Publicidade

Após debandada, PSDB de SP tenta se recuperar com retorno de Mario Covas Neto

Ex-vereador perdeu o posto no legislativo da cidade de São Paulo nas eleições de 2020

Após debandada, PSDB de SP tenta se recuperar com retorno de Mario Covas Neto
Paulo Serra (ao centro), prefeito de Santo André e presidente do diretório estadual do PSDB, discursa em evento de filiação de Mario Covas Neto | SBT News
Publicidade

Dias depois do apresentador José Luiz Datena ter anunciado, na última quarta-feira (15), que pretende ser o candidato do PSDB na disputa pela prefeitura de São Paulo, a sigla comemorou, nesta sexta (17), o retorno de um nome conhecido para o ninho tucano: Mario Covas Neto.

Filho do ex-governador de São Paulo, que morreu de câncer em 2001, Mario Covas Neto amargou derrota nas eleições de 2020 ao tentar se manter como vereador da capital paulista pelo terceiro mandato.

O político disse ao SBT News que não pretende ser candidato a nenhum cargo nas eleições municipais de outubro. Mas tucanos falaram em "Datena e Zuzinha", em alusão a uma possível chapa para a prefeitura da capital formada pelo apresentador José Luiz Datena e por Covas Neto, que tem esse apelido.

Presidente nacional do partido e ex-governador de Goiás, Marconi Perillo assegurou que Covas Neto terá "todo o impulso do diretório nacional" nos projetos tucanos para retomar a relevância em São Paulo. Depois de perder o governo estadual -- onde esteve por 28 anos -- para Tarcísio de Freitas (Republicanos), o PSDB paulistano viu centenas de prefeitos migrarem para o PSD de Gilberto Kassab e perdeu todos os seus vereadores na capital.

Segundo o dirigente, o retorno de Covas é fundamental para a "virada [tucana]" no estado. Apesar de não haver nenhuma oficialização de chapa, uma fonte no partido afirmou que a agenda de Perillo em São Paulo tinha como objetivo, além do evento de filiação, uma reunião para tratar das candidaturas na cidade.

Agora celebrado como uma das ferramentas de reposicionamento do PSDB, Covas Neto deixou o partido, em 2018, após conflitos com o ex-governador João Doria, então prefeito de São Paulo. Durante sua passagem pela política, Doria acumulou desafetos e foi acusado de tentar controlar a legenda.

Covas Neto afirmou que a sigla "perdeu suas referências" no estado com as saídas de Geraldo Alckmin (agora vice-presidente da República, no PSB) e a morte de Bruno Covas. "Isso criou brigas internas e, infelizmente, minou a democracia interna do partido", avaliou.

Para ele, as perdas da prefeitura de São Paulo e do governo estadual permitem que, agora, os tucanos "se reciclem". Entre os líderes da legenda, não há constrangimento em admitir o encolhimento. A estratégia agora é de reconstrução.

As idas e vindas de Datena

O apresentador José Luiz Datena disse ao SBT News, na última quarta-feira (15). que irá "até o fim" em sua candidatura para prefeito de São Paulo pelo PSDB. O ex-senador José Aníbal, que comanda o diretório tucano na capital, também confirmou a intenção de seguir em frente na empreitada.

Datena afirmou que a decisão final caberá à sigla. Vale lembrar que as candidaturas às eleições municipais deste ano devem ser registradas até 15 de agosto na Justiça Eleitoral.

O apresentador, no entanto, ensaiou entrar na política outras quatro vezes, mas sempre retrocedeu e seguiu na televisão.

Em 2016, ele teve uma pré-candidatura à prefeitura de São Paulo lançada pelo PP, mas desistiu sob a alegação de que o partido foi implicado em denúncias de corrupção pela Operação Lava Jato. Dois anos depois, não seguiu em frente com a uma candidatura a senador pelo extinto Democratas.

Em 2020, afirmou que seria candidato a vice-prefeito de São Paulo na vitoriosa chapa de Bruno Covas (PSDB), morto em 2021, mas abriu mão a pedido da Bandeirantes. Nas últimas eleições, em 2022, era pré-candidato ao Senado no estado, pelo PSC. Indefinições quanto à composição da chapa estadual minaram a empreitada.

A aliança com Tabata Amaral

Em dezembro de 2023, Datena se filiou ao PSB e foi novamente apontado como pré-candidato a vice-prefeito de São Paulo, na chapa da deputada federal Tabata Amaral, de quem se tornou colega de legenda.

Em abril deste ano, trocou a sigla pelo PSDB, o que poderia levar os tucanos ao palanque de Tabata. O movimento de lançar Datena a prefeito, contudo, indica que esses dois grupos devem ser adversários nas urnas.

José Aníbal disse ao SBT News que o principal objetivo do PSDB no pleito é "fortalecer o centro democrático" e admira Tabata, que pertence a este campo, mas a variável da força eleitoral de Datena alterou os movimentos da sigla. Procurada, a assessoria da parlamentar não comentou o assunto.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Eleições municipais
São Paulo
PSDB

Últimas notícias

PF faz operação contra grupo criminoso do MT que traficava cocaína para Sudeste e Sul

PF faz operação contra grupo criminoso do MT que traficava cocaína para Sudeste e Sul

Investigação começou com prisão em flagrante em setembro de 2023; dois mandados de prisão estão sendo cumpridos nesta segunda (17)
Atropelamento e furto de cabos: linhas da CPTM têm confusão e superlotação nesta segunda

Atropelamento e furto de cabos: linhas da CPTM têm confusão e superlotação nesta segunda

Trens das linhas 12-Safira e 13-Jade circulam em via única no sentido Brás, no trecho entre Engenheiro Goulart e Tatuapé
Astronauta da Nasa compartilha foto noturna de São Paulo registrada do espaço

Astronauta da Nasa compartilha foto noturna de São Paulo registrada do espaço

A imagem foi tirada em 2003, direto da Estação Especial Internacional, quando o astronauta estava na primeira de três viagens com a agência
VÍDEO: Joalheria é invadida por 20 ladrões na Califórnia, nos Estados Unidos

VÍDEO: Joalheria é invadida por 20 ladrões na Califórnia, nos Estados Unidos

Tamanho do prejuízo ainda não foi estimado e invasão foi registrada por câmeras de segurança da loja
Congresso busca alternativas para compensar desoneração da folha de pagamentos

Congresso busca alternativas para compensar desoneração da folha de pagamentos

Quadro "Nos Corredores do Congresso", com a jornalista Iasmin Costa, mostra bastidores da negociação no Brasil Agora desta segunda (17)
Incêndio destrói galpões de empresas na região metropolitana de Salvador

Incêndio destrói galpões de empresas na região metropolitana de Salvador

Chamas foram registradas em Simões Filho; locais armazenavam estofados, argamassa e alimentos
Revisão de gastos: Lula faz reunião com ministros de orçamento e área econômica nesta segunda (17)

Revisão de gastos: Lula faz reunião com ministros de orçamento e área econômica nesta segunda (17)

Após semana difícil, governo federal quer saída para firmar promessa de déficit zero em 2024
Bandidos invadem transportadora e fazem 9 funcionários reféns no ABC Paulista

Bandidos invadem transportadora e fazem 9 funcionários reféns no ABC Paulista

Local abriga veículos de luxo, em São Bernardo do Campo; vítimas foram amarradas e amordaçadas
Homem morre esfaqueado após defender casal gay dentro de ônibus

Homem morre esfaqueado após defender casal gay dentro de ônibus

Crime aconteceu em Curitiba; dois suspeitos foram presos
Caminhão é atingido por 17 tiros em tentativa de roubo no Rio de Janeiro

Caminhão é atingido por 17 tiros em tentativa de roubo no Rio de Janeiro

Veículo transportava carga avaliada em R$ 64 mil; motorista escapou dos disparos
Publicidade
Publicidade