Publicidade

Por unanimidade, Rússia é banida de competições esportivas pelos próximos quatro anos

Decisão da Wada fecha o cerco no país, na luta contra o doping; atletas "inocentes" podem competir por bandeira neutra

Por unanimidade, Rússia é banida de competições esportivas pelos próximos quatro anos
Por unanimidade, Rússia é banida de competições esportivas pelos próximos quatro anos
Publicidade

A crise no esporte russo, que se arrasta desde quando os primeiros casos de doping começaram a pipocar na imprensa internacional, a partir de 2015, teve mais um capítulo nesta segunda-feira (09), com a exclusão de grandes competições, como as Olimpíadas e a Copa do Mundo, pelos próximos quatro anos. A decisão foi tomada pela Agência Mundial Antidoping (Wada), por unanimidade.

A saída para os atletas que estejam "limpos" e comprovem à Wada não terem envolvimento com doping será competir sob bandeira neutra, assim como já aconteceu nos Jogos de verão de 2016 e nos de inverno, em 2018. Com a sanção, os russos estão fora de Tóquio 2020 e da Copa do Mundo de futebol do Catar, em 2022. A partir de agora, o país trava uma corrida contra o tempo, já que tem apenas 21 dias para recorrer da decisão. 

A única ressalva é a participação na Eurocopa 2020, o torneio de futebol que reúne as principais seleções do continente, isso porquê a Uefa, órgão que organiza o torneio, não é considerada como organizadora de grandes eventos, no que diz respeito aos critérios antidopagem. A Euro será sediada justamente pela Rússia. 


Wada determina que Rússia seja banida - Crédito: AP Photo/Patrick Semansky

 

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

fique por dentro
sbt brasil
rússia
banida
exclusão
doping

Últimas notícias

Barroso dá 24 horas para que o governo de São Paulo explique a privatização da Sabesp

Barroso dá 24 horas para que o governo de São Paulo explique a privatização da Sabesp

Em ação movida no STF, o PT afirma que a venda da estatal está sendo feita a único concorrente, por preço que seria abaixo do mercado
Governo prevê contenção de R$ 15 bilhões para manter meta fiscal zero em 2024

Governo prevê contenção de R$ 15 bilhões para manter meta fiscal zero em 2024

Equipe econômica decidiu reduzir gastos para chegar a um acordo sobre a desoneração com o Congresso
Tebet garante que eventual corte de gastos no PAC não vai afetar obras já iniciadas

Tebet garante que eventual corte de gastos no PAC não vai afetar obras já iniciadas

Ministra afirmou ainda que bloqueios não serão feitos em projetos nas áreas de saúde e educação
Donald Trump discursa esta noite durante Convenção Nacional Republicana

Donald Trump discursa esta noite durante Convenção Nacional Republicana

Cerimônia marca o fim do evento, que nos últimos quatro dias mobilizou as bases da coalizão conservadora em torno de Trump
Haddad pede parcimônia e governo mantém projeção do PIB em 2,5% para 2024

Haddad pede parcimônia e governo mantém projeção do PIB em 2,5% para 2024

Ministro da Fazenda havia comentado na terça-feira que governo poderia para cima meta de crescimento econômico
Justiça condena traficante que recebeu mais de 29 carregadores de fuzis poloneses em casa no Rio

Justiça condena traficante que recebeu mais de 29 carregadores de fuzis poloneses em casa no Rio

Diego Basílio Ribeiro vai responder por tráfico internacional de arma de fogo; ele disse que recebeu encomenda para não incomodar vizinho
Dia de Rita Lee: Câmara de São Paulo aprova data em homenagem à cantora

Dia de Rita Lee: Câmara de São Paulo aprova data em homenagem à cantora

Lei agora vai para a sanção do prefeito Ricardo Nunes; saiba qual dia foi escolhido e por quê
Brasil bate recorde na geração de energia, com alta de 18,7%

Brasil bate recorde na geração de energia, com alta de 18,7%

Dados foram divulgados pela Aneel nesta quinta-feira (18)
Homicídios de pessoas LGBTQIA+ cresceram quase 42% em 2023

Homicídios de pessoas LGBTQIA+ cresceram quase 42% em 2023

Casos de estupros também aumentaram mais de 40%; somente em 2023 foram 354 vítimas
Boulos pretende criar "Mais Médicos das especialidades" e defende dobrar efetivo da Guarda Municipal

Boulos pretende criar "Mais Médicos das especialidades" e defende dobrar efetivo da Guarda Municipal

Pré-candidato à prefeitura de São Paulo trouxe planos de campanha pela primeira vez após criação da coligação "Amor Por São Paulo"
Publicidade
Publicidade