Publicidade

Desaparecimento de Édson Davi completa 1 mês com ato no Rio

Familiares e amigos cobram respostas sobre o paradeiro do menino de seis anos; polícia acredita em afogamento e família em sequestro

Desaparecimento de Édson Davi completa 1 mês com ato no Rio
Publicidade

No último domingo (04), o calçadão da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, foi tomado por faixas e cartazes em um ato organizado por familiares e amigos de Édson Davi Silva de Almeida. O menino de seis anos desapareceu no dia 4 de janeiro, e o evento visava cobrar respostas sobre o seu paradeiro.

+ Criança de 6 anos desaparece na praia da Barra da Tijuca, no Rio

O desaparecimento completou um mês, e a família acredita que Édson Davi tenha sido vítima de sequestro, enquanto a polícia segue a linha de investigação do afogamento. Ele estava com o pai, próximo ao Posto 4, quando desapareceu por volta das 17h. O pai relatou que o menino estava brincando com duas crianças estrangeiras acompanhadas por um homem. A família de argentinos prestou depoimento, mas não são investigados no caso.

+ Caso Edson Davi: polícia interroga família de argentinos que brincou com menino na praia

As últimas imagens de Édson Davi, obtidas pela polícia, mostram o menino no quiosque dos pais. Após esse momento, a família não obteve novas pistas sobre o que teria acontecido. A Delegacia de Descoberta de Paradeiros continua investigando o caso.

Novas imagens divulgadas pela família mostram o menino próximo à barraca do pai, com cabelo seco, minutos antes de desaparecer na praia da Barra da Tijuca. A mãe, Marize Araújo, acredita que o vídeo é uma prova de que Davi foi levado por alguém, contradizendo a versão da polícia que sugere afogamento.

+ Novo vídeo mostra menino Edson Davi de cabelos secos minutos antes de desaparecer no Rio

As imagens estão sendo analisadas pela Delegacia de Descoberta de Paradeiros.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Polícia
Desaparecimento
desaparecido
Criança
Rio de Janeiro
afogamentos

Últimas notícias

Morre integrante da Força Aérea americana que ateou fogo ao próprio corpo

Morre integrante da Força Aérea americana que ateou fogo ao próprio corpo

Ato foi realizado em crítica à ofensiva israelense na Faixa de Gaza, iniciada em outubro de 2023, dizem autoridades
Galaxy Ring deve ser lançado no fim do ano, diz Samsung

Galaxy Ring deve ser lançado no fim do ano, diz Samsung

Dispositivo vestível consegue analisar dados de saúde, como sono, frequência cardíaca e precisa funcionar integrado ao smartphone Galaxy S24
RJ: Acidente com ônibus deixa 25 feridos na Baixada Fluminense

RJ: Acidente com ônibus deixa 25 feridos na Baixada Fluminense

Bombeiros afirmam que cinco pessoas estão em estado grave; Vítimas foram levadas para unidades municipais em Itaguaí
Crise Americanas: Empresa tem prejuízo de R$ 4,6 bi em nove meses de 2023

Crise Americanas: Empresa tem prejuízo de R$ 4,6 bi em nove meses de 2023

Apesar dos resultados negativos, companhia disse que superou o momento mais difícil desde que entrou em recuperação judicial. Relembre o caso
Policiais são investigados por tráfico de armas em Salvador

Policiais são investigados por tráfico de armas em Salvador

Eles apreenderam quatro fuzis que estavam de posse de criminosos, mas não apresentaram os armamentos em unidade da Polícia Civil
Helicóptero faz resgate cinematográfico no Rio; veja

Helicóptero faz resgate cinematográfico no Rio; veja

Mulher havia quebrado a perna na Pedra do Telégrafo; local é de difícil acesso
Cantor sertanejo é assassinado a tiros após ter casa invadida no interior de São Paulo

Cantor sertanejo é assassinado a tiros após ter casa invadida no interior de São Paulo

Polícia Civil investiga homicídio do integrante da dupla 'Wesley e Gustavo'; suspeito foi capturado em Minas Gerais
Musk quer concorrer com serviço de email Gmail e sugere Xmail

Musk quer concorrer com serviço de email Gmail e sugere Xmail

Anuncio aconteceu em meio a uma onda de desinformação contra o serviço de mensagens do Google
Pai acusa creche de omissão após bebê voltar para casa com marcas de mordida no Rio

Pai acusa creche de omissão após bebê voltar para casa com marcas de mordida no Rio

Ele afirma que a menina foi mordida e machucada por pelo menos dois colegas e monitora não prestou socorro
Aliados de Bolsonaro chamam ato na Paulista de “momento histórico”; Base de Lula avalia como afronta à democracia

Aliados de Bolsonaro chamam ato na Paulista de “momento histórico”; Base de Lula avalia como afronta à democracia

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann fez duras críticas ao ex-presidente; já Coronel Telhada chamou Bolsonaro de estadista
Publicidade
Publicidade