Publicidade

Atrizes francesas vão denunciar violências sexuais de diretores em premiação do país

Crimes teriam ocorrido enquanto eram adolescentes. Denúncias fazem parte de uma nova etapa do #MeToo

Atrizes francesas vão denunciar violências sexuais de diretores em premiação do país
Publicidade

Atrizes francesas denunciam que sofreram abusos sexuais por diretores quando eram adolescentes, em uma nova etapa do #MeToo (eu também, em inglês), que é um movimento internacional que denuncia assédio e agressão sexual. As acusações acontecem em um dos momentos mais importantes para o cinema francês.

Nesta sexta-feira (23), às 16h45 (horário de Brasília), ocorre a premiação dos Cesar Awards, a versão francesa do Oscar, transmitida em todo território nacional.

A imprensa do país notícia que uma das candidatas ao prêmio e atriz, Judith Godrèche, de 51 anos, deve fazer um pronunciamento corajoso contra violência sexual, durante a cerimônia.

Judith é uma das líderes da luta contra os crimes sexuais sofridos pelas atrizes. No início do mês, ela denunciou dois diretores de cinema, Benoît Jacquot e Jacques Doillon, por estupro e abuso sexual, que teriam ocorrido quando era jovem.

A atriz e o diretor Benoît Jacquot tiveram um relacionamento de seis anos, iniciado quando ela tinha 14 anos, onde teria sofrido as violências sexuais.

Jacquot é um dos principais diretores da França, sendo 25 anos mais velho que ela.

Para uma rádio francesa, a atriz disse: “Fui doutrinada, era como se tivesse entrado para uma seita. A relação foi marcada pela violência, confinamento e controle”.

Com 15 anos, Judith teria sofrido abuso sexual Jacques Doilon enquanto dirigia um filme.

Os dois acusados negaram as denúncias.

Isild Le Besco

A atriz Isil Le Besco, de 41 anos, também denuncia Benoît Jacquot por violência psicológica e física durante um relacionamento com o diretor, que começou quando ela tinha 16 anos e ele 52.

Sobre Jacques Doillon, Isil alega que o diretor negou um papel em um filme após ela recusar de se envolver sexualmente com ele.

Anna Mouglalis

Anna Mouglais, de 45 anos, acusa Doillon por agressão sexual, em um relacionamento em 2011.

Cesar Awards

Em 2020, um movimento, intitulado Anti-Polanski, ganhou as ruas da França quando o roteirista Roman Polanski levou o prêmio para casa.

Polanski é procurado nos Estados Unidos depois de ter sido acusado por estuprar uma menina de 13 anos, em 1977.

A atriz Adèle Haenel, que denunciou supostas agressões sexuais cometidas por outro diretor francês, no início dos anos 2000, quando tinha 15 anos, levantou-se e saiu da sala.

*Com informações da Associated Press

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

França
Crime
Investigação
Violência
Polícia
Filme

Últimas notícias

ENGANOSO: Lula não foi excluído de foto do G7 que mostra apenas os líderes dos países-membros

ENGANOSO: Lula não foi excluído de foto do G7 que mostra apenas os líderes dos países-membros

Confira a verificação realizada pelos jornalistas integrantes do Projeto Comprova
Brasil Agora ao vivo: Toffoli diverge sobre maconha, Lula critica presidente do BC e mais notícias do dia

Brasil Agora ao vivo: Toffoli diverge sobre maconha, Lula critica presidente do BC e mais notícias do dia

Confira esses e outros assuntos que são destaques nesta sexta-feira (21)
SBT News na TV: Polícia indicia mãe, irmão e mais 9 pessoas no caso da ex-sinhazinha Djidja Cardoso

SBT News na TV: Polícia indicia mãe, irmão e mais 9 pessoas no caso da ex-sinhazinha Djidja Cardoso

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta sexta-feira (21); assista!
Mega-Sena acumula e chega a R$ 86 milhões; veja os números sorteados

Mega-Sena acumula e chega a R$ 86 milhões; veja os números sorteados

Quina teve 79 apostas ganhadoras, que vão receber mais de R$ 40 mil cada
Dez trabalhadores são regatados pela PF em situação análoga a escravidão no Mato Grosso do Sul

Dez trabalhadores são regatados pela PF em situação análoga a escravidão no Mato Grosso do Sul

Ação durou pouco mais de duas semanas em propriedades rurais na região do Pantanal
Deputada cassada por fazer harmonização com dinheiro público diz que provas foram forjadas

Deputada cassada por fazer harmonização com dinheiro público diz que provas foram forjadas

Silvia Waiãpi é acusada de utilizar recursos do Fundo Campanha para pagar o procedimento. Confira entrevista ao Poder Expresso
Governo define regras mais rígidas para distribuidoras de energia

Governo define regras mais rígidas para distribuidoras de energia

Segundo as novas normas, a satisfação do consumidor será um dos critérios de avaliação
Polícia do DF prende suspeitos de chefiar quadrilha que realizava falsos sequestros

Polícia do DF prende suspeitos de chefiar quadrilha que realizava falsos sequestros

Segundo as investigações, o grupo atuava em 15 estados
Vídeo: deputada é flagrada derramando água dentro da bolsa de colega nos EUA

Vídeo: deputada é flagrada derramando água dentro da bolsa de colega nos EUA

"Por cinco meses, passei por isso", desabafou parlamentar que teve a bolsa encharcada
Polícia Federal prende quadrilha suspeita de fraudes bancárias

Polícia Federal prende quadrilha suspeita de fraudes bancárias

Prisões foram em cinco diferentes cidades do estado de São Paulo
Publicidade
Publicidade