Publicidade

Dono de chácara onde 3 morreram eletrocutados diz que não tinha noção do risco

Elmon Cavassin afirmou que ele próprio frequentava a piscina onde se deu a fatalidade. Local funcionava como parque aquático, mas não tinha alvará

Dono de chácara onde 3 morreram eletrocutados diz que não tinha noção do risco
Publicidade

A Polícia ouviu nesta terça-feira (6) o depoimento do dono da chácara onde três pessoas morreram eletrocutadas dentro de uma piscina, na região metropolitana de Curitiba (PR). O local não tem alvará, mas funcionava como uma espécie de parque aquático.

O proprietário da chácara chegou com a família e o advogado para prestar depoimento. Ele disse que não imaginava que a fiação elétrica pudesse se romper sobre a piscina, depois de ser atingida por um galho de árvore durante uma ventania.

"Se nós tivesse (sic) esse entendimento, que a gente não tinha, do risco que esse fio viesse a causar, jamais colocaria minha filha, minha família, eu mesmo curto aquele espaço", disse Elmon Cavassin, proprietário da chácara.

O advogado Leandro Grudina afirmou que Elmon está dando suporte para as famílias das vítimas e que o poste e a fiação elétrica não são de responsabilidade dele.

A Companhia Paranaense de Energia, concessionária que atua na região da chácara, em Rio Branco do Sul, região metropolitana de Curitiba, disse que não possui gestão sobre o local.

A polícia aguarda o resultado da perícia, que deve apontar se houve ou não falha humana na manutenção elétrica na chácara. Segundo a investigação, a mesma fiação já havia se rompido em outra oportunidade. "Até que ponto isso auxiliou ou não no novo rompimento vai ser esclarecido na confecção do laudo", disse o delegado Gabriel Fontana.

Roseli da Silva Santos, de 40 anos, e os filhos Emily Raiane de Lara, de 23, que estava grávida, e Agner Cauã Coutinho dos Santos, de 17, morreram eletrocutados no último domingo (3). Nove pessoas que ficaram feridas seguem internadas nos hospitais da região.

A chácara, que havia sido alugada para um grupo de cerca de trinta pessoas, não tem alvará de funcionamento para parque aquático. Ela foi cadastrada na junta comercial como prestadora de atividade de limpeza.

"Foi procurado um profissional de contabilidade pra fazer esse cadastro. A princípio, por não ter esse conhecimento técnico, os proprietários solicitaram esse serviço e receberam o cadastro pronto, com todas as informações dizendo que estariam aptos pra poder atuar na profissão", disse o advogado do proprietário da chácara.

Em nota, a prefeitura de Rio Branco do Sul disse que a chácara não passava por fiscalização porque os donos, ao abrirem o CNPJ, não declararam corretamente a atividade desempenhada.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Energia
Acidente
Morte

Últimas notícias

Seif gasta mais de R$ 30 mil do Senado para antecipar voo e conseguir ir a ato de Bolsonaro

Seif gasta mais de R$ 30 mil do Senado para antecipar voo e conseguir ir a ato de Bolsonaro

Senador por Santa Catarina publicou várias fotos dele participando da manifestação na Avenida Paulista
Celular tem bateria gigante que dura uma semana e pesa meio quilo

Celular tem bateria gigante que dura uma semana e pesa meio quilo

Empresa garante que Energizer P28K dura 122 horas de conversação e até 94 dias em modo de espera
Disparo de atirador de elite impede criminoso armado que fazia filha como refém

Disparo de atirador de elite impede criminoso armado que fazia filha como refém

Ainda não há informações sobre a motivação do crime; homem disparou contra a cabeça da esposa antes do sequestro
Creche pública fica destelhada após chuva em São Paulo

Creche pública fica destelhada após chuva em São Paulo

Nenhum aluno foi ferido, mas as crianças serão transferidas para outras unidades enquanto a escola estiver em reforma
Na ONU, Silvio Almeida diz que ação de Israel em Gaza é "punição coletiva" a palestinos

Na ONU, Silvio Almeida diz que ação de Israel em Gaza é "punição coletiva" a palestinos

Ministro dos Direitos Humanos e da Cidadania também afirmou que ocupação israelense é "ilegal e viola normas internacionais"
Pai de jovem morto com fuzil diz que não foi dada ordem de parada

Pai de jovem morto com fuzil diz que não foi dada ordem de parada

Ainda segundo o parente, amigo que estava em moto não fugiu e foi procurar ajuda; testemunha relata que PMs foram agressivos
Morre integrante da Força Aérea americana que ateou fogo ao próprio corpo

Morre integrante da Força Aérea americana que ateou fogo ao próprio corpo

Ato foi realizado em crítica à ofensiva israelense na Faixa de Gaza, iniciada em outubro de 2023, dizem autoridades
Galaxy Ring deve ser lançado no fim do ano, diz Samsung

Galaxy Ring deve ser lançado no fim do ano, diz Samsung

Dispositivo vestível consegue analisar dados de saúde, como sono, frequência cardíaca e precisa funcionar integrado ao smartphone Galaxy S24
RJ: Acidente com ônibus deixa 25 feridos na Baixada Fluminense

RJ: Acidente com ônibus deixa 25 feridos na Baixada Fluminense

Bombeiros afirmam que cinco pessoas estão em estado grave; Vítimas foram levadas para unidades municipais em Itaguaí
Crise Americanas: Empresa tem prejuízo de R$ 4,6 bi em nove meses de 2023

Crise Americanas: Empresa tem prejuízo de R$ 4,6 bi em nove meses de 2023

Apesar dos resultados negativos, companhia disse que superou o momento mais difícil desde que entrou em recuperação judicial. Relembre o caso
Publicidade
Publicidade