Publicidade

Polícia começa a retirar ativistas de vila alemã condenada por mina de carvão

Lützerath virou símbolo da luta contra os combustíveis fósseis e será palco de uma grande manifestação no sábado (14.jan)

Polícia começa a retirar ativistas de vila alemã condenada por mina de carvão
Ambientalistas e policiais entram em confronto em Lutzerath, na Alemanha
Publicidade

A polícia começou a retirada nesta 5ª feira (12.jan) de dezenas de ativistas climáticos da aldeia de Lützerath, na Alemanha. O local servirá para expansão de uma enorme mina de carvão no país e virou símbolo da luta global contra os combustíveis fósseis. 

Isso porque, o aumento na queima de carvão, fonte de 30% da energia gerada pela Alemanha, resultará em enormes quantidades de emissões de gases de efeito estufa e vai de encontro com os compromissos firmados pelo país no Acordo de Paris de manter a elevação da temperatura global em, no máximo, 1,5 ºC. Em 2020, o país também anunciou que pararia de queimar carvão, desativando gradualmente as usinas movidas pelo combustível fóssil até 2038.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

O governo alemão e a gigante de energia RWE argumentam ser necessário garantir a segurança energética do país, que enfrenta uma crise de abastecimento após a invasão da Ucrânia pela Rússia. Desde o ano passado, ao menos uma dúzia de minas de carvão foram reativadas na Alemanha. 

Em uma tentativa de compensar as novas emissões, o governo chegou a antecipar para 2030 o prazo de eliminação das minas de carvão na Renânia do Norte-Vestfália, região onde a vila está localizada, mas os ativistas rebatem e afirmam que a destruição de Lützerath não é necessária e que queimar o carvão fará com que a Alemanha ultrapasse suas metas de emissões de CO2

Eles se baseiam num estudo do Instituto Alemão de Pesquisa Econômica (DIW), publicado em 2021, que apontou que outros campos de carvão existentes poderiam ser usados, embora o custo para a RWE fosse maior. Outra alternativa, segundo o órgão, seria a Alemanha aumentar a produção de energia renovável, reduzir a demanda por meio de medidas de eficiência energética ou importar mais carvão, ou gás do exterior. 


Cerca de mil manifestantes resistem no local, em um despejo que a polícia alemã acredita que pode durar duas semanas. Os chefes de várias organizações ambientas planejam visitar o vilarejo nos próximos dias para expressar solidariedade. Um grande protesto também foi marcado para o sábado (14.jan), com a presença da ativista climática sueca Greta Thunberg.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbtnews
portalnews
mudanças climáticas
greta thunberg
ativistas
vilarejo
lutzerath
mina
carvão
mundo
alemanha
ambientalistas
confrontos

Últimas notícias

Brasil Agora: STF prorroga até setembro prazo de suspensão da desoneração da folha

Brasil Agora: STF prorroga até setembro prazo de suspensão da desoneração da folha

Confira essas e outras notícias que serão destaque nesta quarta-feira (17)
+Milionária sorteia prêmio de R$ 245 milhões nesta quarta-feira (17)

+Milionária sorteia prêmio de R$ 245 milhões nesta quarta-feira (17)

Apostas podem ser feitas até as 19h em casas lotéricas ou pela internet
Hóspedes são encontrados mortos em hotel 5 estrelas na Tailândia

Hóspedes são encontrados mortos em hotel 5 estrelas na Tailândia

Polícia aponta para envenenamento com cianeto; corpos são de cidadãos vietnamitas
Carpinteiro atingido por estaca de madeira na cabeça deixa o CTI

Carpinteiro atingido por estaca de madeira na cabeça deixa o CTI

Vitor Soares do Nascimento precisou passar por cirurgia de emergência para retirada do objeto; quadro de saúde é estável
Com R$ 362 milhões, "Divertida Mente 2" se torna maior arrecadação em bilheterias da história no Brasil

Com R$ 362 milhões, "Divertida Mente 2" se torna maior arrecadação em bilheterias da história no Brasil

Nova animação da Disney/Pixar já foi assistida por 18 milhões de espectadores
Nota Fiscal Paulista libera R$ 46,5 milhões em créditos; veja como resgatar

Nota Fiscal Paulista libera R$ 46,5 milhões em créditos; veja como resgatar

Valor é referente às compras realizadas em março de 2024 e ficará disponível para transferência por um ano
SBT News na TV: Chiquinho Brazão volta a alegar inocência no assassinato de Marielle

SBT News na TV: Chiquinho Brazão volta a alegar inocência no assassinato de Marielle

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta quarta-feira (17); assista!
EUA: jovem armado com fuzil é preso perto de convenção republicana

EUA: jovem armado com fuzil é preso perto de convenção republicana

Detenção ocorreu fora do perímetro de segurança do evento; suspeito não tinha autorização de porte
Entrevista de Biden à NBC "não convenceu ninguém", afirma analista político

Entrevista de Biden à NBC "não convenceu ninguém", afirma analista político

Arick Wierson avaliou o desempenho do presidente dos Estados Unidos, marcado por respostas desencontradas e dificuldade na comunicação
Supremo atende governo e Congresso e dá mais tempo para desoneração na folha

Supremo atende governo e Congresso e dá mais tempo para desoneração na folha

Ministro Fachin deu prazo para solução até 11 de setembro; Senado quer concluir votação em agosto
Publicidade
Publicidade