Publicidade

PSOL pede à PGR que investigue compra do governo de R$ 1,8 bi com alimentos

Caso viralizou nas redes sociais como "farra do leite condensado"; governo gastou R$ 15 milhões com o produto

PSOL pede à PGR que investigue compra do governo de R$ 1,8 bi com alimentos
Publicidade
O PSOL protocolou nesta 3ª feira (26.nov) uma ação na Procuradoria-Geral da República, pedindo ao procurador Augusto Aras que investigue os gastos de R$ 1,8 bilhão do governo Bolsonaro com compra de alimentos e bebidas em 2020. Entre as compras, um dos itens ganhou repercussão: o presidente gastou R$ 15 milhões em leite condensado. 

O deputado David Miranda (PSOL-RJ) protocolou o documento pedindo a investigação. A ação pede que seja apurado os gastos dos presidente e o responsabilize. Ação também está assinada pela deputadas Sâmia Bomfim (PSOL-SP), Fernanda Melchionna (PSOL-RS) e Vivi Reis (PSOL-PA). 

"Bolsonaro gastou mais de R$ 1,8 milhões de reais em mercado. Isso só em 2020. O Brasil não estava quebrado? Quantos cilindros de oxigênio esse valor compraria? Isso é lavagem? Superfaturamento?", questiona o deputado à coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S.Paulo.    
 

"Ainda há que se falar do desmonte das políticas de segurança alimentar e nutricional e soberania alimentar. Nesse sentido, esse desmonte vai ao encontro do agravamento das condições de vida da população pobre, que ficou completamente desprovida de assistência, gerando, assim, um quadro de crescimento da pobreza e abandono", diz Miranda.


Os gastos foram revelados em reportagem do portal Metrópoles. As informações apontam que o valor equivale a um aumento de 20% em relação a 2019. Entre os produtos adquiridos estão R$ 2,5 milhões em vinhos para o Ministério da Defesa e R$ 2,2 milhões em gomas de mascar. Também há R$ 5 milhões na compra de uvas passas, R$ 1 milhão em alfafa, R$ 15 milhões em açúcar, R$ 16,5 milhões em batata frita embalada, entre outros itens entre alimentos e bebidas. 

O caso viralizou nas redes sociais. Às 20h30, o termo "leite condensado" seguia nos trending topics do Twitter, lista que indica os temas em alta na rede social.


Mobilização nas redes sociais

O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) anunciou que vai começar uma mobilização entre parlamentares na Câmara Federal para instaurar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o gasto de R$ 1,8 bilhão com produtos de supermercado pelo governo Bolsonaro.
 

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT-CE) também mostrou sua idignação com os gastos do presidente e usou sua conta no Twitter para dizer que vai entrar na Justiça para pedir explicações sobre os gastos de Bolsonaro com alimentação. 
 

Aderindo ao movimento, a Deputada Federal Tábata Amaral (PDT) afirma que entrou com uma ação para que o TCU (Tribunal de Contas da União) investigue os gastos do presidente. 
 
Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
governo
leite condensado
orcamento
gastos públicos

Últimas notícias

Mais da metade dos alunos negros estuda sem biblioteca, quadra esportiva e laboratório no Brasil

Mais da metade dos alunos negros estuda sem biblioteca, quadra esportiva e laboratório no Brasil

Pesquisa comparou a infraestrutura de escolas em que predominam alunos brancos com unidades em que a maioria é de negros
Ataque russo atinge prédio residencial e deixa 10 mortos na Ucrânia

Ataque russo atinge prédio residencial e deixa 10 mortos na Ucrânia

Presidente Volodymyr Zelensky voltou a apelar pelo envio de sistemas de defesa aérea
Laudo diz que mulher acusada de envenenar parentes tinha “total consciência” de atos

Laudo diz que mulher acusada de envenenar parentes tinha “total consciência” de atos

Amanda Partata ofereceu alimentos envenenados a quatro pessoas e duas morreram; crime foi registrado em Goiânia, em dezembro do ano passado
Boulos recebe dois milhões de interações nas redes, ganhando de Tabata e Nunes

Boulos recebe dois milhões de interações nas redes, ganhando de Tabata e Nunes

No intervalo de 30 dias, o prefeito de São Paulo conseguiu 170 mil interações; militância de Bolsonaro ainda não aderiu a Nunes
FALSO: É falso que Lula tenha inaugurado obra da transposição do São Francisco já inaugurada por Bolsonaro

FALSO: É falso que Lula tenha inaugurado obra da transposição do São Francisco já inaugurada por Bolsonaro

Confira a verificação realizada pelos jornalistas integrantes do Projeto Comprova
Mega-Sena acumula pela oitava vez e prêmio vai a R$ 72 milhões

Mega-Sena acumula pela oitava vez e prêmio vai a R$ 72 milhões

Apostas para o próximo concurso podem ser feitas até as 19h00 de quinta-feira (18)
Greve em universidades: governo espera chegar a acordo com professores na sexta-feira (19)

Greve em universidades: governo espera chegar a acordo com professores na sexta-feira (19)

Categoria reivindica reestruturação de carreira e recomposição salarial
Pagodeiro "proibidão" era "empresário" dos negócios ligados ao PCC, diz MP

Pagodeiro "proibidão" era "empresário" dos negócios ligados ao PCC, diz MP

Latrell Brito usava empresas dele e de laranjas para simular concorrência em contratações de prefeituras alvos da Operação Munditia
Brasil Agora: Lula na Colômbia, PEC antidrogas e cadáver em agência bancária

Brasil Agora: Lula na Colômbia, PEC antidrogas e cadáver em agência bancária

Confira essas e outras notícias que serão destaque nesta quarta-feira (16)
Tribunal define primeiros jurados para julgamento de Trump em NY

Tribunal define primeiros jurados para julgamento de Trump em NY

Ex-presidente dos EUA é acusado de subornar atriz pornô durante período eleitoral; júri será composto por 12 pessoas
Publicidade
Publicidade