Publicidade

Gaúchos são obrigados a ir trabalhar em áreas inundadas, diz Ministério Público

Além de ter perdido móveis, bens e casas e vivendo em abrigos, eles precisam se preocupar com uma espécie de “negociação” com os patrões

Gaúchos são obrigados a ir trabalhar em áreas inundadas, diz Ministério Público
Corredor humanitário no Centro Histórico de Porto Alegre | Alex Rocha/PMPA
Publicidade

Em meio à tragédia que assola o Rio Grande do Sul, o Ministério Público do Trabalho (MPT) recebeu denúncias de irregularidades trabalhistas.

São pelo menos 60 denúncias, desde o início do mês, envolvendo empresas que obrigam os funcionários a comparecer ao emprego em áreas inundadas, ou permanecendo nesses locais, alojados nos próprios estabelecimentos.

As denúncias no MPT representam quase 30% do total recebidas no mês de maio. Na região metropolitana de Porto Alegre, o montante chega a 80%.

Os moradores afirmam que, além de ter perdido móveis, bens e casas, estando desalojadas em abrigos, precisam se preocupar com uma espécie de “negociação” com os patrões para não comparecerem aos locais de trabalho.

Muitos estão impossibilitados de ir ao trabalho por estarem em áreas inundadas ou por ter que fazer grandes desvios e deslocamentos, tornando a situação inviável. O MPT afirmou que está atento às denúncias que chegam diariamente.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Brasil
trabalho
Denúncia
Rio Grande do Sul
Porto Alegre

Últimas notícias

Frente Nacional de Prefeitos se mobiliza para a compra de medicamentos no RS

Frente Nacional de Prefeitos se mobiliza para a compra de medicamentos no RS

Secretário da Frente Nacional dos Prefeitos fala ao programa Perspectivas do SBT News
Arara-azul: esforço coletivo é feito para recuperar habitat natural da ave

Arara-azul: esforço coletivo é feito para recuperar habitat natural da ave

Estrela dos filmes "Rio", ave brasileira habita clima árido e de altas temperaturas
Novo ataque de Israel a acampamento de refugiados em Rafah deixa ao menos 21 mortos

Novo ataque de Israel a acampamento de refugiados em Rafah deixa ao menos 21 mortos

Ataque aconteceu enquanto manifestantes, em várias partes do mundo, ainda protestavam contra as 45 mortes provocadas por bombardeio no domingo
Covid-19 já matou mais que a dengue no Brasil em 2024

Covid-19 já matou mais que a dengue no Brasil em 2024

Principais vítimas da covid-19, segundo o Ministério da Saúde, são pessoas que não se vacinaram ou que não completaram o ciclo de imunização
Voluntários alertam para diminuição de ajuda humanitária no RS: "Precisamos de mais braços, estamos exaustos"

Voluntários alertam para diminuição de ajuda humanitária no RS: "Precisamos de mais braços, estamos exaustos"

Quase 50 mil gaúchos permanecem em abrigos no estado; em Porto Alegre, a maior parte dos abrigos são mantidos com doações e o trabalho de voluntários
Congresso derruba veto de Lula a trecho do projeto das "saidinhas" de presos

Congresso derruba veto de Lula a trecho do projeto das "saidinhas" de presos

Condenados que cumprem pena em regime semiaberto não podem mais obter autorização para saída temporária do estabelecimento nos casos de visita à família
Especialista celebra dados positivos de alfabetização, mas diz que “Brasil está muito atrás” de países desenvolvidos

Especialista celebra dados positivos de alfabetização, mas diz que “Brasil está muito atrás” de países desenvolvidos

Professor da UnB lembra que o país segue abaixo da meta de 80% estabelecida pelo Ministério da Educação
Operadoras se comprometem a retomar planos de saúde cancelados, após reunião com Lira

Operadoras se comprometem a retomar planos de saúde cancelados, após reunião com Lira

Presidente da Câmara disse que decisão foi confirmada pelas empresas Amil e Unimed
Redução do IDH no Brasil: Pnud se preocupa com “custo da inação” em meio às crises

Redução do IDH no Brasil: Pnud se preocupa com “custo da inação” em meio às crises

Catástrofes climáticas e crises sanitárias podem impactar no IDH do país; capacidade da governança de um estado é uma forma de gestão de crise, diz entidade
Dia mundial do hambúrguer: de lanche tímido importado a versão gourmet brasileiríssima

Dia mundial do hambúrguer: de lanche tímido importado a versão gourmet brasileiríssima

Data celebra alimento que, hoje, não é apenas um tipo de refeição, mas parte da identidade gastronômica brasileira
Publicidade
Publicidade