Publicidade

Polícia prende quadrilha que roubava celulares em áreas nobres

Quatro mandados de prisão preventiva foram cumpridos

Polícia prende quadrilha que roubava celulares em áreas nobres
Viatura da Polícia Civil do Distrito Federal | Divulgação/PCDF
Publicidade

Policiais cumpriram quatro mandados de prisão preventiva e cinco de busca e apreensão nesta quinta-feira (16) contra um grupo que furtava celulares em áreas nobres do Distrito Federal. Três dos alvos (duas mulheres e um homem) são peruanos.

A ação foi realizada pela Polícia Civil da capital em parceria com as corporações de São Paulo e do Rio de Janeiro.

A quadrilha se especializou em furtos de aparelhos telefônicos em shoppings e supermercados. Segundo as investigações, 13 crimes aconteceram entre 27 e 28 de janeiro apenas no Distrito Federal.

Havia um modus operandi para levar os celulares dos cidadãos: uma das mulheres da gangue se aproximava da vítima e a distraía, enquanto os demais subtraíam, sorrateiramente, o celular da bolsa da vítima.

Depois, os criminosos deixavam o local da ação em um veículo e levavam os celulares até os comparsas. Caso sejam condenados, eles podem pegar até 16 anos de prisão em regime fechado.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

SBT Brasil
Quadrilha

Últimas notícias

Itamaraty lança edital para concurso de diplomata; são 50 vagas com salário inicial em R$ 21 mil

Itamaraty lança edital para concurso de diplomata; são 50 vagas com salário inicial em R$ 21 mil

Inscrições poderão ser feitas a partir de segunda (15) e vão até 26 de julho, via site da Cebraspe (banca selecionada para o exame)
Câmera de segurança registra momento em que diretora de curso é arrastada por carro no RJ

Câmera de segurança registra momento em que diretora de curso é arrastada por carro no RJ

A vítima, Raquel Schwab, bateu a cabeça no chão e chegou a desmaiar; veja o vídeo
Atribuir aumento de alíquota à carne é "conversa fiada", diz deputado que relatou reforma tributária

Atribuir aumento de alíquota à carne é "conversa fiada", diz deputado que relatou reforma tributária

Antes da aprovação do primeiro projeto de regulamentação, Haddad disse, na última terça (9), que isenção de carne poderia elevar alíquota em 0,53%
Nego Di e mulher são alvos de operação por suspeita de lavagem de R$ 2 mi em rifas virtuais

Nego Di e mulher são alvos de operação por suspeita de lavagem de R$ 2 mi em rifas virtuais

Defesa do influenciador confirmou a prisão disse que "inocência dos investigados será provada em momento oportuno"
Ladies Lounge: a história do museu exclusivo para mulheres que exibiu quadro falso de Picasso no banheiro

Ladies Lounge: a história do museu exclusivo para mulheres que exibiu quadro falso de Picasso no banheiro

O local, na Austrália, repercutiu mundialmente e enganou "especialistas em artes", em um grito de liberdade feminina
Brasil registrou aumento de 119% de áreas atingidas pelo fogo no primeiro semestre de 2024, diz MapBiomas

Brasil registrou aumento de 119% de áreas atingidas pelo fogo no primeiro semestre de 2024, diz MapBiomas

Ao todo, 4,48 milhões de hectares foram queimados entre janeiro e junho deste ano
Mulheres em cargos de liderança na OTAN: “temos que melhorar isso”, diz porta-voz americano

Mulheres em cargos de liderança na OTAN: “temos que melhorar isso”, diz porta-voz americano

Dos 32 países, apenas Estados Unidos, Noruega, Bélgica, Finlândia, França e Montenegro têm mulheres como representantes permanentes da organização
Avião russo cai perto de Moscou e mata três tripulantes

Avião russo cai perto de Moscou e mata três tripulantes

Aeronave estava sem passageiros porque havia acabado de passar por reparos
Ministério Público Federal pede extradição de Miguel Gutierrez, ex-CEO das Americanas

Ministério Público Federal pede extradição de Miguel Gutierrez, ex-CEO das Americanas

O ex-presidente-executivo chegou a ser preso na Espanha, onde tem cidadania, por um dia; Brasil pode pedir ao país europeu que ele seja julgado lá
Haddad atrela má avaliação da economia à desinformação: "temos um desafio de comunicação"

Haddad atrela má avaliação da economia à desinformação: "temos um desafio de comunicação"

Segundo o ministro da Fazenda, oposição "protofascista" atua nas redes sociais para "minar" as instituições e o estado brasileiro
Publicidade
Publicidade