Publicidade

Vacina contra a dengue no SUS: quem pode e quem não pode tomar, eficácia efeitos colaterais

Imunizante deverá começar a ser aplicado a partir de fevereiro para grupos prioritários e regiões mais afetadas pela doença

Vacina contra a dengue no SUS: quem pode e quem não pode tomar, eficácia efeitos colaterais
vacina sendo aplicada
Publicidade

O Ministério da Saúde incorporou a vacina contra a dengue no Sistema Único de Saúde (SUS) e deve iniciar a vacinação a partir de fevereiro. O Brasil é o primeiro país do mundo a oferecer o imunizante no sistema público universal.

+ Leia mais notícias do SBT News

Segundo a pasta, a vacina, conhecida como Qdenga, não será utilizada em larga escala em um primeiro momento, já que o laboratório fabricante, Takeda, afirmou que tem uma capacidade restrita de fornecimento de doses. Por isso, a vacinação será focada em público prioritários, como idosos, e em regiões com maior incidência. Por uma restrição da capacidade de produção do fabricante, só será possível oferecer 6,2 milhões de doses em 2024, para 3,1 milhões de pessoas.

Qual é a característica da vacina?

A vacina Qdenga é uma vacina tetravalente contra a dengue e consiste em uma cepa 2 do vírus da dengue atenuado caracterizada molecularmente e 3 cepas recombinantes de vírus da dengue 2 atenuado que expressam antígenos de superfície correspondentes aos sorotipos 1, 3 e 4 da dengue. Ela induz uma resposta semelhante àquela produzida pela infecção natural, mas sem causar a doença.

Quando começa a vacinação?

O cronograma de entrega proposto pela fabricante para as doses da vacina é de 460 mil doses em fevereiro, 470 mil em março, 1.650 milhão em maio e agosto, 431 mil em setembro e 421 mil em novembro.

A vacina é segura?

Segundo a Anvisa, a segurança e a eficácia da vacina foram comprovadas por meio de dados técnicos e científicos. Na avaliação clínica da vacina foi demonstrada uma eficácia geral de Qdenga de 80,2% contra a dengue causada por qualquer sorotipo em 12 meses após administração da vacina.

Quantas doses devem ser tomadas?

O ciclo completo de imunização é atingido com as duas doses com intervalo de 3 meses.

Quem pode tomar a vacina?

Ela é indicada para a prevenção da dengue para pessoas dos 4 aos 60 anos de idade. Mesmo quem nunca teve a doença pode tomar.

Quem não pode tomar?

  • Quem apresentou hipersensibilidade a qualquer componente da formulação ou após dose anterior de QDenga.
  • Pessoas com imunodeficiências primárias ou adquirida.
  • Pessoas que vivem com o vírus HIV, sintomáticas ou assintomáticas.
  • Gestantes.
  • Mulheres que estão amamentando.

Quais são os efeitos colaterais?

Segundo a bula da vacina, os efeitos colaterais são dor no local da injeção, dor de cabeça, dor muscular, vermelhidão no local da injeção, mal-estar geral, fraqueza, infecções do nariz ou garganta, febre, diminuição do apetite, irritabilidade e sonolência. Outras reações comuns: inchaço no local da injeção, dor ou inflamação do nariz ou garganta, hematoma no local da injeção, coceira no local da injeção, inflamação da garganta e amígdalas, dor nas articulações e doença gripal.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Dengue
Vacina
Saúde

Últimas notícias

Cientistas da Nasa encontram planeta parecido com a Terra

Cientistas da Nasa encontram planeta parecido com a Terra

Não se sabe se ele tem atmosfera. Se não tiver, o planeta tem temperatura superficial estimada em 42º C
Jovem sofre ataque com ácido; câmeras flagram pedido de ajuda

Jovem sofre ataque com ácido; câmeras flagram pedido de ajuda

Isabelly Ferreira Moro, de 23 anos, foi atingida no rosto e no tórax e está internada em estado grave; ex-namorado é suspeito
PMB anuncia apoio a pré-candidatura de Boulos à Prefeitura de SP; aliança chega a 7 partidos

PMB anuncia apoio a pré-candidatura de Boulos à Prefeitura de SP; aliança chega a 7 partidos

Essa é a primeira sigla que não é de esquerda a apoiar o deputado federal do PSOL na corrida pelo comando da capital paulista
Tony Ramos inicia reabilitação com fisioterapia após cirurgias no cérebro

Tony Ramos inicia reabilitação com fisioterapia após cirurgias no cérebro

Ator, de 75 anos, recebeu alta do CTI na última quarta-feira
Lula diz que reconhecimento da Palestina por países europeus é histórico

Lula diz que reconhecimento da Palestina por países europeus é histórico

Espanha, Noruega e Irlanda anunciaram, na quarta-feira (22), o reconhecimento do Estado Palestino
Carlo Acutis: quem é jovem que deve virar santo da Igreja Católica

Carlo Acutis: quem é jovem que deve virar santo da Igreja Católica

Beato morreu aos 15 anos, em 2006, por complicações de uma leucemia
Comissão do Senado para acompanhar enfrentamento da calamidade no RS faz diligência no estado

Comissão do Senado para acompanhar enfrentamento da calamidade no RS faz diligência no estado

Senadores devem visitar alojados em abrigo e se encontrar com o governador Eduardo Leite (PSDB)
Caso Anic Herdy: cães farejadores são usados em buscas por advogada desaparecida

Caso Anic Herdy: cães farejadores são usados em buscas por advogada desaparecida

Polícia Civil foi até um sítio localizado na Baixada Fluminense na manhã desta quinta-feira (23), mas a vítima não foi localizada
Receita Federal cria ferramenta de proteção do CPF; saiba como usar

Receita Federal cria ferramenta de proteção do CPF; saiba como usar

Recurso impede que o CPF da pessoa seja incluído de forma indevida em quadro societário de empresas
Reoneração gradual da folha de pagamento pode ser votada na primeira semana de junho, diz Efraim

Reoneração gradual da folha de pagamento pode ser votada na primeira semana de junho, diz Efraim

Senador Jaques Wagner deve incluir acordo referente aos municípios no mesmo Projeto de Lei
Publicidade
Publicidade