Publicidade

Congressistas lançam Frente Parlamentar em prol dos Jogos Eletrônicos

Grupo é formado por mais de 200 deputados federais e cerca de 20 senadores, e tem objetivo de propor estratégias e ações para apoiar o desenvolvimento do setor no país

Congressistas lançam Frente Parlamentar em prol dos Jogos Eletrônicos
Deputado Coronel Chrisóstomo com cosplayers de Jack Sparrow, Doutor Estranho e outros, no evento de lançamento da frente parlamentar (Guilherme Resck/SBT News)
Publicidade

Foi realizado na noite desta terça-feira (20), no Millennium Convention Center, em Brasília, o evento de lançamento da Frente Parlamentar em prol dos Jogos Eletrônicos e Games.

O grupo é formado por mais de 200 deputados federais e cerca de 20 senadores. Ele é destinado a promover o aprimoramento da legislação federal sobre o setor e propor estratégias e ações para apoiar e contribuir com o seu desenvolvimento, em especial como modalidade de eSports (esportes eletrônicos).

+ Senado aprova projeto que acaba com "saidinha" de presos em feriados

Entre os presentes no evento de lançamento, estiveram o presidente da frente, Coronel Chrisóstomo (PL-RO), o vice-presidente Mário Frias (PL-SP) – ex-secretário especial da Cultura do Brasil –, o deputado federal Abilio Brunini (PL-MT) e o presidente da Confederação Brasileira de Games e Esports (CBGE), Paulo Ribas.

"Nós estamos com o olhar em cima das 120 milhões de pessoas que praticam os esportes eletrônicos e games [no Brasil]", disse Chrisóstomo ao SBT News, quando questionado sobre qual a importância do lançamento da frente.

"Que a nossa indústria receba benefícios para que a gente possa adquirir equipamentos mais baratos, com impostos menores. Que a frente possa ajudar a indústria a se modernizar para produzir jogos, porque quase todos os jogos que temos no país compramos dos mercados externos".

Ainda de acordo com ele, a frente pode auxiliar na profissionalização de pessoas para atuarem no setor de games e eSports. O mercado, ressaltou, tem milhares de vagas de empregos, mas o país não possui profissionais para preenchê-las. A ideia é que a frente profisisonalize jovens pelo Brasil, em especial os das periferias, por meio dos estados e municípios.

+ Novo Ensino Médio é incluído na lista de prioridades do governo em 2024

"Eu sempre fui um entusiasta da questão dos games porque eu enxergo o que o game em geral significa principalmente para os adolescentes, para os jovens", pontuou Mário Frias ao SBT News.

Segundo ele, os games geram oportunidade de trabalho e fazem parte da cultura no país.

Na visão do deputado também, "falta uma legislação específica que coloque os games no lugar que ele merece". Com a frente, os parlamentares querem avançar na criação dessas regras.

O presidente da CBGE, que estava com um estande no evento, diz que a entidade vê com "muito bons olhos" o lançamento da frente parlamentar, porque reforça no Congresso os trabalhos pela regulamentação dos eSports e o reconhecimentos destes como um esporte tradicional. Ele argumenta ainda que "uma frente parlamentar sempre traz discussões com toda a comunidade".

Paulo Ribas ressalta que o Brasil é o quinto maior mercado de games do mundo, conforme a empresa global especializada NewZoo.

"É um comunidade muito grande tanto em número de jogadores quanto na economia, o que movimenta na economia", afirma.

Marco legal

O lançamento da frente ocorreu no mesmo dia em que o Projeto de Lei que cria o marco legal para a indústria de jogos eletrônicos e para os jogos de fantasia, já aprovado na Câmara, foi retirado de pauta na Comissão de Educação e Cultura (CE) do Senado. A votação do texto no colegiado deverá ocorrer na próxima semana.

A proposta inclui os games nas mesmas regras de tributação dos equipamentos de informática. Dessa forma, os investimentos em desenvolvimento ou produção de jogos passam a ser considerados como aplicação em pesquisa, desenvolvimento e inovação (PDI), podendo contar com incentivos previstos na Lei de Informática. Esta concede crédito financeiro sobre os gastos em PDI para dedução de tributos federais.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Política
Congresso Nacional
Tecnologia
Games
Economia

Últimas notícias

Passageiros passam horas presos em avião sem refrigeração na Grécia; veja vídeo

Passageiros passam horas presos em avião sem refrigeração na Grécia; veja vídeo

Temperatura na aeronave da Qatar Airways ultrapassou os 40º C
Jovem é morto após marcar encontro por aplicativo de relacionamento gay em SP

Jovem é morto após marcar encontro por aplicativo de relacionamento gay em SP

Leonardo Rodrigues Nunes, de 24 anos, chegou a ser socorrido ao pronto-socorro, porém não resistiu aos ferimentos
Temporais provocam inundações e ameaçam prédios no Chile

Temporais provocam inundações e ameaçam prédios no Chile

Erosão causada pela chuva coloca em risco um complexo de edifícios de luxo em Viña del Mar
Por falta de segurança, nem todos caminhões de ajuda humanitária são recebidos em Gaza

Por falta de segurança, nem todos caminhões de ajuda humanitária são recebidos em Gaza

Bombardeios israelenses no extremo sul, em Rafah fazem ser inviável a passagem dos caminhões
Mercado Público de Porto Alegre volta a funcionar parcialmente após 41 dias fechado por inundação

Mercado Público de Porto Alegre volta a funcionar parcialmente após 41 dias fechado por inundação

Os restaurantes do segundo piso e as lojas com acesso direto para a rua voltam a operar das 10h às 15h, nesta sexta (14) e sábado (15)
VaideBet e Corinthians: polícia tenta localizar testemunha chave do caso

VaideBet e Corinthians: polícia tenta localizar testemunha chave do caso

Segundo a polícia, Adriana Ramuno, de 53 anos, esteve na casa da mulher, usada como laranja no repasse de comissão da VaideBet, antes do caso ir à imprensa
Ministério Público do RS prende 26 em operação contra grupo criminoso que atuava na serra gaúcha

Ministério Público do RS prende 26 em operação contra grupo criminoso que atuava na serra gaúcha

Segundo o MP-RS, o grupo é um dos mais ativos e violentos na serra gaúcha
STF forma maioria para tornar Janones réu por ofensas contra Jair Bolsonaro

STF forma maioria para tornar Janones réu por ofensas contra Jair Bolsonaro

Nas redes sociais, o deputado chamou o presidente de “assassino”, “miliciano” e “ladrãozinho de joias”
Thiago Brennand é condenado a indenizar advogada por danos morais

Thiago Brennand é condenado a indenizar advogada por danos morais

Gabriela Manssur entrou com uma ação por calúnia contra o empresário depois que ele ser referiu a ela como "bandida", "maloqueira" e "canalha" nas redes sociais
Rio Grande do Sul recebe destinação recorde do Imposto de Renda

Rio Grande do Sul recebe destinação recorde do Imposto de Renda

Ao todo, foram R$ 101 milhões, quase três vezes mais do que o valor registrado em 2023
Publicidade
Publicidade