Publicidade

Cirurgiões em Nova York anunciam o primeiro transplante de olho inteiro do mundo

Procedimento ocorreu há seis meses e teve resultados positivos

Cirurgiões em Nova York anunciam o primeiro transplante de olho inteiro do mundo
Aaron James, paciente do primeiro transplante de olho inteiro no mundo
Publicidade

Cirurgiões de Nova York anunciaram nesta 5ª feira (9.nov) a realização do primeiro transplante de olho inteiro no mundo. Aaron James, de 46 anos, precisou ter o olho esquerdo removido após sofrer uma grande lesão em um acidente com linhas de alta tensão em 2021.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

O veterano de guerra também perdeu o braço esquerdo e teve boa parte do rosto desconfigurado. Há seis meses, James passou por um transplante parcial de rosto, com a reconstrução da boca e do nariz, o que possibilitou a criação de uma cavidade para a tentativa inédita de transplantar um olho completo.

Hoje, os transplantes de córnea -- o tecido transparente na frente do olho -- são comuns para tratar certos tipos de perda de visão. Mas transplantar o olho inteiro -- o globo ocular, o seu suprimento sanguíneo e o nervo óptico crítico que deve conectá-lo ao cérebro -- é algo inédito.

Durante a operação de 21 horas, os cirurgiões da NYU Langone Health acrescentaram uma reviravolta experimental: quando cortaram o nervo óptico doado ao que restava do original de James, injetaram células estaminais especiais do doador na esperança de estimular a sua reparação e quem sabe possibilitar a reparação da visão no futuro.

A cirurgia de James oferece aos cientistas uma janela sem precedentes sobre como o olho humano pode ser curado.

"Não estamos afirmando que vamos restaurar a visão", disse o Dr. Eduardo Rodriguez, chefe de cirurgia plástica da NYU Langone, que liderou o transplante. "Mas não tenho dúvidas de que estamos um passo mais perto."

Alguns especialistas temiam que o olho murchasse rapidamente como uma passa. Em vez disso, quando Rodriguez abriu a pálpebra esquerda de James no mês passado, o olho doado estava tão saudável quanto o olho direito do paciente. Os médicos observaram um bom fluxo sanguíneo e nenhum sinal de rejeição.

Agora os pesquisadores começaram a analisar varreduras do cérebro de James que detectaram alguns sinais intrigantes do nervo óptico que proporciona visão, mas estava lesionado.

Um cientista que há muito estuda como tornar os transplantes de olhos uma realidade considerou a cirurgia emocionante.

Jeffery Goldberg, presidente de oftalmologia da Universidade de Stanford, chamou isso de "uma validação incrível" de experimentos com animais que mantiveram vivos os olhos transplantados.

O obstáculo é como fazer crescer novamente o nervo óptico, embora os estudos em animais estejam progredindo, acrescentou Goldberg. Ele elogiou a "audácia" da equipe da NYU em buscar o reparo do nervo óptico e espera que o transplante estimule mais pesquisas.

Combinação de fotos fornecidas pela NYU Langone Health mostra Aaron James antes e depois de acidente elétrico e depois de um transplante facial e ocular

A grande incógnita ainda é quanto o olho vai funcionar

A oftalmologista da NYU, Dr. Vaidehi Dedania, fez uma bateria de testes. Ela encontrou danos esperados na retina sensível à luz na parte posterior do olho. Mas disse que parece haver células especiais suficientes, chamadas fotorreceptores, para fazer o trabalho de converter luz em sinais elétricos, um passo na criação da visão.

Normalmente, o nervo óptico enviaria esses sinais ao cérebro para serem interpretados. O nervo óptico emendado de James claramente não é saudável. No entanto, quando a luz incidiu no olho doado durante uma ressonância magnética, o exame registrou alguma atividade cerebral, mas na área errada.

Isso empolgou e confundiu os pesquisadores, embora possa ser simplesmente um acaso, alertou o Dr. Steven Galetta, especialista em olhos e cérebro e presidente de neurologia da NYU Langone. Só o tempo e mais estudos poderão dizer.

Ainda assim, a cirurgia representa um tremendo avanço, de acordo com o Dr. David Klassen, diretor médico da Rede Unida para Compartilhamento de Órgãos, que administra o sistema de transplantes dos Estados Unidos.

* Com informações da Associated Press

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbtnews
portalnews
mundo
saude
medicina
transplante
olho
inédito
primeira
nova york
noticias
cirurgia
rosto
parcial
nyu langone health

Últimas notícias

Miss Buenos Aires de 60 anos fica sem coroa na etapa nacional

Miss Buenos Aires de 60 anos fica sem coroa na etapa nacional

Modelo viralizou nas redes sociais ao vencer o Miss Universo em abril; prêmio foi para a Magalí Benejam, da província de Córdoba
SBT lança "live da transparência" em tenda de doações

SBT lança "live da transparência" em tenda de doações

Iniciativa transmitirá a movimentação ao vivo na tenda de doações e conferência dos itens no galpão da Jequiti
Histórias Inspiradoras de Adoção: amor e acolhimento transformam vidas

Histórias Inspiradoras de Adoção: amor e acolhimento transformam vidas

No Dia Nacional da Adoção, conheça relatos emocionantes de crianças e adolescentes que encontraram lares repletos de carinho e dedicação
Cachorros resgatados das enchentes do RS são colocados para adoção em feira de Florianópolis

Cachorros resgatados das enchentes do RS são colocados para adoção em feira de Florianópolis

Feira contou com cerca de 40 animais que precisam de um novo lar
Sala Lilás: entenda a função desse espaço de atendimento a mulheres que são vítimas de violência

Sala Lilás: entenda a função desse espaço de atendimento a mulheres que são vítimas de violência

Desde final de abril, Unidades Básicas de Saúde são obrigadas a ter salas. Humanização do atendimento é apontada por especialistas e vítimas como fundamental
Fiéis lotam a Praça da Apoteose durante a Marcha para Jesus, no Rio de Janeiro

Fiéis lotam a Praça da Apoteose durante a Marcha para Jesus, no Rio de Janeiro

Estimativa é de que cerca de 40 mil pessoas participaram da 17ª edição do evento
Desastres naturais forçaram 26 milhões de deslocamentos internos em 2023, diz relatório

Desastres naturais forçaram 26 milhões de deslocamentos internos em 2023, diz relatório

Refúgio climático, que também acontece no Brasil, alerta para a necessidade de uma política nacional de amparo às vítimas de impactos ambientais
Cidades do Vale do Taquari seguem arrasadas pelas inundações no RS

Cidades do Vale do Taquari seguem arrasadas pelas inundações no RS

Moradores contabilizam o caos causado pelas enchentes; Exército vai refazer travessias levadas pelas cheias
Pescadores de Pelotas lamentam perdas pelas chuvas: “Imensidão horrível de água”

Pescadores de Pelotas lamentam perdas pelas chuvas: “Imensidão horrível de água”

Região do Rio Grande do Sul lida com dificuldades por aumento do nível das águas. Em outros locais, população enfrenta situação de frio
Israel ignora decisão da Corte Internacional de Justiça e bombardeia sul de Gaza

Israel ignora decisão da Corte Internacional de Justiça e bombardeia sul de Gaza

Órgão máximo da ONU para deliberar sobre disputas entre Estados havia determinado fim de ataques a Rafah
Publicidade
Publicidade