Publicidade

Apenas 21% rejeitaram governo de Celina como governadora do DF, diz pesquisa

Levantamento do instituto Ex Data mostra análise de vice-governadora, que comandou capital por 66 dias

Apenas 21% rejeitaram governo de Celina como governadora do DF, diz pesquisa
Publicidade

Uma pesquisa feita com 2 mil brasilienses avaliou o desempenho da governadora interina, Celina Leão (PP), durante os 66 dias de afastamento do titular, Ibaneis Rocha (MDB). O levantamento do Instituto Ex Data concluiu que 33% da população considerou o governo como ótimo ou bom, 40% como regular, 21% como ruim ou péssimo e 6% não quiseram ou não souberam opinar. Pouco mais de 71% dos entrevistados foram pessoas que recebem até 3 salários mínimos. 

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Celina Leão, vice-governadora do DF, ocupou o cargo de governadora durante os 66 dias em que o titular, Ibaneis Rocha, ficou afastado por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), por suspeita de omissão diante dos atos de depredação dos prédios dos 3 poderes, na capital federal. 

A pesquisa representa um primeiro termômetro sobre a performance de Celina Leão, já que o nome dela figura como uma possível sucessora na próxima eleição para o Governo do Distrito Federal (GDF). O atual governador, Ibaneis Rocha, que foi reeleito em primeiro turno, cumpre o segundo mandato e, por isso, sem possibilidade de concorrer para o mesmo cargo em 2026. 

Sobre a pesquisa

O Instituto Ex Data, realizou a pesquisa por telefone, com 2 mil entrevistados, entre os dias 16 e 17 de março. A margem de erro do levantamento é de 3% e a confiabilidade de 99%.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
brasil
distrito federal
governo do distrito federal
celina leão
soane-guerreiro

Últimas notícias

Mais de 20% das indicações de cirurgia para endometriose são desnecessárias, conclui estudo

Mais de 20% das indicações de cirurgia para endometriose são desnecessárias, conclui estudo

Pesquisa do Hospital Albert Einstein mostra que, na maioria dos casos, a doença pode ser tratada com medicação
Uma em cada oito pessoas no mundo sofre com obesidade

Uma em cada oito pessoas no mundo sofre com obesidade

Além dos obesos, a pesquisa constatou que 43% dos adultos do mundo estão com sobrepeso
Mosquito da dengue oferece risco também a cachorros e gatos

Mosquito da dengue oferece risco também a cachorros e gatos

Aedes aegypti pode transmitir aos pets doença conhecida como 'verme do coração'; conheça sintomas e tratamento
José Dirceu deve ter alta hospitalar neste sábado

José Dirceu deve ter alta hospitalar neste sábado

Político está internado desde o dia 25 de fevereiro por causa de uma pneumonia
Brasil volta a ser top 10 das maiores economias do mundo com PIB de 2023

Brasil volta a ser top 10 das maiores economias do mundo com PIB de 2023

País ocupa atualmente a 9ª colocação, à frente de Canadá, Rússia e Austrália. Confira lista
Militares que metralharam família no RJ podem ter penas reduzidas de 30 para 3 anos

Militares que metralharam família no RJ podem ter penas reduzidas de 30 para 3 anos

Dois ministros do STM consideraram homicídio culposo a ação do Exército que teve 257 tiros de fuzil e resultou em duas mortes
Mistura de biodiesel no diesel sobe para 14% a partir desta sexta

Mistura de biodiesel no diesel sobe para 14% a partir desta sexta

Combinação evita a emissão de 5 milhões de toneladas de gás carbônico na atmosfera
Aumento de casos de doenças como a dengue deve causar impacto de até R$ 20 bilhões no PIB

Aumento de casos de doenças como a dengue deve causar impacto de até R$ 20 bilhões no PIB

País pode fechar o ano com mais de quatro milhões de infectados por arboviroses
Belo Horizonte inaugura hospital de campanha para atendimento de pacientes com dengue

Belo Horizonte inaugura hospital de campanha para atendimento de pacientes com dengue

Minas Gerais é o estado com o maior número de casos prováveis da doença
Polícia prende 23 pessoas que aplicavam golpes em comerciantes de sete estados

Polícia prende 23 pessoas que aplicavam golpes em comerciantes de sete estados

"Central de telemarketing do crime" funcionava em São Paulo; idosos eram vítimas preferidas
Publicidade
Publicidade