Publicidade

PF faz operação contra financiadores 1 ano depois do 8 de janeiro

Alvos são investigados por crimes de abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado e destruição de bem protegido

PF faz operação contra financiadores 1 ano depois do 8 de janeiro
Publicidade

A Polícia Federal cumpre, nesta segunda-feira (8), 47 mandados judiciais contra suspeitos de financiar e fomentar os atos golpistas do 8 de janeiro de 2023. Na data, apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) invadiram e depredaram a sede dos Três Poderes, em Brasília, em resposta ao resultado das eleições presidenciais de 2022.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Ao todo, são cumpridos 46 mandados de busca e apreensão e um de prisão preventiva em 11 estados (Rio Grande do Sul, Bahia, Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais, Maranhão, Paraná, Rondônia, São Paulo, Tocantins, Santa Catarina) e no Distrito Federal. Também foi determinada a indisponibilidade de bens, ativos e valores dos investigados.

“Os fatos investigados constituem, em tese, os crimes de abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado, associação criminosa, incitação ao crime, destruição e deterioração ou inutilização de bem especialmente protegido”, disse a Polícia Federal.

+ Brasília e outras 11 capitais terão atos para marcar primeiro ano dos ataques golpistas de 8/1

A nova fase da Operação Lesa Pátria acontece no dia em que os atos golpistas completam um ano. Segundo a Polícia Federal, os danos causados ao patrimônio público podem chegar à cifra de R$ 40 milhões. Entre as ações de recuperação já realizadas estão a troca de carpetes, cortinas e vidros, além da restauração de obras de arte. Mais de mil objetos, por outro lado, foram furtados ou destruídos completamente.

A partir das 14h, o SBT News exibirá uma cobertura especial sobre o evento.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Brasil
Polícia Federal
8 de janeiro

Últimas notícias

Compras internacionais: Câmara aprova taxação de 20% em valores até US$ 50

Compras internacionais: Câmara aprova taxação de 20% em valores até US$ 50

Proposta estabelece imposto para compra em sites internacionais, como Shein, AliExpress e Shopee
JBS deverá indenizar família de funcionário morto após sair do trabalho, decide TST

JBS deverá indenizar família de funcionário morto após sair do trabalho, decide TST

Para a corte, a empresa negligenciou condições adequadas de transporte a trabalhador assassinado enquanto pedalava para casa de madrugada
VÍDEO: clientes têm celulares roubados durante arrastão em restaurante de Pinheiros (SP)

VÍDEO: clientes têm celulares roubados durante arrastão em restaurante de Pinheiros (SP)

Imagens da câmera de segurança registraram o momento em que um criminoso, armado, abordou um funcionário na rua e entrou com ele no estabelecimento
VÍDEO: Tornados deixam 25 mortos em dois dias nos EUA

VÍDEO: Tornados deixam 25 mortos em dois dias nos EUA

Americanos registraram chegada dos ventos e estragos deixados nas cidades. Novas tempestades devem ocorrer na noite desta terça (28)
Frente Nacional de Prefeitos se mobiliza para a compra de medicamentos no RS

Frente Nacional de Prefeitos se mobiliza para a compra de medicamentos no RS

Secretário da Frente Nacional dos Prefeitos fala ao programa Perspectivas do SBT News
Novo ataque de Israel a acampamento de refugiados em Rafah deixa ao menos 21 mortos

Novo ataque de Israel a acampamento de refugiados em Rafah deixa ao menos 21 mortos

Ataque aconteceu enquanto manifestantes, em várias partes do mundo, ainda protestavam contra as 45 mortes provocadas por bombardeio no domingo
Covid-19 já matou mais que a dengue no Brasil em 2024

Covid-19 já matou mais que a dengue no Brasil em 2024

Principais vítimas da covid-19, segundo o Ministério da Saúde, são pessoas que não se vacinaram ou que não completaram o ciclo de imunização
Voluntários alertam para diminuição de ajuda humanitária no RS: "Precisamos de mais braços, estamos exaustos"

Voluntários alertam para diminuição de ajuda humanitária no RS: "Precisamos de mais braços, estamos exaustos"

Quase 50 mil gaúchos permanecem em abrigos no estado; em Porto Alegre, a maior parte dos abrigos são mantidos com doações e o trabalho de voluntários
Congresso derruba veto de Lula a trecho do projeto das "saidinhas" de presos

Congresso derruba veto de Lula a trecho do projeto das "saidinhas" de presos

Condenados que cumprem pena em regime semiaberto não podem mais obter autorização para saída temporária do estabelecimento nos casos de visita à família
Especialista celebra dados positivos de alfabetização, mas diz que “Brasil está muito atrás” de países desenvolvidos

Especialista celebra dados positivos de alfabetização, mas diz que “Brasil está muito atrás” de países desenvolvidos

Professor da UnB lembra que o país segue abaixo da meta de 80% estabelecida pelo Ministério da Educação
Publicidade
Publicidade