Publicidade

Mísseis russos matam 7 pessoas na segunda maior cidade da Ucrânia

Estados Unidos devem anunciar cerca de R$ 1,42 bilhão em novas artilharias e munição para os ucranianos

Mísseis russos matam 7 pessoas na segunda maior cidade da Ucrânia
Mísseis russos matam 7 na segunda maior cidade da Ucrânia | Divulgação/Telegram/Zelenskiy/Official
Publicidade

Mísseis russos atingiram a cidade de Kharkiv, no nordeste da Ucrânia, matando pelo menos sete civis e ferindo 16 pessoas na manhã desta quinta-feira (23), de acordo com a Associated Press (AP). As explosões ocorreram enquanto as forças ucranianas tentavam conter uma ofensiva intensificada pelas tropas russas, que possuem maior número e melhor equipamento militar.

+ Presidente do Irã morto em queda de helicóptero será enterrado nesta quinta-feira (23)

O governador regional Oleh Syniehubov relatou que os mísseis S-300 causaram pelo menos 15 explosões na cidade, que abriga cerca de um milhão de habitantes. O presidente ucraniano Volodymyr Zelenskyy descreveu o ataque como “extremamente cruel” e reiterou sua frustração pela insuficiência de sistemas de defesa aérea fornecidos pelos aliados ocidentais, após mais de dois anos de guerra.

Kharkiv, capital da região homônima, fica a cerca de 20 quilômetros da fronteira russa. Nas últimas semanas, tropas russas capturaram vilarejos próximos, e analistas indicam que o objetivo pode ser colocar a cidade ao alcance da artilharia russa. A situação em Kharkiv e na região vizinha de Donetsk representa um dos maiores desafios para a Ucrânia desde o início da invasão russa em fevereiro de 2022.

Com recursos limitados e aguardando mais apoio militar ocidental, as forças ucranianas têm enfrentado dificuldades em várias partes da linha de frente, que se estende por cerca de 1.000 quilômetros ao longo do leste do país. A Ucrânia está enfrentando escassez de defesas aéreas, enquanto a Rússia continua a bombardear a infraestrutura elétrica e áreas civis, resultando em mais quedas de energia em Kyiv nesta quinta-feira (23).

Mísseis russos matam 7 na segunda maior cidade da Ucrânia | Divulgação/Telegram/Zelenskiy/Official

O ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba, destacou a necessidade urgente de mais sistemas de defesa aérea Patriot dos Estados Unidos. Embora a Alemanha tenha prometido um sistema, Kuleba afirmou que são necessários pelo menos mais seis para garantir a sobrevivência da Ucrânia e a paz na Europa.

Zelenskyy informou que, além de Kharkiv, a região de Donetsk também tem sido um ponto crítico nos combates. Recentemente, as tropas ucranianas recuaram do reduto de Avdiivka, e o controle total de Donetsk permanece uma prioridade para o Kremlin. Simultaneamente, as forças russas têm realizado incursões na região norte de Sumy, forçando a evacuação de cerca de 1.500 pessoas, incluindo 200 crianças, das cidades de Bilopillia e Vorozhba.

+ Perfis digitais de rádios e TV públicas são retirados do ar na Argentina por ordem de Milei

Em Liubotyn, a cerca de 10 quilômetros a oeste de Kharkiv, mísseis russos feriram oito civis ao atingirem o centro da cidade. A Rússia afirmou ter tomado o controle do assentamento de Andriivka em Donetsk, local de intensos combates em setembro, além de alegar avanços perto de Chasiv Yar, Konstantinovka e Rozdolivka. No entanto, essas informações não puderam ser verificadas de forma independente.

Enquanto a Ucrânia lida com a ofensiva russa, também direciona ataques às regiões russas fronteiriças. O Ministério da Defesa da Rússia relatou a interceptação de 35 foguetes ucranianos e três drones na região de Belgorod, onde um drone atingiu uma casa, matando uma mulher.

EUA anunciarão novo pacote de ajuda militar para a Ucrânia

Os Estados Unidos devem anunciar na sexta-feira (24) um novo pacote de ajuda militar de US$ 275 milhões (cerca de R$ 1,42 bilhão) para a Ucrânia, conforme informaram duas autoridades norte-americanas. Esta medida ocorre em resposta aos avanços das tropas russas em Kharkiv. O pacote inclui sistemas de foguetes de artilharia de alta mobilidade (HIMARS) e munições de artilharia de 155 mm e 105 mm.

Este é o quarto lote de ajuda militar desde que o Congresso aprovou um projeto de lei de ajuda externa no mês passado. Durante uma reunião de líderes de defesa de vários países na segunda-feira (20), o Secretário de Defesa dos EUA, Lloyd Austin, enfatizou a importância de continuar o envio de armas à Ucrânia diante dos desafios atuais.

+ Emirados Árabes Unidos coordenam iniciativa humanitária para auxiliar o RS a enfrentar impacto das enchentes

Desde a assinatura do pacote de ajuda externa de US$ 95 bilhões (cerca de R$ 489,25 bilhões) pelo Presidente Joe Biden, os EUA já anunciaram e começaram a enviar quase US$ 1,7 bilhão (cerca de R$ 8,76 bilhões) em armas dos estoques do Pentágono e US$ 6 bilhões (cerca de R$ 30,9 bilhões) em contratos de longo prazo para a indústria de defesa.

Com o novo pacote, a assistência militar total dos EUA à Ucrânia desde fevereiro de 2022 chega a quase US$ 51 bilhões (cerca de R$ 262,65 bilhões).

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Guerra
Guerra na Ucrânia
Ucrânia
Rússia
Moscou
Bomba
Morte
Civis
Mundo

Últimas notícias

Dez trabalhadores são regatados pela PF em situação análoga a escravidão no Mato Grosso do Sul

Dez trabalhadores são regatados pela PF em situação análoga a escravidão no Mato Grosso do Sul

Ação durou pouco mais de duas semanas em propriedades rurais na região do Pantanal
Deputada cassada por fazer harmonização com dinheiro público diz que provas foram forjadas

Deputada cassada por fazer harmonização com dinheiro público diz que provas foram forjadas

Silvia Waiãpi é acusada de utilizar recursos do Fundo Campanha para pagar o procedimento. Confira entrevista ao Poder Expresso
Governo define regras mais rígidas para distribuidoras de energia

Governo define regras mais rígidas para distribuidoras de energia

Segundo as novas normas, a satisfação do consumidor será um dos critérios de avaliação
Polícia do DF prende suspeitos de chefiar quadrilha que realizava falsos sequestros

Polícia do DF prende suspeitos de chefiar quadrilha que realizava falsos sequestros

Segundo as investigações, o grupo atuava em 15 estados
Vídeo: deputada é flagrada derramando água dentro da bolsa de colega nos EUA

Vídeo: deputada é flagrada derramando água dentro da bolsa de colega nos EUA

"Por cinco meses, passei por isso", desabafou parlamentar que teve a bolsa encharcada
Polícia Federal prende quadrilha suspeita de fraudes bancárias

Polícia Federal prende quadrilha suspeita de fraudes bancárias

Prisões foram em cinco diferentes cidades do estado de São Paulo
Dólar atinge R$ 5,46, maior valor em um ano e meio

Dólar atinge R$ 5,46, maior valor em um ano e meio

Alta acontece após críticas do presidente Lula à decisão do Copom de manter taxa de juros
Idosa de 105 anos recebe seu diploma de mestrado 83 anos após iniciar os estudos

Idosa de 105 anos recebe seu diploma de mestrado 83 anos após iniciar os estudos

Virginia precisou largar os estudos para casar com seu namorado da época, que foi chamado para servir na Segunda Guerra Mundial
Ronnie Lessa passa 1ª noite em presídio de SP, onde será monitorado dia e noite

Ronnie Lessa passa 1ª noite em presídio de SP, onde será monitorado dia e noite

Assassino confesso de Marielle Franco, em 2018, foi transferido de presídio federal em MS, como benefício da delação
Toffoli abre terceira via e STF adia decisão sobre descriminalização da maconha

Toffoli abre terceira via e STF adia decisão sobre descriminalização da maconha

Para o ministro, o porte da erva para consumo próprio já não tem natureza criminal. Julgamento continua na próxima terça (26)
Publicidade
Publicidade