Publicidade

Charles III, um rei pouco popular com o desafio de modernizar a monarquia

Monarca nunca conseguiu recuperar a simpatia do público após a morte trágica da princesa Diana, em 1997

Charles III, um rei pouco popular com o desafio de modernizar a monarquia
Publicidade

Recém-coroado, Charles III costumava ser um dos integrantes menos apreciados da realeza britânica. Embora sua popularidade tenha melhorado, o novo rei agora enfrenta o desafio de conduzir uma difícil modernização da monarquia.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Elizabeth II, que morreu aos 96 anos, continua sendo a figura mais popular da família real (80% no primeiro trimestre de 2023, segundo o YouGov), seguida por sua filha Anne (66%) e seu neto William (65%).

Em suas múltiplas viagens, Charles III procurou se mostrar próximo e afetuoso, além de ativo em questões diplomáticas como a guerra na Ucrânia e colaborativo em questões delicadas como a investigação dos vínculos históricos da monarquia com a escravidão.

No entanto, o monarca não consegue consolidar a sua imagem, sobretudo perante os mais jovens, apesar de compartilhar com eles uma paixão de longa data pelo meio ambiente e a preocupação com as mudanças climáticas. 

Sob o lema "Not my king" ("Não é meu rei"), os protestos se multiplicaram nos últimos meses e vários jovens foram processados por tentar arremessar ovos contra o monarca.

Menos pompa e mais diplomacia

Procurando parecer menos pomposo e mais moderno do que Elizabeth II, Charles III optou por uma cerimônia de coroação simplificada, de uma hora, com cerca de 2.000 convidados, em vez das três horas e 8.000 participantes que sua mãe teve em 1953.

Mas não sem polêmica. O evento contou com a presença do filho mais novo de Charles III, Harry, 38 anos, que em uma série de documentários e em uma autobiografia explosiva descreveu a monarquia britânica como uma instituição fria e tendenciosa.

Como príncipe, Charles sempre teve a reputação de ser politicamente intrometido e algumas de suas declarações chegaram a gerar incidentes diplomáticos. Mas como rei ele tem sido discreto.

Camila e Diana 

Nascido em 14 de novembro de 1948 no Palácio de Buckingham, Charles Philip Arthur George Windsor foi o primeiro dos quatro filhos de Elizabeth II e do príncipe Philip.

Ele era um menino tímido e sensível quando foi nomeado príncipe de Gales, em 1958. Em seguida, foi enviado para estudar em um internato austero na Escócia. O colégio rígido, frequentado por seu pai, representou "um inferno absoluto" para Charles. No local, o príncipe foi alvo de bullying e chacotas.

Em 1970, tornou-se o primeiro herdeiro da coroa britânica com diploma, da Universidade de Cambridge, onde estudou arqueologia e antropologia. Entre 1971 e 1976 serviu à Marinha Britânica. Para sua perplexidade, enquanto estava em missão no Caribe, o amor de sua vida, Camilla Shand, casou-se com Andrew Parker Bowles.

Pressionado para se casar, em fevereiro de 1981 ele pediu Diana Spencer em casamento, então com 19 anos. O casamento aconteceu em julho e foi uma grande festa nacional.

No entanto, durante décadas sua imagem ficou marcada pelo retumbante fracasso de seu casamento e o caso que manteve com Camilla quando ainda estava casado. 

Após a morte de Diana em um acidente de trânsito em Paris em 1997, Charles precisou de uma campanha de relações públicas para superar sua impopularidade.

Em 2005, casou-se com Camilla. A rainha consorte, conhecida por ser extrovertida e sorridente, acabou conquistando a simpatia dos ingleses, mas não o suficiente para tornar o novo rei unanimidade.

O gasto da festa em meio à inflação acima de 10% que afeta milhões de britânicos também não faz do monarca o favorito da população

* Com reportagem de Anna Cuenca, da AFP

  • COBERTURA COMPLETA DA COROAÇÃO DE CHARLES III

+ ASSISTA a transmissão especial da coroação, no SBT News
+ Charles III visitou o Brasil por quatro vezes
+ Charles III, um rei pouco popular com o desafio de modernizar a monarquia
+ Sem Harry e Andrew, Charles III e família real acenam para o público
+ Lula defendeu articulação política, após coroação do rei Charles III
+ Coroação de Charles III: saiba mais sobre as joias usadas na cerimônia
+ Fortuna de Charles III supera a da mãe e chega a R$ 11 bilhões
+ Emblema da coroação celebra amor de Charles III pela natureza
+ Charles III: o rei de transição do Reino Unido
+ O desafio de Charles ao substituir a rainha mais popular da história
+ Coroação do Rei Charles III: veja horário e passo a passo da cerimônia
+ 'Rei ecologista', Charles III destacará amor pela natureza em sua coroação
+ Premiê do Reino Unido anuncia contribuição de R$ 500 mi ao Fundo Amazônia
+ Coroação de Charles III terá presença de chefes de Estado, civis e monarcas
+ Lula se reúne com primeiro-ministro do Reino Unido, Rishi Sunak
+ Mapa Mundi: Lula na coroação de rei Charles III; e ataque à Rússia

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbtnews
portalnews
mundo
reinado
charles iii
coroação
celebração
monarquia
reino unido
camilla
família real britânica
popularidade
sbt

Últimas notícias

Quem são Stevie Nicks e Clara Bow, mencionadas no novo álbum de Taylor Swift

Quem são Stevie Nicks e Clara Bow, mencionadas no novo álbum de Taylor Swift

Stevie faz o prelúdio do álbum físico de Taylor; Já Bow é título de uma das canções
Joel Jota desiste de ser padrinho do Time Brasil após críticas na internet

Joel Jota desiste de ser padrinho do Time Brasil após críticas na internet

Influenciador digital é acusado de mentir sobre carreira de natação
"Tio Paulo": Defesa de sobrinha entra com pedido de liberdade condicional

"Tio Paulo": Defesa de sobrinha entra com pedido de liberdade condicional

Advogados alegam que Erika de Souza Vieira Nunes tem uma filha de 14 anos que depende de cuidados especiais
Residência é atingida por árvore após forte ventania no RJ

Residência é atingida por árvore após forte ventania no RJ

Pai e filho ficaram feridos; Defesa Civil ainda não foi no local retirar o pedaço que restou da árvore
"Eu tinha razão, fui mau profeta", diz Gilmar Mendes sobre críticas à Lava Jato

"Eu tinha razão, fui mau profeta", diz Gilmar Mendes sobre críticas à Lava Jato

Ministro do STF voltou a defender criação de uma comissão da verdade para avaliar excessos e irregularidades na condução da operação
Vai esquentar? Veja previsão do tempo para o final de semana

Vai esquentar? Veja previsão do tempo para o final de semana

Sol deve aparecer na maior parte das capitais brasileiras, acompanhado de chuva em alguns estados. Confira
Flagra: Macaco foge de zoológico e vai parar em presídio no RJ

Flagra: Macaco foge de zoológico e vai parar em presídio no RJ

Caso foi registrado na zona norte da capital; bichinho circulou pela penitenciária até ser resgatado
Rendimento mensal do 1% mais rico é quase 40 vezes maior que dos 40% mais pobres no Brasil, diz IBGE

Rendimento mensal do 1% mais rico é quase 40 vezes maior que dos 40% mais pobres no Brasil, diz IBGE

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) aponta aumento no valor médio recebido em 2023, mas desigualdade segue alta
EXCLUSIVO: Gilmar Mendes rebate relatório dos EUA e defende Moraes: "Nenhum excesso"

EXCLUSIVO: Gilmar Mendes rebate relatório dos EUA e defende Moraes: "Nenhum excesso"

"O que mostram como irregular são processos de caráter sigiloso, como a quebra de sigilo. Absolutamente normal", disse o decano ao SBT
Com doença cônica, menino corre risco de perder movimentos do corpo

Com doença cônica, menino corre risco de perder movimentos do corpo

Garotinho precisa de remédio injetável semanal e caro, mas medicamento está em falta na rede pública de saúde de São José dos Campos (SP)
Publicidade
Publicidade