Publicidade

Acidente terrestre entre dois aviões Boeing nos EUA será investigado pela FAA

Ninguém ficou ferido. Há dez dias, uma porta de emergência da mesma fabricante dos modelos foi ejetada em pleno ar

 Acidente terrestre entre dois aviões Boeing nos EUA será investigado pela FAA
Publicidade

A Administração Federal de Aviação (FAA, em inglês) vai investigar uma colisão terrestre entre dois Boeings que se chocaram no domingo (14), na pista do Aeroporto Internacional O’Hare, em Chicago, nos Estados Unidos.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Enquanto realizava uma manobra para decolar, o Boeing 777 da companhia japonesa All Nippon Airways teria colidido a ponta esquerda de sua asa com a traseira do Boeing 717 da empresa americana Delta Air Lines, que estacionava no momento. Ninguém ficou ferido.

Procurada pela Associated Press, representantes da Boeing não comentaram o acidente e orientaram que a responsabilidade seria das companhias envolvidas, além da Administração Federal de Aviação.

+ Porta que soltou durante voo nos EUA é encontrada em quintal

+United Airlines encontra parafusos soltos em aviões Boeing 737-900 Max

+ Avião da Boeing que perdeu porta em pleno voo é suspenso no Brasil

No começo do ano, uma porta de emergência de um avião da Boeing foi ejetada em pleno voo devido a uma falha mecânica. A fabricante tem sido alvo de críticas e a apuração da FAA deve indicar se esta batida estava relacionada com um novo erro de produção.

*Com informações da Associated Press.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Avião
Acidente
Acidente Aéreo
Estados Unidos

Últimas notícias

Receita Federal cria ferramenta de proteção do CPF; saiba como usar

Receita Federal cria ferramenta de proteção do CPF; saiba como usar

Recurso impede que o CPF da pessoa seja incluído de forma indevida em quadro societário de empresas
Reoneração gradual da folha de pagamento pode ser votada na primeira semana de junho, diz Efraim

Reoneração gradual da folha de pagamento pode ser votada na primeira semana de junho, diz Efraim

Senador Jaques Wagner deve incluir acordo referente aos municípios no mesmo Projeto de Lei
Volta a chover forte no Rio Grande do Sul nesta quinta-feira

Volta a chover forte no Rio Grande do Sul nesta quinta-feira

Serra Gaúcha pode ter temperatura abaixo de zero durante o final de semana
Contra a desinformação, Threads ganha verificação de fatos

Contra a desinformação, Threads ganha verificação de fatos

Microblog da Meta tem parceria com mais de 100 agências de checagens de fatos no mundo
Mísseis russos matam 7 pessoas na segunda maior cidade da Ucrânia

Mísseis russos matam 7 pessoas na segunda maior cidade da Ucrânia

Estados Unidos devem anunciar cerca de R$ 1,42 bilhão em novas artilharias e munição para os ucranianos
Ministério Público se manifesta contra soltura de motorista de Porsche que matou um em acidente

Ministério Público se manifesta contra soltura de motorista de Porsche que matou um em acidente

Parecer foi protocolado um dia após a defesa do empresário pedir na Justiça pela revogação da prisão
Datena tem a última chance de ser protagonista no PSDB, diz Perillo

Datena tem a última chance de ser protagonista no PSDB, diz Perillo

Ao programa Perspectivas, presidente tucano reclamou do extremismo político no Brasil atualmente
Voluntários mostram itens "bizarros" e estragados que são doados para o RS

Voluntários mostram itens "bizarros" e estragados que são doados para o RS

Fantasia de presidiário, algema de pelúcia de sex shop e sapatos rasgados estão entre os itens; doações de roupa foram suspensas pelos Correios
Lula diz que deve vetar taxação de importados se projeto for aprovado no Congresso

Lula diz que deve vetar taxação de importados se projeto for aprovado no Congresso

Presidente diz que fim da isenção seria injusto com pessoas mais pobres e que "bugigangas" vendidas em sites asiáticos não competem com produtos nacionais
Novo Código Eleitoral será votado em 5 de junho na CCJ do Senado, diz Marcelo Castro

Novo Código Eleitoral será votado em 5 de junho na CCJ do Senado, diz Marcelo Castro

Projeto de Lei Complementar prevê quarentena de quatro anos para juízes, promotores, policiais e militares que quiserem concorrer em eleições
Publicidade
Publicidade