Publicidade

OMS denuncia maus tratos e violação de privacidade durante partos

Situações podem influenciar no atendimento pós parto e prejudicar a saúde das mães e dos bebês

OMS denuncia maus tratos e violação de privacidade durante partos
Casos foram identificados em diferentes regiões do mundo e monitorados pela OMS | Unsplash
Publicidade

A Organização Mundial da Saúde (OMS) denunciou, na manhã desta 6ª feira (25.mar), situações de maus tratos e violação aos direitos à privacidade de gestantes durante o parto. Segundo o monitoramento, publicado no BMJ Journals, os casos foram identificados em diferentes regiões do mundo e acabam "comprovando que cada vez mais mulheres sofrem tratamento inaceitável durante o nascimento dos filhos".

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

A entidade destaca que os maus-tratos podem "prejudicar seriamente a confiança no hospital ou centro de saúde" e assim, "as mulheres podem evitar os locais antes, durante e depois do parto", gerando consequências sérias para a saúde e bem-estar de mães e bebês e até colocando vidas em risco. Para Ozge Tunçalp, pesquisadores do Departamento de Saúde Reprodutiva da OMS, melhorar a experiência das gestantes é essencial.

"Quando mulheres e seus bebês recebem cuidados respeitosos, de qualidade e centrados na pessoa, existem mais chances delas buscarem cuidados de saúde e procurarem seus médicos no pós parto", afirma a pesquisadora. Ela explica, ainda, que os casos de maus-tratos em gestantes adolescentes contribuem ainda mais para a "insatisfação e perda de oportunidade de engajamento com o grupo".

+ UE anuncia ajuda monetária à Ucrânia e acolhimento de refugiados

Em análise anterior feita pela Organização das Nações Unidas (ONU), os pesquisadores concluíram que mulheres que não podem ter acompanhante durante o parto são geralmente as que mais relatam "abuso físico, procedimentos médicos não-consensuais e falhas na comunicação", na comparação com as que entraram na sala de parto acompanhadas.  

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
mundo
oms
denuncia
maus tratos
violaçao
privacidade
partos
recem nascidos
onu

Últimas notícias

TSE diz que Boletim de Urna nas eleições brasileiras é "um relatório totalmente auditável”

TSE diz que Boletim de Urna nas eleições brasileiras é "um relatório totalmente auditável”

Manifestação veio após Maduro contestar, sem provas, fiscalização e segurança do pleito nacional
Justiça do Rio torna rés acusadas de matar empresário com brigadeirão

Justiça do Rio torna rés acusadas de matar empresário com brigadeirão

Suspeitas teriam cometido crime para ficar com bens da vítima
SP: Ladrão agride mulher com socos e chutes para roubar celular

SP: Ladrão agride mulher com socos e chutes para roubar celular

Idoso tenta interferir na agressão e ajudar a vítima
Justiça do Rio decide soltar filha do bicheiro Piruinha

Justiça do Rio decide soltar filha do bicheiro Piruinha

Monalliza Escafura estava presa desde o dia 18 de junho pelo crime de extorsão
Superior Tribunal de Justiça determina absolvição de jovem apontado como criminoso por reconhecimento fotográfico

Superior Tribunal de Justiça determina absolvição de jovem apontado como criminoso por reconhecimento fotográfico

Desembargador argumentou que recurso não deve ser o único indício para levar alguém à prisão "em razão de sua fragilidade”
RJ: idosa de 65 anos é espancada por assaltantes após dizer que não tinha dinheiro

RJ: idosa de 65 anos é espancada por assaltantes após dizer que não tinha dinheiro

Ela foi socorrida e levada para o hospital municipal de Nova Iguaçu em estado grave
Polícia prende golpista que usava antena para invadir o celular das vítimas

Polícia prende golpista que usava antena para invadir o celular das vítimas

Homem ficava entre 8 e 12 horas dentro de carro em São Paulo para aplicar os golpes
"Pílula do câncer": por que a fosfoetanolamina não é regulamentada pela Anvisa?

"Pílula do câncer": por que a fosfoetanolamina não é regulamentada pela Anvisa?

Substância foi distribuída gratuitamente por 20 anos, mas não possui registro para ser usada como medicação no Brasil; entenda
Recém-nascida levada por falsa pediatra é encontrada em Goiás; suspeita é presa

Recém-nascida levada por falsa pediatra é encontrada em Goiás; suspeita é presa

Criança foi localizada a pelo menos 130 km de distância da maternidade em que foi roubada, em Uberlândia, Minas Gerais
Comissão dos Direitos Humanos do RJ pede extradição de argentina que imitou macacos em roda de samba

Comissão dos Direitos Humanos do RJ pede extradição de argentina que imitou macacos em roda de samba

Polícia Civil pediu que Consulado Argentino esclareça se ela já saiu do Brasil
Publicidade
Publicidade