Publicidade

Rim lidera espera por transplante no país com mais de 37 mil pessoas

Transplante de coração do Faustão chamou atenção para listas, mas a maior busca não é pelo órgão

Rim lidera espera por transplante no país com mais de 37 mil pessoas
Publicidade

O transplante de coração do apresentador Fausto Silva chamou a atenção para a lista de espera por órgãos no país, mas a maior busca não é por um coração. Do total de 66.250 pessoas que precisam de transplantes, segundo o Ministério da Saúde, mais da metade aguarda por um rim, são 37.082 pacientes. Eles enfrentam rotinas exaustivas de hemodiálise. É o caso da Valéria Marques Silva, de 35 anos, que passa quatro horas sentada, três dias na semana, para realizar o tratamento. Ela tinha apenas 17 anos quando os rins pararam de funcionar. 

"Eu transplantei, a minha mãe doou pra mim, porém, esse rim transplantado ele veio a parar novamente agora em 2021. Eu trabalhava, mas, infelizmente, eu tive que me afastar. Saio daqui às vezes passando mal por causa do processo", conta Valéria.

Alguns pacientes passam anos fazendo diálise, mas o tratamento adequado para viver mais, e melhor, é o transplante. A espera varia de um estado para o outro, pode levar mais de cinco anos. Reduzir esse tempo depende de uma atitude que qualquer um pode tomar: tornar-se doador. Só que esbarra na resistência das famílias quando perdem entes queridos. Esse médico explica que a comprovação da morte encefálica de um paciente, primeira condição para a doação, é 100% segura.

"Um exame comprobatório da ausência de fluxo sanguíneo no cérebro e uma segunda avaliação da morte encefálica é que determinam quem são as pessoas que podem ser doadoras", Roberto Manfro, nefrologista membro da Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos.

Para definir quem tem prioridade na hora de receber o órgão, é levado em consideração não apenas o fator da necessidade, mas também a probabilidade de sucesso no longo prazo. Sem o transplante, só a diálise mantém o doente vivo. O problema é que há um déficit de 10 mil vagas em clínicas que disponibilizam o tratamento.

Segundo o diretor da Sociedade Brasileira de Nefrologia, Lúcio Requião, essa falta de vagas tem gerado um acúmulo de pacientes internados por mais de um mês e que ocupam um leito de hospital quando poderiam estar fazendo tratamento em casa. As principais causas que levam à falência dos rins são hipertensão e diabetes. O tratamento adequado dessas doenças previne o desenvolvimento da doença renal crônica.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
noticias
sbt-brasil
saúde
lista
espera
transplante
rim
faustão
simone-queiroz

Últimas notícias

Morre integrante da Força Aérea americana que ateou fogo ao próprio corpo

Morre integrante da Força Aérea americana que ateou fogo ao próprio corpo

Ato foi realizado em crítica à ofensiva israelense na Faixa de Gaza, iniciada em outubro de 2023, dizem autoridades
Galaxy Ring deve ser lançado no fim do ano, diz Samsung

Galaxy Ring deve ser lançado no fim do ano, diz Samsung

Dispositivo vestível consegue analisar dados de saúde, como sono, frequência cardíaca e precisa funcionar integrado ao smartphone Galaxy S24
RJ: Acidente com ônibus deixa 25 feridos na Baixada Fluminense

RJ: Acidente com ônibus deixa 25 feridos na Baixada Fluminense

Bombeiros afirmam que cinco pessoas estão em estado grave; Vítimas foram levadas para unidades municipais em Itaguaí
Crise Americanas: Empresa tem prejuízo de R$ 4,6 bi em nove meses de 2023

Crise Americanas: Empresa tem prejuízo de R$ 4,6 bi em nove meses de 2023

Apesar dos resultados negativos, companhia disse que superou o momento mais difícil desde que entrou em recuperação judicial. Relembre o caso
Policiais são investigados por tráfico de armas em Salvador

Policiais são investigados por tráfico de armas em Salvador

Eles apreenderam quatro fuzis que estavam de posse de criminosos, mas não apresentaram os armamentos em unidade da Polícia Civil
Helicóptero faz resgate cinematográfico no Rio; veja

Helicóptero faz resgate cinematográfico no Rio; veja

Mulher havia quebrado a perna na Pedra do Telégrafo; local é de difícil acesso
Cantor sertanejo é assassinado a tiros após ter casa invadida no interior de São Paulo

Cantor sertanejo é assassinado a tiros após ter casa invadida no interior de São Paulo

Polícia Civil investiga homicídio do integrante da dupla 'Wesley e Gustavo'; suspeito foi capturado em Minas Gerais
Musk quer concorrer com serviço de email Gmail e sugere Xmail

Musk quer concorrer com serviço de email Gmail e sugere Xmail

Anuncio aconteceu em meio a uma onda de desinformação contra o serviço de mensagens do Google
Pai acusa creche de omissão após bebê voltar para casa com marcas de mordida no Rio

Pai acusa creche de omissão após bebê voltar para casa com marcas de mordida no Rio

Ele afirma que a menina foi mordida e machucada por pelo menos dois colegas e monitora não prestou socorro
Aliados de Bolsonaro chamam ato na Paulista de “momento histórico”; Base de Lula avalia como afronta à democracia

Aliados de Bolsonaro chamam ato na Paulista de “momento histórico”; Base de Lula avalia como afronta à democracia

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann fez duras críticas ao ex-presidente; já Coronel Telhada chamou Bolsonaro de estadista
Publicidade
Publicidade