Publicidade

Biden sobre venda livre de armas nos EUA: "precisamos ser racionais"

O presidente norte-americano disse que não conversou recentemente sobre o tema com Republicanos

Biden sobre venda livre de armas nos EUA: "precisamos ser racionais"
Joe Biden
Publicidade

Washington DC - O helicóptero Marine One pousou na área verde da Casa Branca no começo da manhã desta segunda-feira (30.mai). Joe Biden e a primeira-dama Jill vestiam negro. Era a volta de Delaware - cidade onde o democrata tem a casa da família - após visita, no domingo (29.mai), à cidade de Uvalde no Texas onde 21 pessoas morreram vítimas de um atirador que tinha 18 anos e carregava um fuzil AR-15. 

Ao falar sobre os pais das crianças e das professoras da Robb Elementary School que morreram, Biden disse :"As pessoas que foram vítimas eram parte de uma família [...] A dor é visível. Vou continuar a pressionar e ver como isso funciona", afirmou.

Biden se refere aos Republicanos que defendem a venda livre de armas no país - algo garantido pela Constituição de 1787. A Segunda Emenda daquele texto afirma que todo cidadão tem direito de se defender.

Sobre esse direito e a constituição do país, o democrata disse aos jornalistas:  "Quando eu pensei pela primeira vez sobre o acesso facilitado às armas eu era senador e o índice de mortes estava subindo. Não como hoje mas já estava subindo. E eu fui à um hospital de Nova York e eles (funcionários) estavam traumatizados. E eu perguntei por que tantas pessoas estavam morrendo. Isso há 20, 25 anos. Eu perguntei: por que eles estão morrendo? E eles me mostraram um raio X e disseram: uma bala calibre 22 se atinge o peito talvez consigamos tirar e com sorte salvar uma vida. Uma bala de 9 mm explode o pulmão para fora do corpo. Entã, essas armas de alto calibre não é algo racional para ser usado para auto proteção. A Segunda Emenda da Constituição nunca foi absoluta. Você não podia comprar uma 'Cannon' quando a Segunda Emenda foi criada. Você não podia sair e comprar várias armas potentes. Eu acho que as coisas estão indo tão mal que precisamos ser mais racionais", declarou.

Joe Biden
Joe Biden conversa com jornalistas nesta segunda-feira, 30 de maio. Patrícia Vasconcellos/SBT

Nos últimos dias, Senadores como Ted Cruz foram pressionados para que argumentassem por que cidadãos comuns ainda podem ter acesso à armas de uso militar e de longo alcance. Em Uvalde no Texas, o jornalista britânico da Sky news Mark Stone questionou o senador mais de uma vez por que tiroteios em massa ocorrem em grande número só nos Estados Unidos e não obteve resposta.

"Você acha que os republicanos vão tratar o assunto de forma diferente dadas as circunstâncias?" questionou uma jornalista norte-americana. "Como eu não conversei com eles eu não sei. Eu acho que sim, que eles vão ter que olhar para isso de forma intensa", disse Biden.

O democrata ainda afirmou que o que pode continuar fazendo é assinar ordens executivas como a de abril, que cria mais barreiras legais para a compra de peças das chamadas "armas fantasmas". As partes que podem ser compradas pela internet para posterior montagem do armamento deverão passar pelo mesmo critério legal para a venda de armas prontas. "Mas eu não posso sozinho mudar a lei para compra de armas" disse Biden. Para isso, é preciso que o Congresso aprove projetos de lei emperrados no Senado há anos. 

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

mundo
internacional
joe biden
estados unidos
washington dc
política
memorial day
texas
uvalde
ucrânia
patricia-vasconcelos
portalnews
sbt
sbtnews

Últimas notícias

Silvio Santos tem alta de hospital em SP

Silvio Santos tem alta de hospital em SP

Apresentador passa bem e já está em casa
Comoção e falta de respostas marcam enterro de filha de deputado morta no Mato Grosso

Comoção e falta de respostas marcam enterro de filha de deputado morta no Mato Grosso

Polícia mantém investigações para explicar morte da empresária Raquel Cattani, que estava com 26 anos
São Paulo recebe evento sobre cultura pop asiática

São Paulo recebe evento sobre cultura pop asiática

Anime Friends é o maior evento temático de cultura pop asiática na América Latina e ficará até amanhã (21) em São Paulo
Paisagens, cultura e vinho; conheça o passeio turístico Trem Pampa

Paisagens, cultura e vinho; conheça o passeio turístico Trem Pampa

Itinerário começa no Rio Grande do Sul e passa no Uruguai. O passeio custa R$ 135
Imóveis levados a leilão quase dobram em 2024 e viram opção de investimento

Imóveis levados a leilão quase dobram em 2024 e viram opção de investimento

Só de imóveis financiados pela Caixa Econômica Federal, houve um salto de 75% na oferta de leilões
Melody sofre acidente a caminho de show no Rio de Janeiro

Melody sofre acidente a caminho de show no Rio de Janeiro

Van em que cantora estava ficou destruída: veja imagens
Brasileiro da marcha atlética disputará sua quarta Olimpíada em Paris

Brasileiro da marcha atlética disputará sua quarta Olimpíada em Paris

Caio Bonfim luta pela medalha que escapou nos Jogos do Rio, em 2016, quando conquistou o 4º lugar
Exclusivo: número de denúncias de maus-tratos a animais bate recorde em 2024

Exclusivo: número de denúncias de maus-tratos a animais bate recorde em 2024

Foram 909 situações nos primeiros seis meses de 2024, quase o mesmo número de todo o ano passado, quando houveram 939 denúncias
Los Angeles abraça a automação: robôs entregam comida e carros sem motorista já são realidade

Los Angeles abraça a automação: robôs entregam comida e carros sem motorista já são realidade

Em alguns restaurantes da cidade, o pedido é na tela e a comida vem em um carrossel. Já as bebidas são trazidas por um robô, que interage com os clientes
Menina de 10 anos sobrevive a parada cardíaca que durou mais de uma hora

Menina de 10 anos sobrevive a parada cardíaca que durou mais de uma hora

Lara Sousa foi reanimada e agora recebeu um aparelho que ajuda o coração a bater no ritmo certo
Publicidade
Publicidade