Publicidade

Peru prepara reforço da segurança na fronteira em meio à crise carcerária no Equador

Governo irá decretar estado de emergência na divisa entre os países e enviará policiais da Diretoria de Operações Especiais

Peru prepara reforço da segurança na fronteira em meio à crise carcerária no Equador
Publicidade

O primeiro-ministro do Peru, Alberto Otárola, afirmou, na noite de terça-feira (9), que o governo está preparando um decreto de estado de emergência na fronteira devido à crise carcerária no Equador. Com a medida, um contingente da Diretoria de Operações Especiais da Polícia será enviada à região, reforçando a segurança entre os países.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

“Nossa solidariedade ao país irmão Equador. O Peru redobra as medidas de segurança na fronteira com o país vizinho. Toda a fronteira norte do Peru será declarada em estado de emergência”, disse Otárola. Segundo ele, as operações serão coordenadas pelos ministros da Defesa e do Interior, que serão enviados para a cidade de Tumbes.

A decisão ocorre em meio à crise no Equador. No início da semana, o país decretou estado de emergência por 60 dias em meio aos incidentes registrados em várias prisões do país. As rebeliões aconteceram depois do líder da facção criminosa Los Choneros, José Adolfo Macías Villamar, o Fito, fugir da prisão de Guayaquil, onde cumpria uma sentença de 34 anos por crime organizado, tráfico de drogas e assassinato.

Com o decreto, que inclui toque de recolher e atuação das Forças Armadas nas ruas, a violência se espalhou pelo país. Quatro policiais foram sequestrados e carros foram incendiados. O último episódio de violência foi a invasão de criminosos armados aos estúdios do canal TC de Guayaquil, durante uma transmissão ao vivo.

Em meio ao cenário, o presidente Daniel Noboa declarou Conflito Armado Interno e decretou que 22 grupos do crime organizado sejam identificados como organizações terroristas e “atores beligerantes não estatais”. Noboa ordenou que as Forças Armadas realizem operações especiais para neutralizar os grupos armados.

+ Trump compareceu em tribunal para pedir imunidade nos processos criminais que enfrenta nos EUA

O governo da Argentina emitiu um comunicado lamentando a situação no Equador, dizendo estar disponível para enviar integrantes das forças de segurança para ajudar nas operações. Os Estados Unidos também se manifestaram, afirmando estarem prontos para prestar assistência caso necessário. O mesmo foi dito pela Colômbia.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Mundo
Equador
Violência
Peru
Argentina

Últimas notícias

Caixa inicia pagamentos do Bolsa Família de julho; veja quem recebe

Caixa inicia pagamentos do Bolsa Família de julho; veja quem recebe

Recurso pode ser sacado em agências bancárias ou movimentado virtualmente
Passageiro de carro envolvido em acidente em SP comprou três garrafas de bebida em bar

Passageiro de carro envolvido em acidente em SP comprou três garrafas de bebida em bar

Comanda do bar mostra que Felipe Gambeta Malheiro, que inicialmente se apresentou como condutor do veículo, comprou duas garrafas de vodka e uma de licor
Vídeo: Idoso de 84 anos é agredido por homem na zona sul de São Paulo

Vídeo: Idoso de 84 anos é agredido por homem na zona sul de São Paulo

Imagens de câmeras de segurança mostram o momento da discussão e das agressões
Ramagem deixa a Polícia Federal após seis horas de depoimento sobre "Abin paralela"

Ramagem deixa a Polícia Federal após seis horas de depoimento sobre "Abin paralela"

Ex-diretor da Abin é apontado com um dos supostos chefes do núcleo político montado na agência para espionar ilegalmente desafetos do governo Bolsonaro
Procurador de Minas Gerais pede desculpas em vídeo por agressão a funcionária em cinema

Procurador de Minas Gerais pede desculpas em vídeo por agressão a funcionária em cinema

A gravação é parte de um acordo extrajudicial firmado entre o agressor e a vítima, de 25 anos
Lula se reúne com INSS e PF para tratar de ‘pente-fino’ nos benefícios sociais

Lula se reúne com INSS e PF para tratar de ‘pente-fino’ nos benefícios sociais

Encontro será realizado nesta quinta-feira (18), às 9h30, e terá ainda a presença de seis ministros
Senado aprova uso de vale-cultura para pagar ingressos esportivos

Senado aprova uso de vale-cultura para pagar ingressos esportivos

Projeto permite novo fim para benefício de R$ 50 a trabalhadores que ganham até cinco salários mínimos
Rei Charles III realiza o tradicional discurso no Parlamento

Rei Charles III realiza o tradicional discurso no Parlamento

Monarca leu as principais propostas redigidas pelo novo governo trabalhista
TSE vai enviar representantes para acompanhar eleições na Venezuela

TSE vai enviar representantes para acompanhar eleições na Venezuela

Pleito presidencial acontece no dia 28 de julho e é alvo de preocupação do Brasil
Para analista político, eleitor de Bolsonaro não vê Ramagem como traidor

Para analista político, eleitor de Bolsonaro não vê Ramagem como traidor

Aryell Calmon falou ao Poder Expresso sobre o apoio bolsonarista ao candidato à prefeitura do Rio de Janeiro (RJ). Deputado gravou conversa com ex-presidente
Publicidade
Publicidade