Publicidade

"Momento de confrontação entre os Poderes ficou para trás", diz Dino no STF

Ex-governador e senador eleito acompanhou Lula em encontro com ministros na Corte

"Momento de confrontação entre os Poderes ficou para trás", diz Dino no STF
Publicidade

Senador eleito, o ex-governador do Maranhão Flávio Dino (PSB) disse nesta 4ª feira (9.nov) que o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) passou aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) a mensagem de que "o momento de confrontação entre os Poderes ficou para trás". A declaração faz referência aos ataques promovidos pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) e por seus apoiadores à Suprema Corte.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Lula foi recebido pela presidente do STF, Rosa Weber, e por outros nove ministros na tarde desta 4ª, na sede do Tribunal, em Brasília. Segundo Dino, o encontro "mostra uma preocupação recíproca de restabelecimento da normalidade institucional no que se refere à relação entre o Executivo e o Supremo".

"Nós consideramos que essa visita, além de ser uma cortesia protocolar, é um sinal histórico de que o momento de confrontação entre os Poderes ficou para trás e nós estamos restabelecendo o princípio constitucional da harmonia entre os Poderes", afirmou o senador eleito. "O presidente Lula enfaticamente declarou esse desejo de normalidade, de paz entre os tribunais e os outros Poderes", acrescentou.

Ainda de acordo com o ex-governador, na reunião, o presidente eleito "convidou o Tribunal a participar de debates importantes", como a questão ambiental, o desarmamento e a segurança pública, e as novas formas de trabalho.

Questionado sobre o caminho para manter um auxílio social em R$ 600 -- que pode passar por uma decisão do Supremo --, Dino ressaltou que o "caminho principal" do governo eleito é a aprovação de uma PEC: "O que foi abordado foi a visão que o presidente Lula externou que a via principal que ele está buscando neste momento, com o vice-presidente Alckmin é a votação da PEC no Congresso. Esse é o caminho principal".

Encontro

Lula foi recebido pela presidente do Supremo, Rosa Weber, e quase todos os ministros da Corte estavam presentes. A única ausência foi Luís Roberto Barroso, que está no Egito, onde participa da COP27.

O encontro durou cerca de 50 minutos. Lula estava acompanhado da presidente do PT, Gleisi Hoffmann, do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), do senador eleito Flávio Dino (PSB-MA), do deputado federal eleito Paulo Teixeira (PT-BA), do ex-ministro Aloizio Mercadante, dos advogados Eugênio Aragão e Cristiano Zanin e do procurador da Fazenda Nacional Jorge Messias.

Em nota divulgada após o encontro, o STF informou que Lula afirmou que "atuará pela reconstrução do Brasil". Ainda segundo a nota, os ministros "apontaram preocupações para o Brasil, como a necessidade de investimentos em educação e meio ambiente". 

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
eleicoes
lula
flávio dino
stf
ministros
dino
luiz inácio lula da silva
fernando-jordao

Últimas notícias

Residência é atingida por árvore após forte ventania no RJ

Residência é atingida por árvore após forte ventania no RJ

Pai e filho ficaram feridos; Defesa Civil ainda não foi no local retirar o pedaço que restou da árvore
"Eu tinha razão, fui mau profeta", diz Gilmar Mendes sobre críticas à Lava Jato

"Eu tinha razão, fui mau profeta", diz Gilmar Mendes sobre críticas à Lava Jato

Ministro do STF voltou a defender criação de uma comissão da verdade para avaliar excessos e irregularidades na condução da operação
Vai esquentar? Veja previsão do tempo para o final de semana

Vai esquentar? Veja previsão do tempo para o final de semana

Sol deve aparecer na maior parte das capitais brasileiras, acompanhado de chuva em alguns estados. Confira
Flagra: Macaco foge de zoológico e vai parar em presídio no RJ

Flagra: Macaco foge de zoológico e vai parar em presídio no RJ

Caso foi registrado na zona norte da capital; bichinho circulou pela penitenciária até ser resgatado
Rendimento mensal do 1% mais rico é quase 40 vezes maior que dos 40% mais pobres no Brasil, diz IBGE

Rendimento mensal do 1% mais rico é quase 40 vezes maior que dos 40% mais pobres no Brasil, diz IBGE

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) aponta aumento no valor médio recebido em 2023, mas desigualdade segue alta
EXCLUSIVO: Gilmar Mendes rebate relatório dos EUA e defende Moraes: "Nenhum excesso"

EXCLUSIVO: Gilmar Mendes rebate relatório dos EUA e defende Moraes: "Nenhum excesso"

"O que mostram como irregular são processos de caráter sigiloso, como a quebra de sigilo. Absolutamente normal", disse o decano ao SBT
Com doença cônica, menino corre risco de perder movimentos do corpo

Com doença cônica, menino corre risco de perder movimentos do corpo

Garotinho precisa de remédio injetável semanal e caro, mas medicamento está em falta na rede pública de saúde de São José dos Campos (SP)
Mapa Mundi ao vivo: Israel ataca Irã e homem-bomba em consulado iraniano em Paris

Mapa Mundi ao vivo: Israel ataca Irã e homem-bomba em consulado iraniano em Paris

SBT News também traz entrevista com presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, e atualiza informações sobre a invasão russa
Temos prendido muito e prendido mal, diz Gilmar Mendes

Temos prendido muito e prendido mal, diz Gilmar Mendes

Ao SBT, decano do STF afirma buscar conter assimetria social com julgamento sobre drogas: "Não se trata de permitir o uso para recreação"
Homem em fuga invade casa e faz mulher refém em Salvador

Homem em fuga invade casa e faz mulher refém em Salvador

Região do Subúrbio Ferroviário vive semana de tensão, com mortes e tiroteios; criminoso morreu em confronto
Publicidade
Publicidade