Publicidade

Procedimentos estéticos respondem por mais de 50% das queixas de serviços de saúde

Nos últimos 12 anos, foram registrados cerca de dez mil boletins de ocorrência e processos judiciais motivados pelo crime de exercício ilegal da profissão

Procedimentos estéticos respondem por mais de 50% das queixas de serviços de saúde
Publicidade

Quanto vale arriscar a própria vida em nome de procedimentos médicos invasivos, realizados por pessoas que não são profissionais da medicina? Muitas vezes, a busca pela beleza pode custar caro.

A representante comercial Érika Secco passou por uma lipoaspiração na papada, que foi realizada por uma dentista, em São Paulo. "Eu falei: eu vou rapidinho lá, dizem que a lipo dura de uma a duas horas. Mas foram dez horas de procedimento, comigo anestesiada. Então, eu tomei anestesia de dentista por dez horas”, conta ela, que só descobriu que o procedimento não saiu como esperado quando tirou o curativo e se deparou com várias cicatrizes no rosto.

“Foram dados 32 pontos, dez atrás de cada orelha e mais 12 no meio. Porém, no processo de cicatrização ela falou que ia formar uma feridinha e eu acreditei. Mas o ferimento não cicatrizava e começou a abrir. Fui parar no hospital, e me deram 30 dias de antibiótico para tomar”, revela.

A representante comercial conheceu a clínica nas redes sociais. As fotos dos resultados do procedimento a fizeram confiar na profissional. Além disso, o valor era atrativo. “O preço é muito irresistível, é muito barato, eu paguei 3500 reais. Em um cirurgião plástico, custaria 30 mil para tirar graminhas de gordura”, afirma ela, que decidiu procurar a Justiça e moveu contra a clínica uma ação de indenização - além de danos morais e físicos.

“A legislação é clara em relação à impossibilidade de que profissionais que não são médicos exerçam nenhum procedimento invasivo”, afirma o advogado Elton Fernandes.

Denúncias de erros em procedimentos estéticos aumentaram no Brasil

Denúncias sobre complicações decorrentes de erros em procedimentos estéticos têm aumentado no país nos últimos anos. O levantamento mais recente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (2022) mostra que das 10 categorias de serviços de saúde analisadas pelo órgão, a de estética e embelezamento responde por mais de 50% (54,5%) das queixas.

Segundo o Conselho Federal de Medicina (CFM), nos últimos 12 anos, foram registrados no país cerca de dez mil boletins de ocorrência e processos judiciais motivados pelo crime de exercício ilegal da profissão.

"Um médico faz seis anos de faculdade, cinco anos de residência médica, para que ele tenha o conhecimento, fazer o diagnóstico, fazer a terapêutica e tratar os efeitos adversos. Caso houvesse um evento adverso, o médico teria os aparatos necessários na sua clínica e teria conhecimento técnico para fazer o tratamento pré-hospitalar de primeiros socorros para não deixar aquele paciente perder a sua vida”, diz Rosylane Rocha, vice-presidente do CFM.

Foi o que não aconteceu no dia três de junho na clínica de Natalia Becker, em São Paulo, onde o empresário Henrique Chagas, de 27 anos, morreu após passar por um peeling de fenol. O procedimento foi feito pela própria influenciadora e dona do estabelecimento, que afirmou ter aprendido a técnica de aplicação do produto num curso online, ministrado pela farmacêutica Daniele Stuart.

"Se não há competência técnica e legal para a realização do procedimento, também não há competência técnica e legal para ministrar cursos. Está na lei que cursos voltados para os médicos precisam ser coordenados pelos médicos, então é mais uma prova de que está havendo exercício ilegal da medicina”, diz Rosylane Rocha, vice-presidente do CFM.

Rebeca Villa Real também passou por apuros ao realizar um procedimento no nariz. A operação foi feita por uma colega de profissão dela, que teria ido além do que está legalmente habilitada a fazer.

"Corri muitos riscos, como o de ter problemas na minha visão, porque a necrose foi subindo e já estava chegando perto do meu nervo ocular, tive que tomar remédio para vista, tive perda de função respiratória adequada, então não foi fácil, foi um período da minha vida bem difícil”, conta a dentista. "Não se pode fazer cortes, se pode remodelar o nariz, mas sem cortes, e quando foi feita essa incisão, acabou tendo todo esse problema”, complementa ela, que para se livrar da infecção e reconstruir o nariz, recorreu a médicos.

"Tem uma resolução muito bem elencada do que um cirurgião pode fazer dentro da estética, isso está muito bem discriminado na própria resolução do Conselho Federal de Odontologia. Rinoplastia, lifting facial, blefaroplastia. Isso não pode ser feito por cirurgiões dentistas”, afirma Alexandre Kataoka, conselheiro do Conselho de Medicina de São Paulo (Cremesp).

Para o cirurgião plástico, o Brasil vive uma epidemia de procedimentos estéticos. "É uma busca desenfreada pela beleza, pelo belo, por padrões de beleza que não existem. E a gente vê que as mídias sociais têm um fator muito importante nisso, que as pessoas têm padrões, e que não existe padrão de beleza, a gente deixa isso claro, cabe ao profissional fazer essa análise: se o paciente tem ou não a indicação daquele procedimento estético, isso é muito importante”, finaliza.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Cirurgia Plástica
peeling de fenol
Denúncia

Últimas notícias

Adultos entre 35 e 54 anos causam mais acidentes embriagados ao volante, diz pesquisa

Adultos entre 35 e 54 anos causam mais acidentes embriagados ao volante, diz pesquisa

Em seguida, aparecem as pessoas com 18 a 34 anos, representando 33% das colisões com uso de álcool ou entorpecentes
Brasil recebeu 3,6 milhões de turistas internacionais no primeiro semestre, diz ministério

Brasil recebeu 3,6 milhões de turistas internacionais no primeiro semestre, diz ministério

Número representa um crescimento de 9,7% em comparação com o registrado no mesmo período de 2023
Barreiras sanitárias são instaladas para evitar avanço da doença de Newcastle no RS

Barreiras sanitárias são instaladas para evitar avanço da doença de Newcastle no RS

Governo também decretou emergência zoossanitária no estado gaúcho por 90 dias
Brasília lidera ranking de capitais com melhor qualidade de vida

Brasília lidera ranking de capitais com melhor qualidade de vida

O que mais contou para o resultado foi o número de praças, parques e áreas verdes que existem na capital federal
Polícia Federal prende estrangeiro por tráfico internacional de drogas em aeroporto no RN

Polícia Federal prende estrangeiro por tráfico internacional de drogas em aeroporto no RN

Homem tcheco transportava cocaína em mala, que estaria levando para Paris
Após toque de recolher e ordem para atirar em manifestantes, Justiça acata protestos em Bangladesh

Após toque de recolher e ordem para atirar em manifestantes, Justiça acata protestos em Bangladesh

Com as manifestações, premiê Sheik Hasina precisou cancelar a viagem que faria ao Brasil na próxima semana. Entenda as reivindicações
Pagamentos do Auxílio Reconstrução para Rio Grande do Sul somam R$ 1,3 bilhão

Pagamentos do Auxílio Reconstrução para Rio Grande do Sul somam R$ 1,3 bilhão

Portal da Transparência do governo federal passou a disponibilizar a lista de beneficiários de maneira integrada para consulta
Menina de 12 anos mata a prima de 8 após discussão por um Iphone nos Estados Unidos

Menina de 12 anos mata a prima de 8 após discussão por um Iphone nos Estados Unidos

Promotor afirmou que pedirá ao juiz "uma sentença mais longa, seja por meio de prisão ou supervisão com condições determinadas pelo tribunal"
Mega-Sena: ninguém acerta Concurso 2751 e prêmio acumula em R$61 milhões

Mega-Sena: ninguém acerta Concurso 2751 e prêmio acumula em R$61 milhões

Cinco pessoas acertaram a quina e levaram R$ 60,4964,39 cada. Já a quadra, 4.978 apostas foram bem sucedidas
Silvio Santos tem alta de hospital em SP

Silvio Santos tem alta de hospital em SP

Apresentador passa bem e já está em casa
Publicidade
Publicidade