Publicidade

Datena tem a última chance de ser protagonista no PSDB, diz Perillo

Ao programa Perspectivas, presidente tucano reclamou do extremismo político no Brasil atualmente

Datena tem a última chance de ser protagonista no PSDB, diz Perillo
Marconi Perillo
Publicidade

Marconi Perillo, presidente do PSDB, é o convidado desta semana do programa Perspectivas. Em conversa com o jornalista Kenzô Machida, o ex-governador de Goiás falou sobre o apoio da legenda ao apresentador José Luiz Datena, pré-candidato à prefeitura de São Paulo nas eleições deste ano. Para Perillo, a indicação representa uma oportunidade tanto para o partido quanto para Datena de recuperar protagonismo na cidade.

"Ele [Datena], depois que se filiou, disse que gostaria de ser prefeito. Nós o convidamos e demos todo o nosso apoio para que ele lançasse a candidatura dele. Agora, durante a pré-candidatura, ele começa a preparar o plano de governo e se reunir com as pessoas da cidade para discutir o futuro de São Paulo", afirmou.

"Eu estive com ele na última sexta e ele me disse que quer ser candidato, quer devolver a São Paulo o que São Paulo deu a ele. Ele me disse: 'Olha, eu já estou com 67 anos e esta é a minha última chance de ter protagonismo, de ajudar minha cidade. Portanto, eu serei candidato'. Foi o que ele me disse. Eu tenho que acreditar na palavra dele, entende?", relatou Perillo.

Passado e futuro

Quando questionado sofre a efetividade de um discurso que foca muito no passado para uma geração que não viveu o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, Perillo defendeu o histórico do partido e criticou a política extremista que se vê no Brasil atualmente.

"O que eu percebo é que, com o advento das redes sociais, houve um aumento considerável do sectarismo, da polarização extremada e, principalmente, de ódio. O PSDB não prega ódio. Eu voto no Lula porque eu não gosto do Bolsonaro. Eu voto no Bolsonaro pelo voto nulo. Nós queremos que acabe no Brasil essa política do não, não ao Lula, não ao Bolsonaro", disse.

"O PSDB foi e é um partido de entregas. A gente fala muito do nosso passado, porque quem não tem passado não tem presente e muito menos futuro. Se nós somos capazes de fazer lá atrás, nós temos um time eficiente, competente, que é capaz de formular e de realizar. Por que não falar disso? O que a gente vê hoje é que tem muita gente na política que ganha por conta de discurso nas redes sociais, e discursos às vezes ensandecidos, enlouquecidos", avaliou.

A entrevista completa com Marconi Perillo pode ser conferida no site e canal do SBT News no YouTube.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

PSDB
Eleições
Política
Eleições municipais

Últimas notícias

Dez trabalhadores são regatados pela PF em situação análoga a escravidão no Mato Grosso do Sul

Dez trabalhadores são regatados pela PF em situação análoga a escravidão no Mato Grosso do Sul

Ação durou pouco mais de duas semanas em propriedades rurais na região do Pantanal
Deputada cassada por fazer harmonização com dinheiro público diz que provas foram forjadas

Deputada cassada por fazer harmonização com dinheiro público diz que provas foram forjadas

Silvia Waiãpi é acusada de utilizar recursos do Fundo Campanha para pagar o procedimento. Confira entrevista ao Poder Expresso
Governo define regras mais rígidas para distribuidoras de energia

Governo define regras mais rígidas para distribuidoras de energia

Segundo as novas normas, a satisfação do consumidor será um dos critérios de avaliação
Polícia do DF prende suspeitos de chefiar quadrilha que realizava falsos sequestros

Polícia do DF prende suspeitos de chefiar quadrilha que realizava falsos sequestros

Segundo as investigações, o grupo atuava em 15 estados
Vídeo: deputada é flagrada derramando água dentro da bolsa de colega nos EUA

Vídeo: deputada é flagrada derramando água dentro da bolsa de colega nos EUA

"Por cinco meses, passei por isso", desabafou parlamentar que teve a bolsa encharcada
Polícia Federal prende quadrilha suspeita de fraudes bancárias

Polícia Federal prende quadrilha suspeita de fraudes bancárias

Prisões foram em cinco diferentes cidades do estado de São Paulo
Dólar atinge R$ 5,46, maior valor em um ano e meio

Dólar atinge R$ 5,46, maior valor em um ano e meio

Alta acontece após críticas do presidente Lula à decisão do Copom de manter taxa de juros
Idosa de 105 anos recebe seu diploma de mestrado 83 anos após iniciar os estudos

Idosa de 105 anos recebe seu diploma de mestrado 83 anos após iniciar os estudos

Virginia precisou largar os estudos para casar com seu namorado da época, que foi chamado para servir na Segunda Guerra Mundial
Ronnie Lessa passa 1ª noite em presídio de SP, onde será monitorado dia e noite

Ronnie Lessa passa 1ª noite em presídio de SP, onde será monitorado dia e noite

Assassino confesso de Marielle Franco, em 2018, foi transferido de presídio federal em MS, como benefício da delação
Toffoli abre terceira via e STF adia decisão sobre descriminalização da maconha

Toffoli abre terceira via e STF adia decisão sobre descriminalização da maconha

Para o ministro, o porte da erva para consumo próprio já não tem natureza criminal. Julgamento continua na próxima terça (26)
Publicidade
Publicidade