Publicidade

Show de Madonna leva 1,6 milhão de pessoas a Copacabana, no Rio

Segundo a Riotur, o quarto show da artista pop no Brasil, que celebra os 40 anos de carreira da popstar, tornou-se o maior da sua carreira

Show de Madonna leva 1,6 milhão de pessoas a Copacabana, no Rio
Última apresentação do "Celebration Tour" fez uma retrospectiva de sua carreira nos últimos 40 anos | Reprodução
Publicidade

O show de Madonna levou uma multidão de 1,6 milhão de pessoas a orla de Copacabana, na noite de sábado (4) e encerrou a turnê mundial "The Celebration Tour". Segundo a Riotur, empresa de turismo da Prefeitura do Rio de Janeiro, o número superou a estimativa esperada de 1,5 milhão.

+ Confira todas as notícias de Brasil

Após 12 anos, a popstar fez o seu quarto show no Brasil, que começou com uma hora de atraso, às 22h30 e terminou 2 horas depois, transformando o Rio no maior palco do país.

A presença da Madonna na capital do Rio de Janeiro movimentou milhares de turistas de todo o mundo, afoitos para ver a artista em ação.

A primeira apresentação foi em 1993, com "The Girlie Show", depois, ela retornou ao país na turnê "Sticky and sweet tour", em 2008, e o terceiro show foi em 2012, no "MDNA".

Durante o show de sábado, Madonna fez uma apresentação que juntou música, sucessos e teatro, com atos performáticos de sua própria trajetória estrelada.

Contou com a participação dos filhos, das cantoras Anitta e Pabllo Vittar, que subiram ao palco apenas para contracenar com a diva pop.

Ambas vestiam camisas da seleção brasileira de futebol, nas cores verde e amarela.

Durante a música "Music", de 2000, Pabllo Vittar apareceu no palco e performou com Madonna.

Elas dançaram juntas ao incremento de som de ritmistas mirins de várias escolas de samba brasileiras.

Michael Jackson foi lembrado nos telões durante a música Like a Virgin, que foi mixada com Billie Jean.

A popstar norte-americana homenageou pessoas que morreram por causa da Aids, durante a performance "Live to Tell" e chorou durante a canção enquanto nos telões do palco mostravam fotos de famosos que morreram por causa da doença, como Renato Russo (Legião Urbana) e Cazuza.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Madonna
Rio de Janeiro
Show
Música
Cultura
Brasil

Últimas notícias

Atentado contra Donald Trump: o que se sabe até agora

Atentado contra Donald Trump: o que se sabe até agora

Candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos foi alvejado durante comício na Pensilvânia; ao menos duas pessoas morreram no ato criminoso
Atirador fez vários disparos de "posição elevada" do lado de fora de comício de Trump, diz Serviço Secreto

Atirador fez vários disparos de "posição elevada" do lado de fora de comício de Trump, diz Serviço Secreto

O porta-voz do órgão, Anthony Guglielmi, afirmou que o autor dos disparos foi “neutralizado” logo após atirar
Trump diz que sentiu bala rasgando sua pele em atentado nos EUA

Trump diz que sentiu bala rasgando sua pele em atentado nos EUA

Ex-presidente foi atingido durante comício. Duas pessoas morreram no ato, uma delas era o suposto atirador. Ainda há um ferido
Biden condena violência e diz estar orando por Trump após atentado

Biden condena violência e diz estar orando por Trump após atentado

Presidente agradeceu ao Serviço Secreto por colocar seu adversário político em segurança
Atentado em comício de Trump: Atirador foi morto por agentes do Serviço Secreto

Atentado em comício de Trump: Atirador foi morto por agentes do Serviço Secreto

Uma pessoa que participava do evento na Pensilvânia também foi morta, segundo promotor. Campanha afirma que Trump "está bem" e em segurança
Lula se solidariza com Trump e diz que ataque é inaceitável

Lula se solidariza com Trump e diz que ataque é inaceitável

Candidato à presidência americana foi ferido durante comício na Pensilvânia
Confira números sorteados em jogo da Mega-Sena, que tem prêmio acumulado de R$ 15 mi

Confira números sorteados em jogo da Mega-Sena, que tem prêmio acumulado de R$ 15 mi

Apostas podem ser feitas em agências lotéricas de todo o país ou pelo site da Caixa
Trump "está bem", afirma campanha após atentado durante comício na Pensilvânia

Trump "está bem", afirma campanha após atentado durante comício na Pensilvânia

Ex-presidente dos EUA discursava quando teria sido atingido na orelha direita. Segundo o Serviço Secreto, o republicano "está em segurança"
“Nossa solidariedade ao maior líder mundial”, diz Bolsonaro sobre tiros em comício de Trump

“Nossa solidariedade ao maior líder mundial”, diz Bolsonaro sobre tiros em comício de Trump

O ex-presidente brasileiro se manifestou na rede social X sobre suposto ataque ao ex-presidente dos Estados Unidos
Donald Trump é alvo de ataque durante comício na Pensilvânia

Donald Trump é alvo de ataque durante comício na Pensilvânia

Imagens mostram ex-presidente dos EUA com ferimentos na orelha após sons de tiros; suspeito foi morto por seguranças do Serviço Secreto
Publicidade
Publicidade