Publicidade

Presidente do Irã morto em queda de helicóptero será enterrado nesta quinta-feira (23)

Corpo de Ebrahim Raisi vem sendo velado desde o início da semana; enterro será na cidade de Mashhad

Presidente do Irã morto em queda de helicóptero será enterrado nesta quinta-feira (23)
Ebrahim Raisi | Wikimedia Commons
Publicidade

O corpo do presidente do Irã Ebrahim Raisi, vítima de uma queda de helicóptero, será enterrado nesta quinta-feira (23), na cidade de Mashhad. O corpo do político está sendo velado desde terça-feira (21) e já passou pelas cidades de Tabriz, Qom e Teerã.

Raisi viajava de helicóptero na província do Azerbaijão Oriental na tarde de domingo (19). A queda ocorreu por volta das 13h (horário local), em uma região de difícil acesso, com montanhas, florestas e intensa neblina. As operações de busca levaram à localização da aeronave e do local do acidente, confirmando a morte do presidente iraniano.

Além de Raisi, o helicóptero transportava o ministro das Relações Exteriores, Hossein Amirabdollahian, o governador da província iraniana do Azerbaijão Oriental, Malek Rahmati, o líder religioso Hojjatoleslam Al Hashem e o major-general Seyed Mehdi Mousavi, chefe da equipe de segurança. Um piloto, um copiloto e um técnico também estavam a bordo.

Segundo o Ministério de Relações Exteriores iraniano, o acidente ocorreu devido a condições climáticas adversas. A imprensa local, por sua vez, atribuiu a queda a uma “falha técnica” do helicóptero, um Bell 212. As investigações estão em andamento.

Líderes e autoridades mundiais lamentaram a morte de Raisi. Entre eles estão o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, o presidente dos Emirados Árabes, Mohammed bin Zayed Al Nahyan, e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Grupos extremistas financiados pelo Irã também se pronunciaram, como o Hamas e o Hezbollah.

O líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, declarou cinco dias de luto oficial pela morte de Raisi. O mesmo foi feito pelos governos do Líbano e do Paquistão, que emitiram, respectivamente, três dias e um dia de luto nacional pela perda do político.

Governo de Ebrahim Raisi

Ebrahim Raisi, de 63 anos, estava no comando do país desde 2021. Dono de uma política ultraconservadora, ele sucedeu o moderado Hassan Rouhani – que o havia derrotado nas eleições presidenciais de 2017 –, com uma campanha de combate à corrupção, promoção da justiça social e resistência às sanções dos Estados Unidos.

Raisi vinha enfrentando um governo conturbado desde 2022 devido à morte de Mahsa Amini, que foi presa por usar o hijab – véu obrigatório no país – incorretamente, isto é, deixando partes do cabelo à mostra. A jovem morreu três dias após ser detida, por possível espancamento, o que gerou uma onda violenta de protestos por todo o país.

Cartaz com o rosto de Mahsa Amini, morta sob custódia da polícia moral do país | Reprodução
Cartaz com o rosto de Mahsa Amini, morta sob custódia da polícia moral do país | Reprodução

Na ocasião, Raisi afirmou que o Irã deveria "lidar de forma decisiva" com aqueles que se opunham à segurança e tranquilidade do país. Ao todo, mais de 500 manifestantes foram mortos durante os protestos, enquanto outros milhares foram presos. Ao menos dois jovens foram executados pelo governo por participar dos atos.

O que acontece agora?

Com a morte de Raisi, Khamenei nomeou o primeiro vice-presidente, Mohammad Mokhber, como presidente interino. Um conselho composto por ele, pelo presidente do Parlamento e pelo chefe do Judiciário já foi formado para organizar uma nova eleição presidencial no país. A data estipulada foi 28 de julho.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Irã
Presidente
Morte
Enterro

Últimas notícias

Piloto de buggy morre durante corrida em Camocim, no Ceará

Piloto de buggy morre durante corrida em Camocim, no Ceará

Vítima sofreu mal súbito e o carro atingiu outra pessoa, que foi levada ao hospital
Chuva forte volta a provocar alagamentos e deslizamentos no RS

Chuva forte volta a provocar alagamentos e deslizamentos no RS

Ao menos 19 municípios reportaram danos causados pelos temporais do fim de semana; estado deve enfrentar novos temporais nos próximos dias
PF faz operação contra grupo criminoso do MT que traficava cocaína para Sudeste e Sul

PF faz operação contra grupo criminoso do MT que traficava cocaína para Sudeste e Sul

Investigação começou com prisão em flagrante em setembro de 2023; dois mandados de prisão estão sendo cumpridos nesta segunda (17)
Atropelamento e furto de cabos: linhas da CPTM têm confusão e superlotação nesta segunda

Atropelamento e furto de cabos: linhas da CPTM têm confusão e superlotação nesta segunda

Trens das linhas 12-Safira e 13-Jade circulam em via única no sentido Brás, no trecho entre Engenheiro Goulart e Tatuapé
Astronauta da Nasa compartilha foto noturna de São Paulo registrada do espaço

Astronauta da Nasa compartilha foto noturna de São Paulo registrada do espaço

A imagem foi tirada em 2003, direto da Estação Especial Internacional, quando o astronauta estava na primeira de três viagens com a agência
VÍDEO: Joalheria é invadida por 20 ladrões na Califórnia, nos Estados Unidos

VÍDEO: Joalheria é invadida por 20 ladrões na Califórnia, nos Estados Unidos

Tamanho do prejuízo ainda não foi estimado e invasão foi registrada por câmeras de segurança da loja
Congresso busca alternativas para compensar desoneração da folha de pagamentos

Congresso busca alternativas para compensar desoneração da folha de pagamentos

Quadro "Nos Corredores do Congresso", com a jornalista Iasmin Costa, mostra bastidores da negociação no Brasil Agora desta segunda (17)
Incêndio destrói galpões de empresas na região metropolitana de Salvador

Incêndio destrói galpões de empresas na região metropolitana de Salvador

Chamas foram registradas em Simões Filho; locais armazenavam estofados, argamassa e alimentos
Revisão de gastos: Lula faz reunião com ministros de orçamento e área econômica nesta segunda (17)

Revisão de gastos: Lula faz reunião com ministros de orçamento e área econômica nesta segunda (17)

Após semana difícil, governo federal quer saída para firmar promessa de déficit zero em 2024
Bandidos invadem transportadora e fazem 9 funcionários reféns no ABC Paulista

Bandidos invadem transportadora e fazem 9 funcionários reféns no ABC Paulista

Local abriga veículos de luxo, em São Bernardo do Campo; vítimas foram amarradas e amordaçadas
Publicidade
Publicidade