Publicidade

Paramore cancela show no Lollapalooza 2024 e Kings of Leon entra como banda substituta

Banda era principal atração do dia 23 de março; organização garante reembolso a fãs

Paramore cancela show no Lollapalooza 2024 e Kings of Leon entra como banda substituta
paramore, lollapalooza, kings of leon
Publicidade

A organização do Lollapalooza Brasil anunciou nesta quinta-feira (18) o cancelamento do show do Paramore, que aconteceria no dia 23 de março. A banda era a principal atração do sábado e agora será substituída pela Kings of Leon, das músicas “Sex on Fire” e “Use Somebody”.

Motivo do cancelamento

Em seu comunicado, o festival alegou que a troca foi feita por “motivos pessoais” do grupo, formado por Hayley Williams, Taylor York e Zac Farro. Fãs têm especulado sobre o futuro da banda, já que eles apagaram as publicações nas redes sociais e desativaram seu site.

Pedido de reembolso

A organização do evento ainda informou que quem comprou ingresso diário, o chamado Lolla Day, para o dia do show poderá pedir reembolso de 19 a 28 de janeiro. "Por liberalidade, o festival disponibilizará aos compradores de ingressos diários (Lolla Day SÁBADO) a possibilidade de solicitar reembolso entre os dias 19 e 28 de Janeiro de 2024. Somente titulares de ingressos diários (Day), em todas as suas modalidades - Lolla Day, Lolla Comfort Day e Lolla Lounge Day - são elegíveis ao reembolso”, comunicaram.

O que é Lollapalooza

Criado em 1997, nos Estados Unidos, o Lollapalooza acontece no Brasil desde 2012. Neste ano, acontecerá nos dias 22, 23 e 24 de março, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

O line-up do Lollapalooza 2024 conta tanto com nomes internacionais como Blink-182, Arcade Fire, Limp Bizkit, SZA, Sam Smith, Dove Cameron, Diplo e Jaden quanto artistas nacionais como MC Livinho + MC Davi, Marcelo D2, Gilberto Gil, Titãs, Luísa Sonza e BK.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Mundo
Cinema
Música

Últimas notícias

Moraes descarta adiamento das eleições municipais no Rio Grande do Sul

Moraes descarta adiamento das eleições municipais no Rio Grande do Sul

O presidente do TSE afirmou, na sessão plenária desta terça (21), que não houve qualquer dano estrutural que impeça o pleito na data prevista
Quase metade das empresas do setor calçadista foi afetada pelas enchentes no RS

Quase metade das empresas do setor calçadista foi afetada pelas enchentes no RS

Estado é o segundo maior fabricante de calçados do Brasil, perdendo apenas para o Ceará
Nível da Lagoa dos Patos aumenta e Rio Grande (RS) tem 7 zonas em alerta

Nível da Lagoa dos Patos aumenta e Rio Grande (RS) tem 7 zonas em alerta

Atualmente, mais de 600 pessoas estão desabrigadas no município
Tragédia do Rio Grande do Sul mobiliza recursos para saúde

Tragédia do Rio Grande do Sul mobiliza recursos para saúde

Mais de R$ 1,5 bilhão em recursos já foram destinados à área desde início das chuvas
Engenheiros alertaram sobre deficiências em casas de bombas de Porto Alegre em 2018 e 2023

Engenheiros alertaram sobre deficiências em casas de bombas de Porto Alegre em 2018 e 2023

Ano passado, após o Guaíba ultrapassar a cota de inundação de 3 metros, técnicos alertaram sobre a "necessidade urgente de resolução dos problemas nas estações"
Processos da Lava Jato contra Marcelo Odebrecht são anulados por Toffoli

Processos da Lava Jato contra Marcelo Odebrecht são anulados por Toffoli

Ministro do STF diz ter ocorrido "conluio processual" do ex-juiz Moro e de procuradores da República da força-tarefa da Lava Jato
Mourão critica políticos por “exploração” da calamidade após chuvas no RS

Mourão critica políticos por “exploração” da calamidade após chuvas no RS

Para senador, tanto aliados quanto nomes da esquerda têm feito “filminhos” para beneficiar projetos políticos
Desembargadora que atacou Marielle Franco nas redes sociais é afastada pelo CNJ

Desembargadora que atacou Marielle Franco nas redes sociais é afastada pelo CNJ

Magistrada é acusada de disseminar informações falsas ao afirmar que a vereadora estava “engajada com bandidos” e foi eleita com a ajuda do Comando Vermelho
Governo faz proposta de aumento médio de 28% em quatro anos para técnicos em educação

Governo faz proposta de aumento médio de 28% em quatro anos para técnicos em educação

Entre pontos principais da solução apresentada, estão parcelas de reajuste de 9% em janeiro de 2025 e 5% em abril de 2026
Governo precisa confirmar fonte de receita para incluir municípios na reoneração, diz líder

Governo precisa confirmar fonte de receita para incluir municípios na reoneração, diz líder

Segundo relator, líder Jaques Wagner, proposta deve ser atualizada e votação sai na próxima semana
Publicidade
Publicidade