Publicidade

Líder de gangue do Haiti promete lutar até que primeiro-ministro renuncie

Jimmy Chérizier alertou que onda de violência pode levar à guerra civil e ao genocídio no país

Líder de gangue do Haiti promete lutar até que primeiro-ministro renuncie
Publicidade

O Haiti segue enfrentando ondas de violência desde o último fim de semana, quando gangues armadas invadiram as duas maiores prisões do país e libertaram mais de 3 mil detentos. Jimmy Chérizier, um poderoso líder de gangues locais, afirmou que o atual caos no país levará à guerra civil caso o primeiro-ministro Ariel Henry não renuncie.

+ Haiti declara estado de emergência e impõe toque de recolher após fuga de milhares de detentos

"Se Ariel Henry não renunciar, se a comunidade internacional continuar a apoiá-lo, estaremos a caminhar diretamente para uma guerra civil que levará ao genocídio. Ou o Haiti se torna um paraíso ou um inferno para todos nós. Está fora de questão que um pequeno grupo de pessoas ricas que vivem em grandes hotéis decida o destino das pessoas que vivem em bairros da classe trabalhadora", disse Chérizier.

A declaração foi dada nessa terça-feira (5), quando o primeiro-ministro estava tentando voltar para o Haiti. Ele passou os últimos dias no Quênia, onde participou de negociações para o envio de forças policiais internacionais para ajudar a estabilizar a situação no país.

Isso porque o Haiti vem enfrentando uma grave crise política e de segurança desde o assassinato do presidente Jovenel Moïse, em 2021. A violência é causada por gangues armadas, que assumiram o controle de várias áreas do país, incluindo a capital, Porto Príncipe. Os grupos pedem a renúncia de Henry e a convocação de novas eleições.

+ Brasil diz que situação do Haiti é preocupante e pede urgência em apoio internacional

Chérizier, também conhecido como "Barbecue", está entre as gangues que seguem aterrorizando o território haitiano. Ele comanda um dos grupos mais poderosos do país: o G9 e Família. Por ser considerado responsável por graves violações aos direitos humanos, o líder já recebeu sanções dos Estados Unidos e das Nações Unidas (ONU).

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Mundo
Haiti
Violência
Gangues
Ariel Henry

Últimas notícias

"Quem se assustou que tome um chá de camomila", diz Maduro após Lula comentar "banho de sangue"

"Quem se assustou que tome um chá de camomila", diz Maduro após Lula comentar "banho de sangue"

Maduro também perguntou ao público: "Vocês querem que chegue ao poder um Milei? Que chegue um Bolsonaro?"
Resultado Mega-Sena 2752: ninguém acerta dezenas e prêmio acumula para R$ 65 milhões

Resultado Mega-Sena 2752: ninguém acerta dezenas e prêmio acumula para R$ 65 milhões

Cinco pessoas acertaram a quina e levaram R$ 51.676,02 cada
Macron recusa nomeação de primeira-ministra indicada pela esquerda

Macron recusa nomeação de primeira-ministra indicada pela esquerda

Presidente francês disse que só tomará decisão após Jogos Olímpicos
"A Caverna Encantada": conheça a nova novela do SBT que promete emoção e mistério

"A Caverna Encantada": conheça a nova novela do SBT que promete emoção e mistério

Com uma história repleta de mistérios, confusões, diversão, amor e fé, a trama promete conquistar toda a família brasileira
Grupos palestinos assinam acordo para reconstruir a Faixa Gaza

Grupos palestinos assinam acordo para reconstruir a Faixa Gaza

Formação da comunidade foi acordada nesta terça-feira (23), na China
Cientistas descobrem produção de oxigênio no fundo do mar que pode mudar o que sabemos da origem da vida

Cientistas descobrem produção de oxigênio no fundo do mar que pode mudar o que sabemos da origem da vida

Estudo publicado na revista Nature Geoscience mostra que há indícios de produção do gás mesmo sem fotossíntese
Eduardo Campos vai receber título de cidadão paulistano 10 anos após a morte

Eduardo Campos vai receber título de cidadão paulistano 10 anos após a morte

Prefeito de Recife, João Campos representará o pai na cerimônia
Suspeito morre após troca de tiros com a polícia na zona sul de São Paulo

Suspeito morre após troca de tiros com a polícia na zona sul de São Paulo

Policiais do GOE afirmam que realizavam patrulhamento na região, quando foram recebidos por disparos de arma de fogo
Brasil busca recorde de pódios nas Olimpíadas de Paris

Brasil busca recorde de pódios nas Olimpíadas de Paris

Rayssa Leal, Rebeca Andrade, Gabriel Medina e outros atletas podem contribuir para o país a garantir ainda mais medalhas na competição
Vídeo: Parque de Yellowstone nos EUA tem explosão hidrotérmica; entenda

Vídeo: Parque de Yellowstone nos EUA tem explosão hidrotérmica; entenda

Apesar do susto, não houve relatos de feridos no parque, que foi fechado temporariamente
Publicidade
Publicidade