Publicidade

Estados Unidos prestam apoio ao povo do Irã após morte do presidente

Governo americano afirmou que está ao lado do povo iraniano em sua luta por direitos humanos

Estados Unidos prestam apoio ao povo do Irã após morte do presidente
Ebrahim Raise viaja em aeronave | Reprodução/SBT
Publicidade

Os Estados Unidos prestaram condolências ao Irã pela morte do presidente do país, Ebrahim Raisi, do chanceler, Amir-Abdollahian, e a sua delegação, em acidente de helicóptero na província do Azerbaijão Oriental.

A mensagem americana foi enviada por meio do Departamento de Estado dos EUA, responsável pelas relações internacionais do país.

"Os Estados Unidos expressam as suas condolências oficiais pela morte do presidente iraniano, Ebrahim Raisi, do ministro dos Negócios Estrangeiros, Amir-Abdollahian, e de outros membros da sua delegação, num acidente de helicóptero no noroeste do Irã. No momento em que o Irã escolhe um novo presidente, reafirmamos o nosso apoio ao povo iraniano e à sua luta pelos direitos humanos e pelas liberdades fundamentais", disse Matthew Miller, em nota.

O futuro político do Irã

A morte do presidente Ebrahim Raisi, considerado o segundo homem mais importante na hierarquia do Irã, deve desencadear uma forte disputa interna pelo poder no país. É o que aponta o analista e especialista em Relações Internacionais, Uriã Fancelli, entrevistado pelo SBT News na TV. Segundo ele, o clima deve ser de "confusão" nas próximas semanas.

Agora, segundo a Constituição do país, o primeiro vice-presidente, Mohammad Mokhber, deve assumir o comando do país de forma interina. Ele deverá formar um conselho com autoridades para organizar, em até 50 dias, uma nova eleição presidencial.

"Acontecendo novas eleições, a população vai votar em um novo presidente. Com certeza será alguém bastante radical e linha-dura", diz Fancelli. "Mas pode ser que mude para o outro lado, porque o país vem enfrentando alguns protestos devido ao governo repressor, que também não tem conseguido levar muito bem a economia", analisa.

Em relação à política externa, o especialista afirma que não deve haver mudanças iniciais, uma vez que o cenário é ditado pelo líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei – figura acima do presidente. Ao lamentar a morte de Raisi nesta segunda-feira (20), inclusive, o líder afirmou que não haverá interrupções nos assuntos de Estados.

O acidente que vitimou Raisi

Raisi viajava de helicópteros na província do Azerbaijão Oriental na tarde de domingo (19), quando o piloto precisou fazer um pouso forçado em uma região de difícil acesso, com montanhas, florestas e intensa neblina. As operações de busca levaram à localização da aeronave e do local do acidente, confirmando a morte do presidente iraniano.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Irã
Estados Unidos
Morte
Helicóptero
Presidente

Últimas notícias

Chineses imitam pássaros no TikTok contra jornadas de trabalho "996"

Chineses imitam pássaros no TikTok contra jornadas de trabalho "996"

Trabalhadores chegam a cumprir 72 horas semanais de jornada, o que tem deixado jovens insatisfeitos e desanimados com seu futuro
Ex-jogador de futebol Kevin Campbell morre aos 54 anos

Ex-jogador de futebol Kevin Campbell morre aos 54 anos

Inglês foi internado com "uma doença grave" há duas semanas
Com 30% dos votos, Éder Mauro segue liderando disputa pela Prefeitura de Belém

Com 30% dos votos, Éder Mauro segue liderando disputa pela Prefeitura de Belém

Delegado conta com 17 pontos percentuais à frente do atual prefeito da capital paraense
Fiocruz alerta para aumenta de doenças infecciosas e acidentes com animais peçonhentos no RS

Fiocruz alerta para aumenta de doenças infecciosas e acidentes com animais peçonhentos no RS

Aglomeração em abrigos e contado com água contaminada estão entre os motivos
SP: Memorial da América Latina recebe festa junina gratuita a partir deste sábado (15)

SP: Memorial da América Latina recebe festa junina gratuita a partir deste sábado (15)

Evento contará com mais de 500 opções de pratos, espaço kids e pet friendly; veja programação
Lula quebra silêncio e comenta sobre PL antiaborto: “insanidade"

Lula quebra silêncio e comenta sobre PL antiaborto: “insanidade"

Presidente disse que não é a favor do procedimento, mas que tema precisa ser tratado como questão de saúde publica
Pix representou 30% das transações no comércio eletrônico em 2023, diz pesquisa

Pix representou 30% das transações no comércio eletrônico em 2023, diz pesquisa

Meio de pagamento instantâneo ficou atrás apenas do cartão de crédito; popularidade deve crescer até 2027
Ginecologistas pedem que Lira retire PL que equipara aborto a homicídio da pauta da Câmara

Ginecologistas pedem que Lira retire PL que equipara aborto a homicídio da pauta da Câmara

Federação criticou proposta e disse que tema necessita de ampla discussão prévia
Juscelino terá reunião decisiva com Lula, mas fragilidade do governo na Câmara pode frear demissão

Juscelino terá reunião decisiva com Lula, mas fragilidade do governo na Câmara pode frear demissão

Ministro das Comunicações tem apoio do União Brasil com quem Lula deve negociar troca no comando da pasta
Prefeito tem celular roubado durante live no Rio Grande do Sul

Prefeito tem celular roubado durante live no Rio Grande do Sul

Aparelho foi recuperado depois do rastreamento do carro usado pelo criminoso
Publicidade
Publicidade