Publicidade

Racismo: vereadora mais votada de Nova Friburgo (RJ) sofre ataques

Maiara Felício (PT) recebeu comentários racistas em redes sociais e registrou boletim de ocorrência

Racismo: vereadora mais votada de Nova Friburgo (RJ) sofre ataques
Maiara Felício (PT), vereadora de Nova Friburgo (RJ)
Publicidade
A vereadora Maiara Felício (PT), candidata mais votada nas últimas eleições para a Câmara de Nova Friburgo (RJ) sofreu ataques racistas e preconceituosos na internet. A petista eleita para a cidade da Região Serrana registrou um boletim de ocorrência na quarta-feira (9).

Em um vídeo publicado nas redes sociais, a vereadora afirma que os ataques vieram "A partir de um posicionamento meu acerca da volta as aulas", já que a petista é contra o retorno por conta da pandemia de coronavírus. "A minha atitude vem pra mostrar que internet não é terra sem lei e que a denúncia é a melhor ferramenta cabível para tal crime", escreveu Maiara.

O boletim foi registrado como injúria racial e difamação. Entre os comentários, estão ofensas como "negrinha", "vai tomar banho", "beiçola" e que o partido quer "vantagem" e "roubar as merendas das crianças". Outros comentários defenderam a vereadora dos ataques.

"Em pleno século XVI a gente ainda vê crimes de ódio gratuito acontecendo. E dessa vez foi através da internet. É a primeira vez que eu sofro esse tipo de violência depois de me tornar uma vereadora", diz Maiara, em vídeo, reforçando que "não é a primeira vez" que sofre crime de injúria racial. 

"Eu estou fazendo isso aqui [a denúncia] por todas as pessoas que sofrem violência dentro de casa, na internet, e que muitas das vezes deixam de denunciar por medo", diz.

A Câmara de Nova Friburgo e o Partido dos Trabalhadores (PT) repudiaram os atos racistas contra a vereadora. 

Diferença entre crime de racismo e crime de injúria racial

Apesar dos termos terem sentido parecido, racismo e injúria racial são dois tipos de crimes distintos.

O racismo é direcionado à coletividade de indivíduos, quando toda uma raça é discriminada. Esse crime é inafiançável e não prescreve. 

Já a injúria racial, presente no Código Penal, é uma forma direta de ofender a honra de uma pessoa usando elementos de raça, cor, religião, origem ou etnia. A pena é de um a três anos de prisão, além de multa e pena correspondente à violência cometida. 

O projeto de lei nº 4373, de 2020, tramita no senado para enquadrar a injúria racial também como crime de racismo, aumentando a pena para o criminoso que cometer esse ato de violência. Com isso, injúria racial também seria inafiançável e imprescritível. Outro projeto (PL 3054/2020) prevê estipular pena mínima de 3 anos para o crime.
 
Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

crime
racismo
injúria racial
maiara felício
pt
ataques
racistas
comentários
redes sociais
delegacia
boletim de ocorrência
sbt
sbt brasil
sbt jornalismo

Últimas notícias

Lifelong Learning e a importância do conhecimento

Lifelong Learning e a importância do conhecimento

As oportunidades que chegam estão diretamente ligadas ao conhecimento que você precisa obter
Roubo de Ozempic: adolescentes são apreendidos após levar medicamento de farmácia em SP

Roubo de Ozempic: adolescentes são apreendidos após levar medicamento de farmácia em SP

Suspeitos roubaram 13 caixas de Ozempic e 11, de Venvanse. Medicamentos são usados para tratar diabete e TDAH, mas também auxiliam no emagrecimento
ENGANOSO: Enchente em São Leopoldo (RS) não foi causada por rompimento de barragem

ENGANOSO: Enchente em São Leopoldo (RS) não foi causada por rompimento de barragem

Confira a verificação realizada pelos jornalistas integrantes do Projeto Comprova
Brasil Agora: Professores das universidades federais encerram greve após 69 dias

Brasil Agora: Professores das universidades federais encerram greve após 69 dias

Confira essas e outras notícias que serão destaque nesta segunda-feira (24)
INSS libera benefícios para segurados que recebem até um salário mínimo; veja como consultar

INSS libera benefícios para segurados que recebem até um salário mínimo; veja como consultar

Pagamentos serão feitos conforme o número final do cartão de pagamento; moradores do RS terão depósitos antecipados
No dia de São João, governo reconhece quadrilhas como manifestação da cultura nacional

No dia de São João, governo reconhece quadrilhas como manifestação da cultura nacional

Dança típica foi considerada relevante para a identificação regional nas apresentações juninas
"Pausas táticas não aliviam situação humanitária em Gaza", diz OMS

"Pausas táticas não aliviam situação humanitária em Gaza", diz OMS

Combates paralelos e contínuo deslocamento forçado de civis dificultam a entrega de ajuda na região
Intenção de consumo das famílias cresce 0,5% em junho e mantém índice positivo

Intenção de consumo das famílias cresce 0,5% em junho e mantém índice positivo

Resultado foi influenciado pelo acesso ao crédito e pelo aquecimento do mercado de trabalho
Brasil ultrapassa marca de 6 milhões de casos de dengue em 2024

Brasil ultrapassa marca de 6 milhões de casos de dengue em 2024

SP e MG seguem liderando ranking de infecções; número de mortes confirmadas chega a 4 mil
Ataques contra igrejas e sinagogas deixam mais de 15 mortos na Rússia

Ataques contra igrejas e sinagogas deixam mais de 15 mortos na Rússia

Homens armados invadiram os locais na tarde de domingo (23); autoridades investigam o caso
Publicidade
Publicidade