Publicidade

Moraes: "Ataques terroristas serão responsabilizados, assim como financiadores"

Ministro é um dos principais alvos de ataques de golpistas; Barroso e Rosa Weber, em nome do STF, também falaram

Moraes: "Ataques terroristas serão responsabilizados, assim como financiadores"
Alexandre de Moraes
Publicidade

Relator do inquérito que investiga organizações que atentam contra a democracia e principal alvo de manifestantes golpistas, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse, neste domingo (8.jan), que os responsáveis pelas invasões às sedes dos Poderes em Brasília, inclusive financiadores, "serão responsabilizados".

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

"Os desprezíveis ataques terroristas à Democracia e às Instituições Republicanas serão responsabilizados, assim como os financiadores, instigadores, anteriores e atuais agentes públicos que continuam na ilícita conduta dos atos antidemocráticos. O Judiciário não faltará ao Brasil", escreveu Moraes nas redes sociais.

Além de Moraes, o ministro Luís Roberto Barroso -- ex-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e outro alvo frequente de ataques de golpistas -- também se pronunciou, dizendo que este domingo é um "dia de luto para as pessoas de bem" e que "a Justiça virá".

Mais cedo, presidentes de tribunais, incluindo Moraes, divulgaram nota conjunta falando em responsabilizar quem atenta contra a democracia. Em nome do STF, a presidente da Corte, ministra Rosa Weber, também publicou nota em que diz que o Supremo atuará para que os "terroristas" sejam "exemplarmente punidos".

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
justica
alexandre de moraes
moraes
stf
invasão
golpistas
brasília

Últimas notícias

Novo Ensino Médio: relatora propõe carga horária de 2.400 horas e votação de projeto é adiada

Novo Ensino Médio: relatora propõe carga horária de 2.400 horas e votação de projeto é adiada

Comissão de Educação e Cultura do Senado deve votar o texto na quarta-feira (19)
Lula diz que pode disputar reeleição em 2026 para evitar volta dos "trogloditas" e do 'fascismo'

Lula diz que pode disputar reeleição em 2026 para evitar volta dos "trogloditas" e do 'fascismo'

Presidente disse ter sido orientado a não citar o nome do ex-presidente Jair Bolsonaro
Morre Anouk Aimée, atriz dos filmes "A Doce Vida" e "Oito e Meio", aos 92 anos

Morre Anouk Aimée, atriz dos filmes "A Doce Vida" e "Oito e Meio", aos 92 anos

Ícone do cinema francês atuou em clássicos de grandes diretores, como Fellini, Bellocchio, Demy e Altman
Meninas até 14 anos são maiores vítimas de violência sexual, revela Atlas da Violência

Meninas até 14 anos são maiores vítimas de violência sexual, revela Atlas da Violência

Agressão sexual representa quase 1/3 dos casos de violência contra bebês e crianças de até 9 anos e quase metade na faixa etária de 10 a 14 anos
Brasil registrou, em média, seis crianças desaparecidas por dia em 2022, diz Ministério da Justiça

Brasil registrou, em média, seis crianças desaparecidas por dia em 2022, diz Ministério da Justiça

Relatório tem objetivo de "compreender a fundo os padrões, causas e áreas de maior incidência dos desaparecimentos"
Galeria de fotos de ex-presidentes deve ser reinaugurada em breve no Palácio do Planalto

Galeria de fotos de ex-presidentes deve ser reinaugurada em breve no Palácio do Planalto

O espaço foi destruído em 8 de janeiro de 2023, quando golpistas invadiram sedes dos Três Poderes, em Brasília
Marido é sequestrado um dia depois do casamento

Marido é sequestrado um dia depois do casamento

Padrinho e testemunha do casamento também foram raptados; crime foi cometido enquanto mulher entregava buquê para pintura
Implosão do submersível Titan completa 1 ano: relembre a tragédia

Implosão do submersível Titan completa 1 ano: relembre a tragédia

Cinco pessoas morreram no acidente; investigações sobre a expedição continuam nos Estados Unidos
Justin Timberlake é preso em Nova York

Justin Timberlake é preso em Nova York

Cantor foi detido por estar dirigindo embriagado e está sob custódia da polícia local
Brasil registrou 127 homicídios por dia em 2022, diz Atlas da Violência

Brasil registrou 127 homicídios por dia em 2022, diz Atlas da Violência

Estudo também destaca mais de cinco mil mortes classificadas como "ocultas", quando a causa não foi esclarecida
Publicidade
Publicidade