Publicidade

Polícia prende suspeito de participar de roubo a Roberto Kalil, médico de Lula

Crime ocorreu em 12 de dezembro, na região central da capital paulista

Polícia prende suspeito de participar de roubo a Roberto Kalil, médico de Lula
Publicidade

Policiais do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), da Polícia Civil de São Paulo, prenderam na terça-feira (2.jan) um homem, de 20 anos, acusado de participar do roubo ao cardiologista Roberto Kalil, médico do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O suspeito foi preso em Taboão da Serra, na região metropolitana de São Paulo.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

O crime ocorreu em 12 de dezembro, na Bela Vista, região central da capital paulista. Na ocasião, dois homens armados chegaram em duas motocicletas e abordaram a vítima no estacionamento de seu consultório. Os criminosos roubaram um relógio de luxo -- de ouro branco, da marca Patek Philippe --, uma aliança, um óculo de sol e um celular. Um comparsa chegou a ser preso pela polícia posteriormente naquele mesmo dia.

Ao deter o segundo suspeito ontem, os agentes do Deic cumpriram um mandado de prisão temporária. No local onde o homem estava, apreenderam ainda oito celulares; um deles tinha fotos do relógio roubado do médico, que é

O detido passou pelos trâmites de polícia judiciária e, depois, foi encaminhado ao cárcere. Ele ficará à disposição do Poder Judiciário. O material apreendido foi encaminhado para perícia.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Polícia
Polícia Civil
Crime
São Paulo
Prisão

Últimas notícias

Exército de Israel confirma morte de brasileiro sequestrado pelo Hamas; corpo foi encontrado em Gaza

Exército de Israel confirma morte de brasileiro sequestrado pelo Hamas; corpo foi encontrado em Gaza

Forças de Defesa de Israel afirmam que Michel Nisenbaum, de 59 anos, foi morto no ataque de 7 outubro de 2023
ENGANOSO: Janja não combinou cena com militar e cachorro para divulgar vídeo nas redes sociais

ENGANOSO: Janja não combinou cena com militar e cachorro para divulgar vídeo nas redes sociais

Confira a verificação realizada pelos jornalistas integrantes do Projeto Comprova
Brasil Agora: caos, novas inundações em Porto Alegre e alerta de mais chuvas no RS

Brasil Agora: caos, novas inundações em Porto Alegre e alerta de mais chuvas no RS

Programa do SBT News traz as primeiras notícias do dia nas primeiras horas da manhã
Incêndio atinge empresa de óleo para carros em Guarulhos (SP)

Incêndio atinge empresa de óleo para carros em Guarulhos (SP)

Foram deslocadas 18 viaturas dos Bombeiros; local fica próximo da rodovia Dutra e do aeroporto internacional
Com três dias de festa, ordem de desfile do carnaval 2025 do Rio é definida

Com três dias de festa, ordem de desfile do carnaval 2025 do Rio é definida

Próximo ano terá quatro escolas por noite na Sapucaí, de domingo a terça; promessa é de ingressos mais baratos
SBT News na TV: Chuva volta a provocar enchentes no RS; Lula diz que deve vetar taxação de importados

SBT News na TV: Chuva volta a provocar enchentes no RS; Lula diz que deve vetar taxação de importados

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta sexta-feira (24); assista!
Governo federal libera crédito de R$ 1,8 bi para recuperação do Rio Grande do Sul

Governo federal libera crédito de R$ 1,8 bi para recuperação do Rio Grande do Sul

Anúncio totalizou R$ 62,5 bilhões direcionados pela União ao enfrentamento da tragédia climática no estado
Dinheiro de acordos de leniência da Lava Jato deve ir para o RS, defende André Mendonça

Dinheiro de acordos de leniência da Lava Jato deve ir para o RS, defende André Mendonça

Ministro do STF fez a proposta nesta quinta-feira (23) em audiência de conciliação com entes públicos e empresas investigadas na operação
Campanha do SBT 'Juntos pelo Rio Grande do Sul' bate recorde em volume de doações

Campanha do SBT 'Juntos pelo Rio Grande do Sul' bate recorde em volume de doações

Materiais de limpeza e produtos de higiene estão entre as principais necessidades das vítimas das enchentes que assolam o estado
Presidente do Equador declara novo estado de emergência após aumento da violência

Presidente do Equador declara novo estado de emergência após aumento da violência

O decreto vale para sete das 24 províncias do país
Publicidade
Publicidade