Publicidade

"PEC da transição não será um cheque em branco", diz Marcelo Castro

Relator deve receber texto até 6ª, e antecipa que intenção é garantir apenas o Bolsa Família em R$ 600

"PEC da transição não será um cheque em branco", diz Marcelo Castro
Marcelo Castro
Publicidade

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da transição, em negociação pelo novo governo eleito, deve ter um texto definido até esta 6ª feira (11.nov). Mas segundo o relator, senador Marcelo Castro (MDB-PI),  a proposta "não será um cheque em branco", e deverá garantir apenas o valor do Auxílio Brasil em R$ 600 -- o programa voltará a se chamar Bolsa Família.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

"De hoje para amanhã, a equipe volta a falar comigo para apresentar oficialmente o texto da PEC, dizendo quais são as rubricas que estarão excepcionalizadas e o valor de cada uma, para que não haja nenhuma dúvida, nenhuma celeuma de que possa ser um cheque em branco para gastar com o que o governo quiser", afirmou Castro a jornalistas nesta 5ª feira (10.nov).

O senador destacou a intenção em deixar o Bolsa Família de forma permanente, para firmar compromisso da sociedade com os mais carentes. "Que eles possam sentir que há uma segurança de que esses recursos estarão excepcionalizados para sempre", declarou.

Os detalhes da proposta estão sendo definidos em reunião de líderes na residência oficial do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-PI). Segundo o relator, o texto final vai especificar cada detalhe orçamentário: "Lá vai ter que estar especificado claramente tantos bilhões para por exemplo a farmácia popular. Tantos bilhões para a saúde indígena. Tantos bilhões para merenda escolar. Tantos bilhões para investimento no DNIT. Tantos bilhões para Minha Casa Minha Vida. Tudo discriminado item por item".

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
congresso
pec
pec da transição
marcelo castro
auxílio brasil
bolsa família

Últimas notícias

Marcos Rogério assume liderança da oposição ao governo no Senado

Marcos Rogério assume liderança da oposição ao governo no Senado

Atualmente no cargo, Marinho se afasta do cargo por 120 dias para se dedicar às eleições municipais
Rodrigo Pacheco chama projeto sobre aborto de “irracional” e “inviável”

Rodrigo Pacheco chama projeto sobre aborto de “irracional” e “inviável”

Presidente do Senado se posicionou acerca do polêmico tema diante de parte da bancada feminina da Casa
Policiais civis são alvo de tiros durante operação na Maré (RJ)

Policiais civis são alvo de tiros durante operação na Maré (RJ)

Agentes realizavam operação contra estabelecimentos comerciais que receptavam e revendiam roupas de grifes roubadas
Caso Paquetá: Senado aprova convite para ouvir o jogador na CPI da Manipulação no Futebol

Caso Paquetá: Senado aprova convite para ouvir o jogador na CPI da Manipulação no Futebol

Por se tratar de um convite, o jogador pode recusar a participação
Incêndio de grande proporção atinge prédio comercial na Grande SP

Incêndio de grande proporção atinge prédio comercial na Grande SP

Nove equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas e conseguiram conter o fogo no local
Brasil aparece entre os piores países em pensamento criativo nas salas de aula

Brasil aparece entre os piores países em pensamento criativo nas salas de aula

No ranking com 56 países, o Brasil aparece na 44ª colocação, empatado com Peru, Panamá e Arábia Saudita
Quase 500 criminosos são presos em operação na Bahia

Quase 500 criminosos são presos em operação na Bahia

Segundo a polícia, integrante de um grupo criminoso que gerenciava um laboratório de drogas em Castelo Branco foi localizado por equipes do Depom
80 milhões de pessoas estão sob alerta para altas temperaturas nos Estados Unidos

80 milhões de pessoas estão sob alerta para altas temperaturas nos Estados Unidos

Onda de calor extremo afeta quase todo o território americano
Lira anuncia que debate de projeto antiaborto só ocorrerá no segundo semestre

Lira anuncia que debate de projeto antiaborto só ocorrerá no segundo semestre

Presidente da Câmara afirma que projeto não "irá retroagir nos direitos já garantidos e nada irá avançar que traga qualquer dado aos diretos das mulheres"
"Não vamos intervir", afirma porta-voz de Milei sobre foragidos do 8 de janeiro

"Não vamos intervir", afirma porta-voz de Milei sobre foragidos do 8 de janeiro

Em entrevista ao SBT, Manuel Adorni disse que não cabe ao governo decidir sobre asilo a brasileiros condenados por atos antidemocráticos que estão na Argentina
Publicidade
Publicidade