Publicidade

Troca de comando na PGR viabilizou operações da Polícia Federal

Os investigadores esperaram a escolha de Lula no comando do MPF para disparar buscas e apreensões.

Troca de comando na PGR viabilizou operações da Polícia Federal
Publicidade

Desde o final do ano passado, a Polícia Federal já contava com elementos suficientes para desencadear uma operação com foco na cúpula dos responsáveis pela tentativa de golpe de Estado. Mas as ações andaram a passos lentos por conta de uma indefinição. Quem iria assumir o comando da Procuradoria Geral da República, responsável por oferecer denúncia e se manifestar dentro das investigações?

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) bateu o martelo. Entrou Paulo Gonet, saiu Augusto Aras. De acordo com fontes a par das investigações, a escolha por Gonet foi vista como essencial pelos investigadores. Eles entenderam que, pelo seu histórico de atuação, o novo PGR daria continuidade às apurações.

+ A minuta, o QG do Golpe no PL e as reuniões no Planalto: como a PF chegou a Bolsonaro

No dia 15 de dezembro de 2023 o Diário Oficial da União trouxe a oficialização do nome de Gonet. Ele tomou posse dia 18 de dezembro do ano passado. No discurso de posse, Gonet deu sinais de que iria se familiarizar com as ações do MPF e assim foi feito.

Com o chefe do Ministério Público por dentro dos casos, os investigadores intensificaram as operações contra os golpistas, como a que ocorreu nesta quinta-feira envolvendo o núcleo duro do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

Dentro do Judiciário as peças de xadrez movimentadas por atores políticos também foram decisivas para dar respaldo às operações da PF. A declaração do comandante do Exército, general Tomás Paiva, que afirmou a interlocutores que puniria oficiais que comemorarem o aniversário do golpe militar de 1964 em 31 de março, caiu como uma luva para a tomada de decisões do ministro Alexandre de Moraes.

A postura do comandante do Exército não teve orientação direta do ministro da Defesa, José Múcio Monteiro, mas foi tomada depois que a pasta manteve silêncio diante do aniversário do golpe de 1964.

A partir daí, Moraes sentiu-se mais forte para autorizar a entrada com tudo das forças policias que agora estão em busca dos mentores intelectuais da tentativa de golpe de Estado em janeiro de 2023.

+ Braga Netto chamou comandante do Exército de “cagão” por não aderir ao golpe

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

MPF
Polícia Federal
Bolsonaro

Últimas notícias

EUA apontam para possível ataque do Irã em Israel nas próximas 48h, diz jornal

EUA apontam para possível ataque do Irã em Israel nas próximas 48h, diz jornal

Inteligência norte-americana prevê bombardeio com mísseis e drones em prédios militares e governamentais
Lei das Saidinhas: entenda como veto de Lula pode criar novo desgaste com o Congresso

Lei das Saidinhas: entenda como veto de Lula pode criar novo desgaste com o Congresso

Presidente seguiu conselho de Lewandowski e barrou trecho que impedia visitas de detentos às famílias em feriados e datas comemorativas
SP: Suspeitos de envolvimento na morte de fisiculturista são presos

SP: Suspeitos de envolvimento na morte de fisiculturista são presos

Investigação aponta que crime foi motivado por dívida; mentor devia dinheiro à vítima e convenceu comparsa a participar do delito
Biden anuncia perdão de US$ 7,4 bilhões em dívidas estudantis

Biden anuncia perdão de US$ 7,4 bilhões em dívidas estudantis

Nova rodada eleva alívio total dos débitos para US$ 153 bilhões; iniciativa faz parte de promessa eleitoral
MC Ryan SP fala sobre Ferrari apreendida após abordagem da polícia

MC Ryan SP fala sobre Ferrari apreendida após abordagem da polícia

Carro de luxo originalmente preto está “envelopado” na cor vermelha; ação não é permitida sem regularização junto ao Detran
Aproximação de frente fria traz temporais e ondas de até 3 metros no Sul do Brasil

Aproximação de frente fria traz temporais e ondas de até 3 metros no Sul do Brasil

Condição será de tempo mais instável e úmido, o que vai manter a sensação de frio em algumas áreas
FALSO: Post usa dados falsos sobre PIB e inflação e inventa fala de Haddad sobre impossibilidade de pagar funcionalismo

FALSO: Post usa dados falsos sobre PIB e inflação e inventa fala de Haddad sobre impossibilidade de pagar funcionalismo

Confira a verificação realizada pelos jornalistas integrantes do Projeto Comprova
Homem que matou morador de rua por dívida de R$ 50 é condenado a 27 anos de prisão

Homem que matou morador de rua por dívida de R$ 50 é condenado a 27 anos de prisão

Réu já havia sido condenado em três processos anteriores por roubos e lesão corporal
Defesa de Chiquinho Brazão pedirá oitiva de Ronnie Lessa em Conselho de Ética

Defesa de Chiquinho Brazão pedirá oitiva de Ronnie Lessa em Conselho de Ética

Ex-PM é réu pelos assassinatos da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes e afirmou, em delação, que parlamentar é um dos mandantes do crime
Brasil Agora: o que muda para os presos com Lei das Saidinhas sancionada por Lula

Brasil Agora: o que muda para os presos com Lei das Saidinhas sancionada por Lula

Confira essas e outras notícias que serão destaque nesta sexta-feira (12)
Publicidade
Publicidade