais: professores decidem encerrar greve

Universidades federais: professores decidem encerrar greve

Paralisação nacional começou em abril. Retorno às aulas depende de decisão interna de cada instituição
Publicidade
Publicidade