Publicidade

Entre pedidos de cessar-fogo rejeitados, vidas se transformam em corpos enrolados em lençóis

Jerusalém Oriental vira “panela de pressão” com grupos convivendo e aproximação do Ramadã, mês sagrado para os muçulmanos

Entre pedidos de cessar-fogo rejeitados, vidas se transformam em corpos enrolados em lençóis
Publicidade

Já são quase 31 mil mortos segundo o Ministério da Saúde de Gaza após as investidas de Israel no território palestino. O número também é usado por organizações internacionais, como a Nações Unidas. Bombas, tiros e, agora, a fome assola quem está na Faixa de Gaza.

+ Cinco pessoas morrem após serem atingidas por pacotes de ajuda humanitária em Gaza

No sábado (09), bombardeios aéreos atingiram Deir Al-Balah e Rafah, onde Israel chegou a avisar os moradores de um prédio de 12 andares. Lá, dona Naja afirmou que “não deu tempo de pegar nada”. Muitos sequer conseguiram sair e outros tantos sequer foram avisados.

Com pedidos de cessar-fogo rejeitados por autoridades israelenses, que visa destruir o Hamas e a libertação dos mais de 100 reféns mantidos pelo grupo, as consequências vão além da organização. São vidas se transformando em corpos enrolados em lençóis.

Ruas em protesto, ruas onde todos passam – com restrições

A guerra já deixa resquícios: milhares de pessoas foram às ruas de vários países no sábado, contra os ataques. Pelas ruas estreitas da Cidade Velha de Jerusalém, passam muçulmanos, judeus e cristãos. É a representação de uma convivência que, entre os dois primeiros grupos, quase não existe.

“Eles disseram que o acesso seria mais fácil, mas não é verdade. Eles estão aumentando as restrições”, disse Ehab, morador de Jerusalém Oriental, que não conseguiu ir até Al Aqsa, mesquita que é um dos lugares mais sagrados para os muçulmanos.

Ajuda brasileira barrada, negociações difíceis e mês sagrado se aproximando

Um navio que sairia do Chipre com comida e água está atracado por problemas de logística, pois o porto flutuante que os Estados Unidos anunciaram não ficaria pronto em menos de dois meses. Tempo demais para quem implora por mantimentos.

Enquanto isso, purificadores de água enviados pelo Brasil foram barrados, segundo fontes do Itamaraty, porque funcionam com energia solar, algo que Israel considera que poderia ser usado por seus inimigos.

+ Em clima eleitoral, Biden critica Trump, promete restaurar direito ao aborto e assegura ajuda em Gaza

Entre atracações e barreiras, as negociações por um cessar-fogo seguem estagnadas. “Parece difícil”, confirmou Joe Biden, presidente dos Estados Unidos, admitindo que está preocupado com a violência em Jerusalém Oriental.

Preocupação que também atinge quem vive na região, de maioria árabe e sob ocupação israelense. Uma panela de pressão prestes a explodir, cercada por muralhas que guardam lugares sagrados para cristãos, judeus e muçulmanos. Os últimos, nas próximas horas, começam a celebrar o Ramadã, mês sagrado do islamismo, o que deixa tudo mais sensível e imprevisível naquela parte do mundo.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Mundo
Guerra
Israel
Faixa de Gaza
Vítima
Estados Unidos

Últimas notícias

Passageiros passam horas presos em avião sem refrigeração na Grécia; veja vídeo

Passageiros passam horas presos em avião sem refrigeração na Grécia; veja vídeo

Temperatura na aeronave da Qatar Airways ultrapassou os 40º C
Jovem é morto após marcar encontro por aplicativo de relacionamento gay em SP

Jovem é morto após marcar encontro por aplicativo de relacionamento gay em SP

Leonardo Rodrigues Nunes, de 24 anos, chegou a ser socorrido ao pronto-socorro, porém não resistiu aos ferimentos
Temporais provocam inundações e ameaçam prédios no Chile

Temporais provocam inundações e ameaçam prédios no Chile

Erosão causada pela chuva coloca em risco um complexo de edifícios de luxo em Viña del Mar
Por falta de segurança, nem todos caminhões de ajuda humanitária são recebidos em Gaza

Por falta de segurança, nem todos caminhões de ajuda humanitária são recebidos em Gaza

Bombardeios israelenses no extremo sul, em Rafah fazem ser inviável a passagem dos caminhões
Mercado Público de Porto Alegre volta a funcionar parcialmente após 41 dias fechado por inundação

Mercado Público de Porto Alegre volta a funcionar parcialmente após 41 dias fechado por inundação

Os restaurantes do segundo piso e as lojas com acesso direto para a rua voltam a operar das 10h às 15h, nesta sexta (14) e sábado (15)
VaideBet e Corinthians: polícia tenta localizar testemunha chave do caso

VaideBet e Corinthians: polícia tenta localizar testemunha chave do caso

Segundo a polícia, Adriana Ramuno, de 53 anos, esteve na casa da mulher, usada como laranja no repasse de comissão da VaideBet, antes do caso ir à imprensa
Ministério Público do RS prende 26 em operação contra grupo criminoso que atuava na serra gaúcha

Ministério Público do RS prende 26 em operação contra grupo criminoso que atuava na serra gaúcha

Segundo o MP-RS, o grupo é um dos mais ativos e violentos na serra gaúcha
STF forma maioria para tornar Janones réu por ofensas contra Jair Bolsonaro

STF forma maioria para tornar Janones réu por ofensas contra Jair Bolsonaro

Nas redes sociais, o deputado chamou o presidente de “assassino”, “miliciano” e “ladrãozinho de joias”
Thiago Brennand é condenado a indenizar advogada por danos morais

Thiago Brennand é condenado a indenizar advogada por danos morais

Gabriela Manssur entrou com uma ação por calúnia contra o empresário depois que ele ser referiu a ela como "bandida", "maloqueira" e "canalha" nas redes sociais
Rio Grande do Sul recebe destinação recorde do Imposto de Renda

Rio Grande do Sul recebe destinação recorde do Imposto de Renda

Ao todo, foram R$ 101 milhões, quase três vezes mais do que o valor registrado em 2023
Publicidade
Publicidade