Publicidade

Ucranianos se acostumam a viver com alerta de ataques após 2 anos de guerra

Entre um bombardeio e outro, Odessa, uma das cidades mais visadas pelos russos, tenta seguir em frente

Ucranianos se acostumam a viver com alerta de ataques após 2 anos de guerra
Ucranianos tentam viver normalmente após dois anos de guerra | Divulgação/Governo da Ucrânia
Publicidade

Após mais de dois anos de guerra contra a Rússia, os ucranianos aprenderam, aos poucos, a conviver com a rotina de alertas de ataques e tentam levar uma vida de aparente normalidade.

Entre um bombardeio e outro, Odessa, uma das cidades mais visadas pelos russos, tenta seguir em frente apesar dos muitos sinais do conflito, como as esculturas cobertas para protegê-las de ataques e os arames que cercam um dos principais pontos turísticos da cidade, porque fica ao lado do porto, um alvo constante nessa guerra.

Com o espaço aéreo fechado há mais de dois anos, dá para viajar pela área controlada pela Ucrânia de trem ou carro, mas passando por muitas barreiras de segurança montadas pelo Exército. Foi pela estrada que viajamos por quase oito horas entre Odessa e Kiev, onde a vida também segue.

Inclusive para alguns brasileiros que ainda estão em território ucraniano, como o médico Rony de Moura. "Eu vivo aqui, nesse apartamento. Temos um bunker bem ali. Quando tem sirene, a gente sempre é aconselhado a ir para os bunkers por motivo de seguridade", diz.

Além da preocupação, a guerra fez aumentar também o custo de vida. "Os preços praticamente dobraram alguns produtos, água, por exemplo. Energia também está bastante cara", conta o médico.

A procura pela normalidade se mistura com o alerta constante de ataques, como no dia em que gravamos essa reportagem. O incrível é que isso não tem mudado muito a rotina da cidade. Muitas pessoas continuam simplesmente andando pelas ruas, como se nada estivesse acontecendo. Mesmo quando há um alerta máximo em todo o país.

O aplicativo desenvolvido pelo governo ucraniano para emitir os avisos traz uma voz familiar. "Seu excesso de confiança é sua fraqueza", diz a mensagem gravada pelo ator Mark Hamill, do filme Guerra nas Estrelas, sobre uma ameaça que não é ficção.

Em um hotel, até camas foram colocadas na garagem adaptada pra ser um abrigo antiaéreo. Muitos hóspedes, no entanto, fazem como milhões de ucranianos que, apesar do perigo, seguem adiante, desafiando a sorte e o pânico que os russos querem impor.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Guerra na Ucrânia
Guerra
Ucrânia
Rússia
Mundo

Últimas notícias

Surfista que atuou em "Piratas do Caribe" e "As Panteras" morre após ser atacado por tubarão no Havaí

Surfista que atuou em "Piratas do Caribe" e "As Panteras" morre após ser atacado por tubarão no Havaí

Atleta trabalhava como socorrista e instrutor de surfe em Honolulu; também fez pontas em séries como "Lost"
Garagem com motos roubadas é descoberta na zona leste de SP

Garagem com motos roubadas é descoberta na zona leste de SP

GCM localizou os veículos com o auxílio de uma empresa de rastreamento; ao menos sete motos estavam guardadas no local
Roubo de Ozempic: adolescentes são apreendidos após levarem medicamento de farmácia em SP

Roubo de Ozempic: adolescentes são apreendidos após levarem medicamento de farmácia em SP

Suspeitos roubaram 13 caixas de Ozempic e 11, de Venvanse. Medicamentos são usados para tratar diabete e TDAH, mas também auxiliam no emagrecimento
ENGANOSO: Enchente em São Leopoldo (RS) não foi causada por rompimento de barragem

ENGANOSO: Enchente em São Leopoldo (RS) não foi causada por rompimento de barragem

Confira a verificação realizada pelos jornalistas integrantes do Projeto Comprova
Brasil Agora: Professores das universidades federais encerram greve após 69 dias

Brasil Agora: Professores das universidades federais encerram greve após 69 dias

Confira essas e outras notícias que serão destaque nesta segunda-feira (24)
INSS libera benefícios para segurados que recebem até um salário mínimo; veja como consultar

INSS libera benefícios para segurados que recebem até um salário mínimo; veja como consultar

Pagamentos serão feitos conforme o número final do cartão de pagamento; moradores do RS terão depósitos antecipados
No dia de São João, governo reconhece quadrilhas como manifestação da cultura nacional

No dia de São João, governo reconhece quadrilhas como manifestação da cultura nacional

Dança típica foi considerada relevante para a identificação regional nas apresentações juninas
"Pausas táticas não aliviam situação humanitária em Gaza", diz OMS

"Pausas táticas não aliviam situação humanitária em Gaza", diz OMS

Combates paralelos e contínuo deslocamento forçado de civis dificultam a entrega de ajuda na região
Intenção de consumo das famílias cresce 0,5% em junho e mantém índice positivo

Intenção de consumo das famílias cresce 0,5% em junho e mantém índice positivo

Resultado foi influenciado pelo acesso ao crédito e pelo aquecimento do mercado de trabalho
Brasil ultrapassa marca de 6 milhões de casos de dengue em 2024

Brasil ultrapassa marca de 6 milhões de casos de dengue em 2024

SP e MG seguem liderando ranking de infecções; número de mortes confirmadas chega a 4 mil
Publicidade
Publicidade