Publicidade

Relator diz ter confiança em aprovar indicação de Dino ao STF no Senado

Com avaliação de que nome avança na CCJ, senador Weverton espera ao menos 50 votos em plenário

Relator diz ter confiança em aprovar indicação de Dino ao STF no Senado
Publicidade

ministro Flávio Dino, da Justiça, não deverá enfrentar grandes dificuldades para ter o nome ao Supremo Tribunal Federal (STF) aprovado pelo Senado. A avaliação do relator da indicação, senador Weverton Rocha (PDT-MA), é de que há "muita tranquilidade" para a sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), no próximo dia 13 de dezembro. 

Conforme anunciou nesta 3ª feira (28.nov), Weverton considera que o governo terá mais votos do que o necessário para aprovação - tanto na CCJ quanto em plenário. "No mínimo vamos sair com mais de 50", declarou. Os números citados valem para o plenário, onde Dino precisa do apoio de ao menos 41 senadores. Na comissão, a avaliação é de conseguir alcançar entre 17 e 20 votos.

Como justificativa para aprovação do nome, Weverton afirma que o relatório vai trazer detalhes a respeito da trajetória de Flávio Dino, com informações relacionadas à vida acadêmica e do período em que atuou como juiz. "Uma carreira exitosa", avalia. "Não tem um caso concreto em que utilizou a magistratura para beneficiar ou prejudicar", completa.

Entre as estratégias para apoio, o senador afirma estar em contato com outros colegas que anunciaram oposição ao nome, e que parte das negociações têm sido feitas pelo próprio Dino. Por ter sido eleito senador, ele teria o contato direto com outros parlamentares, e teria se colocado à disposição para discutir o seu nome ao Supremo.

Leia também:

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
congresso
stf
supremo tribunal federal
ccj
flávio dino
indicação flávio dino
nome flávio dino

Últimas notícias

Autora atacada por pitbulls escreve poesia pela primeira vez após acidente

Autora atacada por pitbulls escreve poesia pela primeira vez após acidente

A autora, reconhecida na literatura infantil brasileira, foi atacada por três cães da raça pitbull no dia 5 de abril
Do protagonismo na Lava-Jato à suspensão pelo CNJ: quem é Gabriela Hardt?

Do protagonismo na Lava-Jato à suspensão pelo CNJ: quem é Gabriela Hardt?

Juíza foi substituta de Sergio Moro na 13ª Vara Federal, em Curitiba, durante o auge da operação
Chuva forte pode atingir 161 cidades de Minas Gerais

Chuva forte pode atingir 161 cidades de Minas Gerais

Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta para risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e de alagamentos
Teto de supermercado desaba e deixa feridos em Diadema

Teto de supermercado desaba e deixa feridos em Diadema

Duas pessoas ficaram gravemente feridas e foram socorridas ao Hospital Municipal da cidade; outras nove tiveram ferimentos leves
Tutor de pitbull morre após ser atacado pelo próprio cachorro

Tutor de pitbull morre após ser atacado pelo próprio cachorro

Vítima sofria ataque de epilepsia enquanto foi mordida pelo animal
Governo propõe aumento de R$ 90 no salário mínimo e déficit zero em 2025

Governo propõe aumento de R$ 90 no salário mínimo e déficit zero em 2025

Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) de 2025 foi apresentado nesta segunda-feira (15)
Adolescente de 17 anos é estuprada pelo cunhado no interior de SP

Adolescente de 17 anos é estuprada pelo cunhado no interior de SP

Vítima estava na casa da irmã e cuidava dos sobrinho quando sofreu a violência, neste final de semana
Poder Expresso: Irã ataca Israel, conflito pode ter reflexos econômicos no Brasil

Poder Expresso: Irã ataca Israel, conflito pode ter reflexos econômicos no Brasil

A edição desta segunda-feira (15) analisa como a escalada do confronto no Oriente Médio pode atingir brasileiros
Por que existem gêmeos siameses? Entenda

Por que existem gêmeos siameses? Entenda

As causas dessa anomalia rara ainda não são bem explicadas pela ciência, mas a descoberta pode vir durante a gestação
Conflito entre Irã e Israel pode impactar preço do petróleo no Brasil

Conflito entre Irã e Israel pode impactar preço do petróleo no Brasil

Ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira afirmou que criou grupo de trabalho para acompanhar possível acirramento do conflito e suas consequências
Publicidade
Publicidade