Publicidade

Distribuidora de energia paulista tem 24 horas para prestar esclarecimentos

Mais de 2 milhões ficaram sem energia desde o vendaval de 6ª feira (3.nov)

Distribuidora de energia paulista tem 24 horas para prestar esclarecimentos
Vendaval derruba árvores em São Paulo
Publicidade

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), do ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), acionou a Enel São Paulo para prestar informações, em no máximo 24 horas, sobre a regularização da distribuição de energia elétrica diante da interrupção de fornecimento na cidade de São Paulo e outros 23 municípios da região metropolitana.
 
+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

De acordo com a solicitação, a ENEL terá que prestar informações sobre as razões das interrupções, ampliar os canais de atendimento, minimizar os danos causados e ressarcir os consumidores afetados. A concessionária de energia também terá que apresentar um plano de contingência em caso de eventos climáticos extremos e detalhar os prazos, recursos e pessoal envolvidos nas estratégias de trabalho. 

A Senacon acompanha os serviços da ENEL em parceria com o Procon paulista para monitoramento dos efeitos causados pela interrupção do fornecimento e os reparos dos danos causados. 

+ Sobe para sete o número de mortos por causa das chuvas em SP

A Secretaria elencou as seguintes orientações para os consumidores prejudicados: 

a) entrar em contato com a concessionária, relatando o problema e pedindo informações sobre o prazo para normalização do serviço, com registro de protocolo do atendimento.

b) os produtos que precisam de refrigeração e foram perdidos pela ausência de energia elétrica deverão ser ressarcidos.

c) os eletrodomésticos e aparelhos eletroeletrônicos que deixaram de funcionar em razão da queda ou descarga de energia elétrica, o consumidor deve registrar o fato nos canais disponibilizados pela concessionária, no prazo de até 90 dias.

d) para ressarcimento, a concessionária terá 10 dias para inspecionar o equipamento danificado; um dia para equipamento utilizado ao acondicionamento de alimentos perecíveis ou medicamentos; 15 dias para apresentar, por escrito, resposta ao pedido e 20 dias para providenciar o ressarcimento. 

e) a concessionária deverá informar o consumidor data e horário aproximado da inspeção ou da disponibilidade do equipamento. Não havendo essa vistoria, o prazo para resposta será de 15 dias, a partir da solicitação do ressarcimento.

f) o consumidor não deve tentar consertar o equipamento danificado, salvo nos casos em que houver autorização prévia e formal da concessionária.

Os consumidores também podem acionar um canal de denúncias que foi criado pela Senacon ou Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) que informa os dados do monitoramento da prestação contínua e a eficiência da concessionária. A expectativa da ENEL é normalizar a distribuição até 3ª feira (7.nov)

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbtnews
portalnews
notícias
enel
vendaval são paulo
interrupção energia

Últimas notícias

Galeria de fotos de ex-presidentes deve ser reinaugurada em breve no Palácio do Planalto

Galeria de fotos de ex-presidentes deve ser reinaugurada em breve no Palácio do Planalto

O espaço foi destruído em 8 de janeiro de 2023, quando golpistas invadiram sedes dos Três Poderes, em Brasília
Marido é sequestrado um dia depois do casamento

Marido é sequestrado um dia depois do casamento

Padrinho e testemunha do casamento também foram raptados; crime foi cometido enquanto mulher entregava buquê para pintura
Implosão do submersível Titan completa 1 ano: relembre a tragédia

Implosão do submersível Titan completa 1 ano: relembre a tragédia

Cinco pessoas morreram no acidente; investigações sobre a expedição continuam nos Estados Unidos
Justin Timberlake é preso em Nova York

Justin Timberlake é preso em Nova York

Cantor foi detido por estar dirigindo embriagado e está sob custódia da polícia local
Brasil registrou 127 homicídios por dia em 2022, diz Atlas da Violência

Brasil registrou 127 homicídios por dia em 2022, diz Atlas da Violência

Estudo também destaca mais de cinco mil mortes classificadas como "ocultas", quando a causa não foi esclarecida
Comerciante é vítima de fake news após assalto em joalheria

Comerciante é vítima de fake news após assalto em joalheria

Homem teve fotos e vídeos divulgados nas redes sociais como se fosse assaltante
Lula critica "taxa das blusinhas", mas sinaliza que não deve vetar medida: "Assumi compromisso"

Lula critica "taxa das blusinhas", mas sinaliza que não deve vetar medida: "Assumi compromisso"

Presidente admitiu acordo para cobrar 20% de PIS/Cofins em projeto do Mover; petista também falou sobre derrota no PL das "saidinhas"
Bill Gates aposta em startup para construir usina nuclear nos Estados Unidos

Bill Gates aposta em startup para construir usina nuclear nos Estados Unidos

Projeto visa construir unidade energética em uma antiga usina de carvão em Wyoming para atender a crescente demanda por eletricidade do país
Pauta de costumes "não tem nada a ver com realidade que estamos vivendo", comenta Lula sobre PL do aborto

Pauta de costumes "não tem nada a ver com realidade que estamos vivendo", comenta Lula sobre PL do aborto

Para presidente, debate é "cru" e assunto deveria ser razões que motivam necessidade do procedimento: "Estamos retrocedendo nesta pauta"
Lula diz que presidente do Banco Central tem lado político e trabalha para prejudicar o Brasil

Lula diz que presidente do Banco Central tem lado político e trabalha para prejudicar o Brasil

Presidente da República afirmou que Roberto Campos Neto pode se tornar um "novo Sergio Moro"
Publicidade
Publicidade